Terça-feira, 24 de Março de 2009

As Fadas

 

 

 Detalhes by ana_R.. 

 
O Livro das Fadas de  Betty Bib  fez-me voltar, por um instante, à minha infância.
 

 

     O Livro das Fadas de Natal - Betty Bib by ana_R..   

  
......
  
 

Também me fez recordar Florbela Espanca e o seu "Conto de Fadas"

 

 Eu trago-te nas mãos o esquecimento

  Das horas más que tens vivido, Amor!

  E para as tuas chagas o unguento

  Com que sarei a minha própria dor.

 
 Os meus gestos são ondas de Sorrento...

 Trago no nome as letras de uma flor...

 Foi dos meus olhos garços que um pintor

 Tirou a luz para pintar o vento...

 
 Dou-te o que tenho: o astro que dormita,

 O manto dos crepúsculos da tarde,

 O Sol que é de oiro, a onda que palpita.

 
 Dou-te, comigo, o mundo que Deus fez!

 - Eu sou Aquela de quem tens saudade,

 A princesa do conto: « Era uma vez...»

 
......

 
 

 Quem nunca sonhou que era a  "Princesa do conto" ou o " Prince Charmant " ?

 
" Só a fantasia permanece sempre jovem; o que nunca aconteceu nunca envelhece "

 

Schiller, Friedrich   
 


escrevinhado por MT-Teresa às 19:51
link do post | comentar | ver comentários (6) | favorito
partilhar
Quinta-feira, 31 de Maio de 2007

Ser Poeta

 Desconheço o autor

  

.

 

Ser poeta é ser mais alto, é ser maior
Do que os homens! Morder como quem beija!
É ser mendigo e dar como quem seja
Rei do Reino de Aquém e de Além Dor!

É ter de mil desejos o explendor
E não saber sequer que se deseja!
É ter cá dentro um astro que flameja,
É ter garras e asas de condor!

É ter fome, é ter sede de Infinito!
Por elmo, as manhãs de oiro e de cetim...
É condensar o mundo num só grito!

E é amar-te,  assim, perdidamente...
É seres alma e sangue e vida em mim
E dizê-lo cantando a toda a gente!

 

.Florbela Espanca

.
ao som de: Madredeus

escrevinhado por MT-Teresa às 22:53
link do post | comentar | ver comentários (9) | favorito
partilhar
Quarta-feira, 2 de Maio de 2007

Os teus Olhos

 

.

Olhos do meu amor! Infantes loiros
Que trazem os meus presos, endoidados!
Neles deixei, um dia, os meus tesoiros:
Meus anéis, minhas rendas meus brocados.

. 

Neles ficaram meus palácios moiros,
Meus carros de combate, destroçados,
Os meus diamentes, todos os meus oiros
Que trouxe d'Além-Mundos ignorados!

.

Olhos do meu amor! Fontes... cisternas...
Enigmáticas campas medievais...
Jardins de Espanha... catedrais eternas...

.

Berço vindo do céu à minha porta...
Ó meu leito de núpcias irreais!...
Meu sumptuoso túmulo de morta!...

 

.

Florbela Espanca " Charneca em Flor"

.

neste momento estou: desperta

escrevinhado por MT-Teresa às 05:11
link do post | comentar | ver comentários (7) | favorito
partilhar
Sexta-feira, 22 de Dezembro de 2006

Se tu viesses ver-me

 Matisse

 

Se tu viesses ver-me hoje à tardinha,
A essa hora dos mágicos cansaços,
Quando a noite de manso se avizinha,
E me prendesses toda nos teus braços...

 

Quando me lembra: esse sabor que tinha
A tua boca... o eco dos teus passos...
O teu riso de fonte... os teus abraços...
Os teus beijos... a tua mão na minha...

 

Se tu viesses quando, linda e louca,
Traça as linhas dulcíssimas dum beijo
E é de seda vermelha e canta e ri

 

E é como um cravo ao sol a minha boca...
Quando os olhos se me cerram de desejo...
E os meus braços se estendem para ti...
.
Florbela Espanca
.
neste momento estou: bem

escrevinhado por MT-Teresa às 21:56
link do post | comentar | ver comentários (5) | favorito
partilhar
Quarta-feira, 6 de Dezembro de 2006

Horas Rubras

 

Horas profundas, lentas e caladas
Feitas de beijos sensuais e ardentes,
De noites de volúpia, noites quentes
Onde há risos de virgens desmaiadas…

Ouço as olaias rindo desgrenhadas…
Tombam astros em fogo, astros dementes.
E do luar os beijos languescentes
São pedaços de prata p'las estradas…

Os meus lábios são brancos como lagos…
Os meus braços são leves como afagos,
Vestiu-os o luar de sedas puras…

Sou chama e neve branca misteriosa…
E sou talvez, na noite voluptuosa,
Ó meu Poeta, o beijo que procuras
 
Florbela Espanca

escrevinhado por MT-Teresa às 07:25
link do post | comentar | ver comentários (8) | favorito
partilhar

Esta sou eu

segue-me

. 51 seguidores

Vivências Recentes

As Fadas

Ser Poeta

Os teus Olhos

Se tu viesses ver-me

Horas Rubras

Vivências Passadas

Julho 2009

Maio 2009

Abril 2009

Março 2009

Fevereiro 2009

Janeiro 2009

Dezembro 2008

Novembro 2008

Outubro 2008

Setembro 2008

Agosto 2008

Julho 2008

Junho 2008

Maio 2008

Abril 2008

Março 2008

Fevereiro 2008

Janeiro 2008

Dezembro 2007

Novembro 2007

Outubro 2007

Setembro 2007

Agosto 2007

Julho 2007

Junho 2007

Maio 2007

Abril 2007

Março 2007

Fevereiro 2007

Janeiro 2007

Dezembro 2006

Novembro 2006

Outubro 2006

Setembro 2006

Julho 2009

Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab

1
2
3
4

5
6
7
8
9
10
11

12
13
14
15
16
17
18

19
20
21
22
23
24
25

26
27
28
29
30
31


Quem visito e me visita

mais comentados

9 comentários
8 comentários
7 comentários
6 comentários
5 comentários

últ. comentários

Eu quase choro com esse texto, é muito emocional. ...
http://relatodeumaborto.webnode.com/ Minha Histori...
Oi GENTE MEU NOME E ROSE TENHO 13 EU SO...
Chocante
oi meu nome é joice e eu to grávida ...
eu sou totalmente contra o aborto... eu tenho 15 a...
Acho o seguinte: todos cometemos erros! Com certez...
tb naum axo certo o aborto...matarem seu proprio f...
Isso e uma falta de ética. Pq... Q na hr q ...
Olá, Tenho 18 anos , minha namorada é mais nova do...
As nuvens passam, as amaçadores também. Desejo que...
JoãoDesistir nunca! Apenas deixei de escrever, mas...
Todos temos dores, sofremos. [Error: Irreparable i...
Aborto uma das piores coisas da vida,um ser apagan...
ESte blog é muito simpatico, Gostei,Miguel

tags

25 de abril(5)

abril(9)

adeus(9)

alegria(5)

amigos(30)

amizade(14)

amor(137)

aniversário(9)

ano novo(3)

arte(7)

ausência(17)

azuis(9)

beleza(7)

blog(41)

blogue(5)

café(3)

casa das flores(3)

cecilia meireles(6)

cinema(4)

cinza(3)

citação(29)

coisas simples(4)

consciência(3)

cores(3)

dança(16)

david mourão ferreira(7)

descoberta(3)

desejos(7)

desencontro(4)

dia do livro(3)

dor(4)

encontro(4)

enganos(5)

escolhas(4)

escrita(3)

espectaculo(3)

eu(12)

eugénio de andrade(5)

fado(4)

férias(5)

fernando pessoa(3)

filho(15)

fim(4)

florbela espanca(5)

flores(17)

fotografia(13)

fotos(11)

fotos minhas(4)

ilusão(3)

inquietação(3)

joaquim sustelo(4)

josé l. santos(3)

lágrimas(3)

liberdade(13)

lisboa(10)

livros(8)

lua(6)

luz(4)

mãe(7)

manhãs(4)

mar(19)

margarida(4)

maria teresa horta(4)

máscaras(5)

memória(18)

miguel torga(7)

morte(6)

mulher(9)

música(19)

natal(8)

noite(19)

olhos(4)

pai(4)

paixão(16)

páscoa(4)

paz(9)

pintura(13)

poema(117)

poemas de amor(8)

poesia(85)

portugal(5)

primavera(6)

rugby(6)

saudade(24)

silêncio(15)

sol(5)

solidão(19)

sonho(9)

sonhos(4)

sophia m breyner(18)

tango(5)

tempo(14)

trabalho(5)

triste(4)

tristeza(15)

tu(4)

veneza(4)

vida(225)

video(17)

zeca afonso(4)

todas as tags

Pesquisa

 

Favoritos

Vivências

1º Aniversário

As nossas almas

Encontro Mágico

Estrela do Mar II

A Carícia do Sol

Parabéns Filho

A Teia

Dia do Livro

O Crepúsculo

subscrever feeds