Quarta-feira, 29 de Abril de 2009

Dia Mundial da Dança

Pintura de Degas

 
Já me vesti de preto e dancei um tango atrevido

e até já valsei vestida de branco e rosa
mas esta noite  em que o meu corpo
estava de azul vestido
fui uma Duncan provocadora e livre
rodopiando á tua volta

 
Set2006 (excerto)

 
 


escrevinhado por MT-Teresa às 07:28
link do post | comentar | favorito
partilhar
Sexta-feira, 17 de Abril de 2009

Meu Filho

Together by Pierre Marcel. 

Pierre Marcel, "Together"

 
" Olha à direita e à esquerda do tempo, e que o teu coração aprenda a estar tranquilo "

 
Garcia Lorca

 
 


 
 

 
Já muito escrevi sobre o que foi e como foi. A tua vida e a minha. A nossa vida. Já sabes do meu amor por ti e do meu orgulho em ser mãe da  pessoa maravilhosa que sempre foste e continuas a ser.
 
Hoje, 17 de Abril 2009, dia do teu 30º aniversário, decidi escrever-te sobre o futuro. 
 
São palavras de confiança e de serenidade que te quero transmitir para que continues a caminhar com passos firmes e seguros pela estrada que vais percorrendo dia-a-dia. As escolhas são tuas, no entanto nunca te esqueças de olhar para os lados, pois não estás só e os outros muitas vezes ajudam-nos na caminhada, que é nossa vida.
 
Serenamente aprendeste a gerir a tua vida tão complicada e cheia de stress, e apesar de sentir muitas vezes um aperto no coração por te ver tão desgastado com a tua vida profissional, sinto uma grande paz por observar que estás à altura dos desafios desta época especialmente difícil que atravessamos.
 
A tua vida tem sido até hoje pautada pelos princípios fundamentais que fazem de ti um homem de bem. O desporto contribuiu em grande escala para a tua formação e gostaria que encarasses com grande serenidade e acima de tudo com dignidade o momento, que adivinho próximo, de o abandonares. Vai ser doloroso, meu filho, eu sei. Contudo, deixas a tua marca no clube do teu coração e acima de tudo nos amigos que fizeste e que te acompanharão  pela vida fora.
 
Nunca esqueças que a paz interior é fundamental para se viver em paz com os outros. A aprendizagem é permanente. Não te deixes sufocar por este mundo cada vez mais complicado e injusto, nem te deixes embalar pelo discurso fácil do poder e do dinheiro, esquecendo o essencial da vida e dos seres humanos que são o Amor, a Amizade, a Solidariedade, a Justiça,  a Lealdade e a Tolerância.
 
Parabéns meu filho.
Serenamente te abraço. Tu és o bem mais precioso da minha vida e a pessoa que mais amo.
 
O meu coração está sempre junto ao teu.

 
 

neste momento estou: feliz por ter um filho como tu

escrevinhado por MT-Teresa às 06:57
link do post | comentar | ver comentários (7) | favorito
partilhar
Terça-feira, 7 de Abril de 2009

Deixa-me Voar ...

Paula Rego

  
 
...
deixa-me voar uma vez mais sobre
esta terra de ninguém onde morro
por qualquer coisa que me fale de ti ...
 

 
Alice Vieira, Dois Corpos Tombando na Água  (excerto)

 
 


escrevinhado por MT-Teresa às 07:30
link do post | comentar | favorito
partilhar
Quarta-feira, 18 de Março de 2009

Primavera

Primavera, de Boticcelli

 

 
Que Primavera é esta que me encanta

Docemente me atordoa e me confunde

Tão serena e branda no fluir

Quente e abrasadora no sentir?

 

Que cheiros são estes que despertam

a lembrança, profundamente adormecida?

 

Quem sou eu...afinal, que renasço a cada Primavera?

 
 


escrevinhado por MT-Teresa às 22:24
link do post | comentar | ver comentários (1) | favorito
partilhar
Sábado, 7 de Março de 2009

Ilustração de um dia

 

Mulher - raiz

 

 

Mulher - refúgio 


 

 

 Mulher - sofrida


 

Mulher - vida

 

 

" Yo no pinto sueños... pinto mi realidad "

 

Frida  Kahlo

 
 

-  Em Portugal , no ano de 2008, foram registadas 44 mortes de mulheres vítimas de agressão doméstica.  

- Desde 2004, 183 mulheres morreram devido a actos de violência doméstica.

 
....

 

Estou quase a concordar com a minha amiga-irmã Margarida.

 

  - Celebrar o Dia Internacional da Mulher... para quê? 

 
 

 

neste momento estou: Sem vontade de celebrar

escrevinhado por MT-Teresa às 12:28
link do post | comentar | ver comentários (10) | favorito
partilhar
Sábado, 7 de Fevereiro de 2009

Os chapéus de chuva de Claude Théberge

 

 

      

 

                       

 

                         

 

 

 

 

" A  Inverno chuvoso Verão abundoso  "

 

Será que é desta que vou guardar o meu chapéu de chuva?

 

Esperemos que sim...

 
 

neste momento estou: farta do Inverno

escrevinhado por MT-Teresa às 12:55
link do post | comentar | favorito
partilhar
Sexta-feira, 26 de Dezembro de 2008

É Um Sol de Inverno

 

Nela Vicente

 

É um sol de Inverno
Intenso. Este que rompe as manhãs
Enevoadas e pesadas
Da memória que me resta.


Ao longe, ouvem-se os pássaros 
[outrora azuis e encantados]
a chamar a Primavera
que ainda tarda
mas prestes a despontar em mim.


Apresso-me nos caminhos
que não quero perder de vista
e as flores silvestres,
a nascer sob os meus passos,

emprestam ao tempo o doce aroma da ilusão.


Ecoam, já, as harpas encantadas
arautos de um mundo perfeito
onde só entram sonhadores de olhos vagos e poetas.

Poeta não sou. Se o fosse teria páginas publicadas
e livros editados.

Ah! Se eu fosse poeta, não teria estes olhos de mar manso e azulado

às vezes, tão enganados.

 
 

Tenho, porém, passagem certa para esse mundo.

Porque dos meus sonhos não abro mão mesmo que esteja, agora, apaziguada.

  

 


escrevinhado por MT-Teresa às 20:15
link do post | comentar | ver comentários (7) | favorito
partilhar
Terça-feira, 21 de Outubro de 2008

Vinicius

Marc Chagall

 
 

 

De tudo, meu amor serei atento
Antes, e com tal zelo, e sempre, e tanto
Que mesmo em face do maior encanto
Dele se encante mais meu pensamento.
Quero vivê-lo em cada vão momento
E em seu louvor hei de espalhar meu canto
E rir meu riso e derramar meu pranto
Ao seu pesar ou seu contentamento.
E assim, quando mais tarde me procure
Quem sabe a morte, angústia de quem vive
Quem sabe a solidão, fim de quem ama
Eu possa me dizer do amor ( que tive ):
Que não seja imortal, posto que é chama
Mas que seja infinito enquanto dure.

 
Soneto da Fidelidade, Vinicius de Moraes

 
 
 


escrevinhado por MT-Teresa às 07:45
link do post | comentar | ver comentários (1) | favorito
partilhar
Terça-feira, 7 de Outubro de 2008

Vegetal e Só

Maggie Taylor

 

É outono, desprende-te de mim.

 
Solta-me os cabelos, potros indomáveis

sem nenhuma melancolia,

sem encontros marcados,

sem cartas a responder.

 
Deixa-me o braço direito,

o mais ardente dos meus braços,

o mais azul,

o mais feito para voar.

 
Devolve-me o rosto de um verão

Sem a febre de tantos lábios,

Sem nenhum rumor de lágrimas

Nas pálpebras acesas

 
Deixa-me só, vegetal e só,

correndo como rio de folhas

para a noite onde a mais bela aventura

se escreve exactamente sem nenhuma letra.

 
Eugénio de Andrade

 
 


escrevinhado por MT-Teresa às 20:36
link do post | comentar | ver comentários (1) | favorito
partilhar
Domingo, 5 de Outubro de 2008

Pintar o Outono

 

 

 Alfred Sisley ( 1839-1899)


Alfred Sisley ( 1839-1899)

 
 

 
Camille Pissarro (1830-1903)


 
 

Camille Pissarro (1830-1903)

 

Claude Monet (1840-1926) 

 

Claude Monet (1840-1926)

 

 

Pierre-August Renoir (  1841-1919 )


Gustav Klimt ( 1862-1918 )

  
 

Gustav Klimt ( 1862-1918 )


 Vincent van Gogh ( 1853-1890)

 


Vincent van Gogh ( 1853-1890) 

 
 


escrevinhado por MT-Teresa às 19:42
link do post | comentar | favorito
partilhar
Terça-feira, 15 de Julho de 2008

Febre

constellation_1_400.jpg (30751 bytes)

Pintura de Steven Kenny , " Constelação"
 

 
( ... )

corre um vento

vento de febre - sismo de orquídeas que acalma

quando acendes a luz e abres as asas

vibras e

levantas voo

 

Febre, Al Berto, in Horto de Incêndio

 
 

 


escrevinhado por MT-Teresa às 22:16
link do post | comentar | ver comentários (7) | favorito
partilhar
Domingo, 6 de Julho de 2008

A Tela

 

Fotografia de Waclaw Wantuch

 


 

 
Se eu fosse tela A lva de fino linho

Deixava-me pintar de A zul-cobalto  para me confundir com o mar.

De V erde-esmeralda pincelava o contorno do meu corpo

E os meus lábios retocava de C armim

 
 

Por fim... rasgava a solidão

que me cerra as pálpebras, com a cor O cre do S ol,

e quando as nuvens de Preto-M arfim me escurecessem os sentidos

esconder-me-ia no quadro COLORIDO  que fiz de mim.

  
 
 

 

neste momento estou: ligeiramente escurecida

escrevinhado por MT-Teresa às 01:00
link do post | comentar | ver comentários (13) | favorito
partilhar
Sábado, 22 de Março de 2008

A Páscoa e a Arte

Pieta, Escultura de Michelangelo (1475-1564)

 

Pieta, Pintura de William Blake, 1795

 

Pieta, Pintura de Bellini (1430-1516)

 

Pieta, Pintura de Paula Rego, 2002

Pieta, Pintura de El Greco (1541-1614)

  

Pieta, Escultura em bronze de Françoise Naudet, 1928

Pieta, Pintura de Rubens, 1612

 
...............

 
 

Desejo a todos uma Boa Páscoa!

 

 

 

 


escrevinhado por MT-Teresa às 22:07
link do post | comentar | ver comentários (7) | favorito
partilhar

Esta sou eu

segue-me

. 51 seguidores

Vivências Recentes

Dia Mundial da Dança

Meu Filho

Deixa-me Voar ...

Primavera

Ilustração de um dia

Os chapéus de chuva de Cl...

É Um Sol de Inverno

Vinicius

Vegetal e Só

Pintar o Outono

Febre

A Tela

A Páscoa e a Arte

Vivências Passadas

Julho 2009

Maio 2009

Abril 2009

Março 2009

Fevereiro 2009

Janeiro 2009

Dezembro 2008

Novembro 2008

Outubro 2008

Setembro 2008

Agosto 2008

Julho 2008

Junho 2008

Maio 2008

Abril 2008

Março 2008

Fevereiro 2008

Janeiro 2008

Dezembro 2007

Novembro 2007

Outubro 2007

Setembro 2007

Agosto 2007

Julho 2007

Junho 2007

Maio 2007

Abril 2007

Março 2007

Fevereiro 2007

Janeiro 2007

Dezembro 2006

Novembro 2006

Outubro 2006

Setembro 2006

Julho 2009

Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab

1
2
3
4

5
6
7
8
9
10
11

12
13
14
15
16
17
18

19
20
21
22
23
24
25

26
27
28
29
30
31


Quem visito e me visita

mais comentados

13 comentários
7 comentários
7 comentários
7 comentários
7 comentários
1 comentário
1 comentário
1 comentário

últ. comentários

Eu quase choro com esse texto, é muito emocional. ...
http://relatodeumaborto.webnode.com/ Minha Histori...
Oi GENTE MEU NOME E ROSE TENHO 13 EU SO...
Chocante
oi meu nome é joice e eu to grávida ...
eu sou totalmente contra o aborto... eu tenho 15 a...
Acho o seguinte: todos cometemos erros! Com certez...
tb naum axo certo o aborto...matarem seu proprio f...
Isso e uma falta de ética. Pq... Q na hr q ...
Olá, Tenho 18 anos , minha namorada é mais nova do...
As nuvens passam, as amaçadores também. Desejo que...
JoãoDesistir nunca! Apenas deixei de escrever, mas...
Todos temos dores, sofremos. [Error: Irreparable i...
Aborto uma das piores coisas da vida,um ser apagan...
ESte blog é muito simpatico, Gostei,Miguel

tags

25 de abril(5)

abril(9)

adeus(9)

alegria(5)

amigos(30)

amizade(14)

amor(137)

aniversário(9)

ano novo(3)

arte(7)

ausência(17)

azuis(9)

beleza(7)

blog(41)

blogue(5)

café(3)

casa das flores(3)

cecilia meireles(6)

cinema(4)

cinza(3)

citação(29)

coisas simples(4)

consciência(3)

cores(3)

dança(16)

david mourão ferreira(7)

descoberta(3)

desejos(7)

desencontro(4)

dia do livro(3)

dor(4)

encontro(4)

enganos(5)

escolhas(4)

escrita(3)

espectaculo(3)

eu(12)

eugénio de andrade(5)

fado(4)

férias(5)

fernando pessoa(3)

filho(15)

fim(4)

florbela espanca(5)

flores(17)

fotografia(13)

fotos(11)

fotos minhas(4)

ilusão(3)

inquietação(3)

joaquim sustelo(4)

josé l. santos(3)

lágrimas(3)

liberdade(13)

lisboa(10)

livros(8)

lua(6)

luz(4)

mãe(7)

manhãs(4)

mar(19)

margarida(4)

maria teresa horta(4)

máscaras(5)

memória(18)

miguel torga(7)

morte(6)

mulher(9)

música(19)

natal(8)

noite(19)

olhos(4)

pai(4)

paixão(16)

páscoa(4)

paz(9)

pintura(13)

poema(117)

poemas de amor(8)

poesia(85)

portugal(5)

primavera(6)

rugby(6)

saudade(24)

silêncio(15)

sol(5)

solidão(19)

sonho(9)

sonhos(4)

sophia m breyner(18)

tango(5)

tempo(14)

trabalho(5)

triste(4)

tristeza(15)

tu(4)

veneza(4)

vida(225)

video(17)

zeca afonso(4)

todas as tags

Pesquisa

 

Favoritos

Vivências

1º Aniversário

As nossas almas

Encontro Mágico

Estrela do Mar II

A Carícia do Sol

Parabéns Filho

A Teia

Dia do Livro

O Crepúsculo

subscrever feeds