Segunda-feira, 29 de Outubro de 2007

Ausência

 Foto: MT

 
 

 

Eu deixarei que morra em mim o desejo de amar os teus olhos que são doces
...
 
Eu deixarei... Tu irás e encostarás a tua face em outra face. 
Teus dedos enlaçarão outros dedos e tu desabrocharás

para a madrugada. 
Mas tu não saberás que quem te colheu fui eu,

porque eu fui o grande íntimo da noite.
Porque eu encostei minha face na face da noite

e ouvi a tua fala amorosa.
Porque meus dedos enlaçaram os dedos da névoa suspensos no espaço.
E eu trouxe até mim a misteriosa essência

do teu abandono desordenado.

 


Eu ficarei só como os veleiros nos pontos silenciosos.
Mas eu te possuirei como ninguém porque poderei partir.
E todas as lamentações do mar, do vento, do céu, das aves, das estrelas.
Serão a tua voz presente, a tua voz ausente, a tua voz serenizada.

     
 

Vinícius de Moraes

 


escrevinhado por MT-Teresa às 21:21
link do post | comentar | favorito
partilhar
8 comentários:
De Marialva a 29 de Outubro de 2007 às 21:57
Boa noite D. MT-Teresa

O que é prometido é devido e ontem prometi deixar-lhe o meu endereço de um espaço e cá estou a fazê-lo, sabe, os putos ( meus netos) são mesmo fixes, sabem destas coisas da internet!... outros tempos, que não o meu!

Mas que lindo poema, que maravilha de poesia que o vosso ilustre espaço nos concede, mas perante tamanha Ausência o que lhe dizer?... Talvez deixar aqui a poesia de Carlos Drumond de Andrade um grande poeta que descreveu o Amor como ninguém… em minha opinião!

Ausência
Por muito tempo achei que a ausência é falta.
E lastimava, ignorante, a falta.
Hoje não a lastimo.
Não há falta na ausência.
A ausência é um estar em mim.
E sinto-a, branca, tão pegada, aconchegada nos meus braços,
que rio e danço e invento exclamações alegres,
porque a ausência, essa ausência assimilada,
ninguém a rouba mais de mim.

Parabéns pela sua poesia, parabéns pelo seu espaço…
Com elevada estima e consideração

Um grande bem-haja

M. Alarcão de Abreu



Ausência
Por muito tempo achei que a ausência é falta.
E lastimava, ignorante, a falta.
Hoje não a lastimo.
Não há falta na ausência.
A ausência é um estar em mim.
E sinto-a, branca, tão pegada, aconchegada nos meus braços,
que rio e danço e invento exclamações alegres,
porque a ausência, essa ausência assimilada,
ninguém a rouba mais de mim.




De MT-Teresa a 1 de Novembro de 2007 às 08:08
Os seus netos trabalharam depressa, está apenas a faltar o conteúdo.

Pela 1ª vez, e que eu tenha dado por isso, sou visitada por um monárquico, espero que não se incomode pelo facto de eu ser republicana...rsss

Bom feriado e volte sempre


De . a 29 de Outubro de 2007 às 22:04
Um beijo e uma
Gosto muito de a ler, muito .


De MT-Teresa a 1 de Novembro de 2007 às 08:10
Obrigada



De mariola a 29 de Outubro de 2007 às 23:54

As pérolas de um rosto vazio!



Eu…

Farei do teu perdão,
O meu suplício, para que em mim permaneça,
A lembrança.
Do teu jeito, dos teus olhos, como um perfume.

O que farei com o meu rosto…
Que tem olhos e… não vê,
Que tem ouvidos e… não sente,
Que tem boca e… não beija,
Que não tem cara e… tem duas faces?

O que farei com o meu rosto?
Que no espelho tem lágrimas…como pérolas,
Como quem lhe dá reflexos e brilhos…fictícios.
Como quem chora!
Envergonhado… sem saber ainda,
Que vai ficar desfigurado, para sempre.

Eu… farei, com que os teus sonhos…
Se não percam do teu destino, de luz.
Ao som… da divina música, das alvoradas.

Eu…assim,
Resistirei silencioso… e eterno,
Nas tuas promissoras madrugadas.


07.10.29
Vasconcelos

PS: para a Teresa com um beijo especial.



De MT-Teresa a 1 de Novembro de 2007 às 08:17
Do teu rosto faz um sol
Pinta-lhe olhos enternecidos
E uma boca cheia de sorrisos

Obrigada por mais uma "pérola"





De Visitante a 30 de Outubro de 2007 às 22:36
Hoje vou dar uma de inglês:

"Like a bird on a far distant mountain
Like a ship on an uncharted sea
You are lost in the arms that have found you
Don't be afraid
Love's plans are made"

(palavras de Justin Hayward, "I Dreamed Last Night"


Beijinho, Alf...azema Linda
Visitante


De MT-Teresa a 1 de Novembro de 2007 às 08:20
Ok...não tenho medo...

Os sonhos são mesmo assim, quando se acorda, tudo passou

Bj


comentar


Esta sou eu

segue-me

. 51 seguidores

Vivências Recentes

Despedida

Se eu pudesse...Mãe!

Maio

Dia Mundial da Dança

A Realização de um sonho

Os Livros e o 25 de Abril

Dia da Terra

Ilusão

Inevitável

Meu Filho

A Eterna Juventude

Flores rubras em Abril

Flores de Páscoa

Deixa-me Voar ...

De novo as flores

Mãe

As Fadas

Poesia Eterna

Primavera

Quanto, quanto me queres?

Sem Título

Ilustração de um dia

Pequenas coisas

Diz-me espelho meu...

O Amor

Os chapéus de chuva de Cl...

Saber viver

Nenúfares

A minha Mãe

Feliz Ano Novo

É Um Sol de Inverno

O Natal e a Caixinha de M...

Ó Poesia sonhei que fosse...

E por vezes ...

Lisboa: Janela aberta par...

Tempos difíceis

Vinicius

Coisas Simples

Vegetal e Só

Amália Eterna

Vivências Passadas

Julho 2009

Maio 2009

Abril 2009

Março 2009

Fevereiro 2009

Janeiro 2009

Dezembro 2008

Novembro 2008

Outubro 2008

Setembro 2008

Agosto 2008

Julho 2008

Junho 2008

Maio 2008

Abril 2008

Março 2008

Fevereiro 2008

Janeiro 2008

Dezembro 2007

Novembro 2007

Outubro 2007

Setembro 2007

Agosto 2007

Julho 2007

Junho 2007

Maio 2007

Abril 2007

Março 2007

Fevereiro 2007

Janeiro 2007

Dezembro 2006

Novembro 2006

Outubro 2006

Setembro 2006

Julho 2009

Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab

1
2
3
4

5
6
7
8
9
10
11

12
13
14
15
16
17
18

19
20
21
22
23
24
25

26
27
28
29
30
31


Quem visito e me visita

mais comentados

33 comentários
27 comentários
24 comentários
23 comentários
22 comentários
21 comentários
21 comentários
19 comentários
18 comentários
18 comentários
17 comentários
17 comentários
17 comentários

últ. comentários

Eu quase choro com esse texto, é muito emocional. ...
http://relatodeumaborto.webnode.com/ Minha Histori...
Oi GENTE MEU NOME E ROSE TENHO 13 EU SO...
Chocante
oi meu nome é joice e eu to grávida ...
eu sou totalmente contra o aborto... eu tenho 15 a...
Acho o seguinte: todos cometemos erros! Com certez...
tb naum axo certo o aborto...matarem seu proprio f...
Isso e uma falta de ética. Pq... Q na hr q ...
Olá, Tenho 18 anos , minha namorada é mais nova do...
As nuvens passam, as amaçadores também. Desejo que...
JoãoDesistir nunca! Apenas deixei de escrever, mas...
Todos temos dores, sofremos. [Error: Irreparable i...
Aborto uma das piores coisas da vida,um ser apagan...
ESte blog é muito simpatico, Gostei,Miguel

tags

25 de abril(5)

abril(9)

adeus(9)

alegria(5)

amigos(30)

amizade(14)

amor(137)

aniversário(9)

ano novo(3)

arte(7)

ausência(17)

azuis(9)

beleza(7)

blog(41)

blogue(5)

café(3)

casa das flores(3)

cecilia meireles(6)

cinema(4)

cinza(3)

citação(29)

coisas simples(4)

consciência(3)

cores(3)

dança(16)

david mourão ferreira(7)

descoberta(3)

desejos(7)

desencontro(4)

dia do livro(3)

dor(4)

encontro(4)

enganos(5)

escolhas(4)

escrita(3)

espectaculo(3)

eu(12)

eugénio de andrade(5)

fado(4)

férias(5)

fernando pessoa(3)

filho(15)

fim(4)

florbela espanca(5)

flores(17)

fotografia(13)

fotos(11)

fotos minhas(4)

ilusão(3)

inquietação(3)

joaquim sustelo(4)

josé l. santos(3)

lágrimas(3)

liberdade(13)

lisboa(10)

livros(8)

lua(6)

luz(4)

mãe(7)

manhãs(4)

mar(19)

margarida(4)

maria teresa horta(4)

máscaras(5)

memória(18)

miguel torga(7)

morte(6)

mulher(9)

música(19)

natal(8)

noite(19)

olhos(4)

pai(4)

paixão(16)

páscoa(4)

paz(9)

pintura(13)

poema(117)

poemas de amor(8)

poesia(85)

portugal(5)

primavera(6)

rugby(6)

saudade(24)

silêncio(15)

sol(5)

solidão(19)

sonho(9)

sonhos(4)

sophia m breyner(18)

tango(5)

tempo(14)

trabalho(5)

triste(4)

tristeza(15)

tu(4)

veneza(4)

vida(225)

video(17)

zeca afonso(4)

todas as tags

Pesquisa

 

Favoritos

Vivências

1º Aniversário

As nossas almas

Encontro Mágico

Estrela do Mar II

A Carícia do Sol

Parabéns Filho

A Teia

Dia do Livro

O Crepúsculo

subscrever feeds