Sábado, 20 de Dezembro de 2008

O Natal e a Caixinha de Música

 
 

~~~~~~~

 

 

Em Dezembro de 2006 escrevi um post sobre Caixinhas de Música

e sobre o meu desejo de ter uma.

 

Neste Natal de 2008

 

Em que o frio, a chuva e a neve

se fazem sentir com intensidade

Em que a crise está instalada

e veio para durar

Em que a esperança de dias melhores

parece congelada

Em que a poesia e a escrita

estão adiadas (em mim)

 

Neste Natal

 

 Com um sorriso de satisfação

e um brilho especial nos olhos

" ofereci-me "

esta caixinha de música

 

 

 

 

 
Deixo-vos a música do "Quebra Nozes"

de Tchaikovsky

e os meus votos de

 

BOAS FESTAS

 
 

 
 

 

 

neste momento estou:
ao som de: Quebra Nozes de Tchaikovsky

escrevinhado por MT-Teresa às 14:53
link do post | comentar | ver comentários (9) | favorito
partilhar
Terça-feira, 25 de Dezembro de 2007

A Dança de todos os Natais

 

 

 
"O Quebra Nozes"  de Tchaikovsky

....

 

É um dos bailados de que mais gosto.

 

Se são apreciadores, sentem-se confortavelmente e assistam.

Se possível, sonhem e deixem-se transportar até ao reino da fantasia.

 

Espero que tenham tido um Bom Natal. 

 

 
 

(desligar a música de fundo)

 
.

neste momento estou: bem

escrevinhado por MT-Teresa às 23:04
link do post | comentar | ver comentários (2) | favorito
partilhar
Domingo, 23 de Dezembro de 2007

O Natal que não sinto

 
Às vezes, faltam-me as palavras para escrever o que sinto

Outras vezes, não sinto, e mesmo assim escrevo palavras de outros

Também me acontece escrever palavras sopradas por ventos de longe

Que misturo com as minhas, quando a inspiração me assalta

    
Neste Natal as palavras escapam-me e saltam da folha branca

Como se não tivessem lugar no que eu sinto e não digo

 

Este Natal não sabe a Natal.

Talvez por isso não escrevo, apenas sinto.

        
....

 

Agradeço os votos de Boas Festas que me deixaram.

(em tempo, responderei a todos individualmente)

 

 

 

 


escrevinhado por MT-Teresa às 08:55
link do post | comentar | ver comentários (10) | favorito
partilhar
Terça-feira, 18 de Dezembro de 2007

Poema de Natal

 
Natal à Beira-Rio

 

É o braço do abeto a bater na vidraça?
E o ponteiro pequeno a caminho da meta!
Cala-te, vento velho! É o Natal que passa,
A trazer-me da água a infância ressurrecta.
Da casa onde nasci via-se perto o rio.
Tão novos os meus Pais, tão novos no passado!
E o Menino nascia a bordo de um navio
Que ficava, no cais, à noite iluminado...
Ó noite de Natal, que travo a maresia!
Depois fui não sei quem que se perdeu na terra.
E quanto mais na terra a terra me envolvia
E quanto mais na terra fazia o norte de quem erra.
Vem tu, Poesia, vem, agora conduzir-me
À beira desse cais onde Jesus nascia...
Serei dos que afinal, errando em terra firme,
Precisam de Jesus, de Mar, ou de Poesia?

 
David Mourão Ferreira  

 
.....

 

Um Bom Natal para todos.

 
            

 


escrevinhado por MT-Teresa às 21:47
link do post | comentar | ver comentários (17) | favorito
partilhar
Domingo, 24 de Dezembro de 2006

BOM NATAL

.

"Dezembro é extremo, é decisivo,
é palco de todas as recordações,
é mais um álbum que se fecha.
Dezembro é quando eu me
lembro mais da minha impermanência
e de que sou só um grão de areia
oscilando ao sabor das dunas intermitentes
do destino que nunca cansa
de se modificar"
 
.
FELIZ NATAL A TODOS QUE POR AQUI PASSAM
.
TERESA
.

 

neste momento estou:
tags:

escrevinhado por MT-Teresa às 11:20
link do post | comentar | ver comentários (3) | favorito
partilhar
Quinta-feira, 21 de Dezembro de 2006

A Caixinha de Música

.

Hoje durante a hora de almoço entrei numa loja e deparei-me com uma mini exposição de Caixinhas de Música.

Fiquei parada e deliciei-me a olhar para elas porque desde a minha infância, estas pequenas maravilhas me fascinam.

.

 

Atendendo ao seu preço e ao fim a que se destinam:

-  Serem simplesmente olhadas e ouvidas

resisti à tentação e lá ficaram à espera de outro comprador mais endinheirado que eu.

 

.

 

Nunca tive uma...

 

.

 

Qualquer dia finjo que sou criança e compro uma Caixinha de Música, daquelas com a bailarina a dançar.

 

 

 

 

.

neste momento estou:
ao som de: Madredeus

escrevinhado por MT-Teresa às 19:24
link do post | comentar | ver comentários (18) | favorito
partilhar
Segunda-feira, 18 de Dezembro de 2006

O Natal

 

.

Hoje a minha "caixa" de cimento e vidro está muito calma! Se não fosse o calor asfixiante ( quando se liga o ar condicionado) e o frio intenso que se sente ( quando não se aguenta e se desliga, o dito), diria mesmo que é um daqueles dias "leves".

.

Surpreendentemente a "retaguarda", na época de Natal e de Fim de Ano, não tem "Stress" e isso sabe-me bem apesar de todas as implicações negativas que isso trouxe ao "meu percurso" .Tudo tem um preço ou como eu costumo dizer, uma factura a pagar. Escolhi a paz e a preservação da minha sanidade mental consciente da opção que estava a fazer. O que eu tinha, apesar de alguns benefícios, estava a dar cabo de mim, mas felizmente parei a tempo. Há pessoas que não conseguem e por vezes as consequências são irreversíveis e até fatais.

.

Quando estava na "frente" estes dias eram frenéticos e de completa loucura. Os "números" finais que não chegavam à "fasquia" exigida (e o fim do ano tão perto), as reuniões, as boas festas que quase todos faziam questão de dar pessoalmente, os almoços de Natal, as prendas que se recebiam e os agradecimentos...enfim, quase não sobrava tempo para tratar do meu Natal. Acho que por causa desta "vivência" alucinante, habituei-me a deixar tudo para a última hora.

.

Este ano não fugi à regra. Apesar de ter mais tempo, ainda não preparei nada. Procuro contrariar os hábitos consumistas, que assaltam quase toda a gente, até porque há "crise", mas acabo sempre por comprar "mais qualquer coisita". Só que ainda nem comecei.

.

Esta época para mim é muito triste e estou sempre ansiosa que ela passe (até costumo dizer, apetecia-me adormecer no dia 23 e acordar no dia 1 de Janeiro do ano seguinte) mas desta vez vou esforçar-me para que pelo menos o Natal seja alegre.

Tenho um bom motivo:

Vai ser o 1º Natal em casa do meu filho, que como vive sozinho, não vai mexer uma "palha".

Sobra para quem? - Claro que para mim.

.

Vai ser a melhor prenda de Natal que irei receber/dar. Embrulhadinha em amor.

.

UM BOM NATAL PARA TODOS

.

Teresa E.

.

neste momento estou: Generosa
tags: , ,

escrevinhado por MT-Teresa às 16:08
link do post | comentar | ver comentários (13) | favorito
partilhar
Domingo, 10 de Dezembro de 2006

O Presépio, a Menina e o Gato

 

 

Tinha sido uma experiência maravilhosa ir com o avô à serra, apanhar musgo, colocar a figura do Menino Jesus em palhinhas de verdade, dispor com as suas pequeninas mãos todas as figuras de barro, as casinhas, o moinho, a fonte e como ela estava satisfeita do seu lago, feito de espelho, escondido entre o verde do musgo fresco.

Todos os dias acordava e ia ver o seu presépio e não se cansava de olhar, olhar e esperar.

Quando a sua mãe lhe disse uma  noite: - Filha, o dia de Natal é amanhã quando acordares - os seus olhos brilharam e ela saltou e dançou de alegria, dando gargalhadas como só as crianças sabem dar quando estão felizes.

No outro dia, ao acordar, lembrou-se que tinha finalmente chegado o dia tão esperado.

Tudo dormia ainda na sua casa. Era muito cedo, mas ela escorregou da sua cama, descalça e em camisa de dormir correu para a  sala de jantar, para abrir os presentes que tinha pedido numa carta ao Menino Jesus, escrita por sua mãe.

Entrou na sala e logo ficou quieta. Os seus olhos encheram-se de lágrimas. O "seu" presépio estava completamente destruído. O gato Farrusco,  com quem tanto brincava, estava ali, soberano e desafiador. Tinha feito a sua cama no macio musgo e todas as figuras estavam espalhadas pelo chão e muitas estavam quebradas.

Chorou até acordar toda a gente e acabou por se conformar, com a promessa de novos "bonecos", mas só sorriu quando percebeu que a figurinha de barro do Menino Jesus estava intacta e a olhar para ela docemente.

Nunca esqueceu aquela manhã de Natal...

.

Teresa E.

tags: ,

escrevinhado por MT-Teresa às 13:02
link do post | comentar | ver comentários (8) | favorito
partilhar

Bem Vindos



" As ondas quebravam uma a uma. Eu estava só com a areia e com a espuma. Do mar que cantava só para mim

Sophia de Mello Breyner



Esta sou eu

segue-me

. 51 seguidores




Created by Crazyprofile.com


myspace layouts, myspace codes, glitter graphics



RESPEITE OS DIREITOS DE AUTOR

Page copy protected against web site content infringement by Copyscape





Click for Lisbon, Portugal Forecast

Vivências Recentes

O Natal e a Caixinha de M...

A Dança de todos os Natai...

O Natal que não sinto

Poema de Natal

BOM NATAL

A Caixinha de Música

O Natal

O Presépio, a Menina e o ...

Vivências Passadas

Julho 2009

Maio 2009

Abril 2009

Março 2009

Fevereiro 2009

Janeiro 2009

Dezembro 2008

Novembro 2008

Outubro 2008

Setembro 2008

Agosto 2008

Julho 2008

Junho 2008

Maio 2008

Abril 2008

Março 2008

Fevereiro 2008

Janeiro 2008

Dezembro 2007

Novembro 2007

Outubro 2007

Setembro 2007

Agosto 2007

Julho 2007

Junho 2007

Maio 2007

Abril 2007

Março 2007

Fevereiro 2007

Janeiro 2007

Dezembro 2006

Novembro 2006

Outubro 2006

Setembro 2006

CURRENT MOON

Julho 2009

Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab

1
2
3
4

5
6
7
8
9
10
11

12
13
14
15
16
17
18

19
20
21
22
23
24
25

26
27
28
29
30
31


online
Web Pages referring to this page
Link to this page and get a link back!

Quem visito e me visita


Created by Crazyprofile.com

mais comentados

18 comentários
17 comentários
13 comentários
10 comentários
3 comentários

últ. comentários

Eu quase choro com esse texto, é muito emocional. ...
http://relatodeumaborto.webnode.com/ Minha Histori...
Oi GENTE MEU NOME E ROSE TENHO 13 EU SO...
Chocante
oi meu nome é joice e eu to grávida ...
eu sou totalmente contra o aborto... eu tenho 15 a...
Acho o seguinte: todos cometemos erros! Com certez...
tb naum axo certo o aborto...matarem seu proprio f...
Isso e uma falta de ética. Pq... Q na hr q ...
Olá, Tenho 18 anos , minha namorada é mais nova do...
As nuvens passam, as amaçadores também. Desejo que...
JoãoDesistir nunca! Apenas deixei de escrever, mas...
Todos temos dores, sofremos. [Error: Irreparable i...
Aborto uma das piores coisas da vida,um ser apagan...
ESte blog é muito simpatico, Gostei,Miguel

tags

25 de abril(5)

abril(9)

adeus(9)

alegria(5)

amigos(30)

amizade(14)

amor(137)

aniversário(9)

ano novo(3)

arte(7)

ausência(17)

azuis(9)

beleza(7)

blog(41)

blogue(5)

café(3)

casa das flores(3)

cecilia meireles(6)

cinema(4)

cinza(3)

citação(29)

coisas simples(4)

consciência(3)

cores(3)

dança(16)

david mourão ferreira(7)

descoberta(3)

desejos(7)

desencontro(4)

dia do livro(3)

dor(4)

encontro(4)

enganos(5)

escolhas(4)

escrita(3)

espectaculo(3)

eu(12)

eugénio de andrade(5)

fado(4)

férias(5)

fernando pessoa(3)

filho(15)

fim(4)

florbela espanca(5)

flores(17)

fotografia(13)

fotos(11)

fotos minhas(4)

ilusão(3)

inquietação(3)

joaquim sustelo(4)

josé l. santos(3)

lágrimas(3)

liberdade(13)

lisboa(10)

livros(8)

lua(6)

luz(4)

mãe(7)

manhãs(4)

mar(19)

margarida(4)

maria teresa horta(4)

máscaras(5)

memória(18)

miguel torga(7)

morte(6)

mulher(9)

música(19)

natal(8)

noite(19)

olhos(4)

pai(4)

paixão(16)

páscoa(4)

paz(9)

pintura(13)

poema(117)

poemas de amor(8)

poesia(85)

portugal(5)

primavera(6)

rugby(6)

saudade(24)

silêncio(15)

sol(5)

solidão(19)

sonho(9)

sonhos(4)

sophia m breyner(18)

tango(5)

tempo(14)

trabalho(5)

triste(4)

tristeza(15)

tu(4)

veneza(4)

vida(225)

video(17)

zeca afonso(4)

todas as tags

Pesquisa

 

Favoritos

Vivências

1º Aniversário

As nossas almas

Encontro Mágico

Estrela do Mar II

A Carícia do Sol

Parabéns Filho

A Teia

Dia do Livro

O Crepúsculo

subscrever feeds