Quarta-feira, 26 de Setembro de 2007

Bom dia

 

.

 

"O silêncio é a mais perfeita expressão do desprezo"

(Bernard Shaw)

 

.....

Será...?

.

neste momento estou: a acordar

escrevinhado por MT-Teresa às 07:33
link do post | comentar | favorito
partilhar
12 comentários:
De FELINO a 26 de Setembro de 2007 às 09:20
Olá
Bom dia com um beijinho de um amigo.
Tem um bom dia o Sol brilha.


De MT-Teresa a 26 de Setembro de 2007 às 18:57
Beijinho tb para ti



De Visitante a 26 de Setembro de 2007 às 12:19
Olá Minha Alf...Azema Linda

Nem sempre o silêncio representa desprezo.

Quantas vezes um silêncio partilhado a dois, num lugar ermo, é mais expressivo do que qualquer palavreado...

Beijinho
Visitante

(...que, como é lógico, compreende...)


De MT-Teresa a 26 de Setembro de 2007 às 19:02
Pois não...

Eu não disse no Post que concordava com a frase...rsss

O meu "será....?" é um desafio..a todos

e estou a gostar das respostas ( se calhar acabo por as publicar a seguir à minha pergunta)

Mas posso adiantar-te:

- O silêncio só significa desprezo...se antes dele não existir alguma palavra...que o explique!

Obrigada por responderes.




De Margarida a 26 de Setembro de 2007 às 13:36
Quanto a mim depende....Nem sempre é sinal de desprezo...não...de todo!
Há várias formas de sentir (ou fazer sentir) os silêncios.





De MT-Teresa a 26 de Setembro de 2007 às 19:05
De acordo Margarida, depende sempre de quem o faz sentir mas acima de tudo depende da forma e das circuntâncias

Há silêncios realmente divinos!

Bjs


De mariola a 26 de Setembro de 2007 às 14:25

Se me autoriza... pergunto-lhe, eu:

- o silêncio pode ser, respeito? dúvida? medo? ineficácia? averiguação? análise? indecisão? consideração? etc , etc , etc ...

Silêncio... como desprezo, é atitude de almas sublimes?


De MT-Teresa a 26 de Setembro de 2007 às 19:10
Claro que autorizo...rss

- O silêncio pode ser isso tudo incluindo os etc's

Agora o silêncio ...como desprezo, só pode ser atitude de almas cobardes (desculpe a crueza)...nunca sublimes

E agora pergunto eu:

- Existem almas sublimes?

(obrigada por ter respondido ao desafio)


De Augusto P.Gil a 26 de Setembro de 2007 às 17:55
Bem, só por causa desta frase, tive que vir aqui novamente, bem não só...Vim ouvir a musica novamente, rsrsrsr.
Oh Amiga! Essa frase...Éu não estou bem de acordo. Se te referes aos passantes que não deixam rasto, se calhar até tens razão.
Mas olha, ás vezes partilhar um silêncio...Pode ser deveras delicioso.
Olha nem a propósito...Passa lá no meu cantinho.
Um Beijinho
Gil


De MT-Teresa a 26 de Setembro de 2007 às 19:13
Olá Poeta

Bem que eu adivinhava que gostavas da música...rsss

Como eu já escrevi...eu não disse que concordava com a frase, foi um desafio a todos vós...rsss

Como romãntico que és...( pelo menos pela poesia que escreves) claro que entendo o teu partilhar silêncios.

Também gosto desses
rsss

Obga pela visita

Bj


De carmemzita a 26 de Setembro de 2007 às 19:57
Teresa sobre este tema já publiquei um poema que começa assim:

Dizem que o silêncio é ouro.
Dias há, em que é de prata!
Bem doseado é um tesouro,
Em excesso, tudo mata...

Mata a amizade, o amor,
a ternura e o carinho...
Anula toda a loucura,
E aventura do caminho........
......................
......................
(In Sabores de amor)
M. L. C.


De a 26 de Setembro de 2007 às 20:20
E no silêncio da solidão,
o som de uma lágrima que cai lentamente ...todos os silêncios têm os seus sons! e que por vezes nos dizem tanto... muitos mais do que mil palavras!
beijo


comentar

Bem Vindos



" As ondas quebravam uma a uma. Eu estava só com a areia e com a espuma. Do mar que cantava só para mim

Sophia de Mello Breyner



Esta sou eu

segue-me

. 51 seguidores

Vivências Recentes

Despedida

Se eu pudesse...Mãe!

Maio

Dia Mundial da Dança

A Realização de um sonho

Os Livros e o 25 de Abril

Dia da Terra

Ilusão

Inevitável

Meu Filho

A Eterna Juventude

Flores rubras em Abril

Flores de Páscoa

Deixa-me Voar ...

De novo as flores

Mãe

As Fadas

Poesia Eterna

Primavera

Quanto, quanto me queres?

Sem Título

Ilustração de um dia

Pequenas coisas

Diz-me espelho meu...

O Amor

Os chapéus de chuva de Cl...

Saber viver

Nenúfares

A minha Mãe

Feliz Ano Novo

É Um Sol de Inverno

O Natal e a Caixinha de M...

Ó Poesia sonhei que fosse...

E por vezes ...

Lisboa: Janela aberta par...

Tempos difíceis

Vinicius

Coisas Simples

Vegetal e Só

Amália Eterna

Vivências Passadas

Julho 2009

Maio 2009

Abril 2009

Março 2009

Fevereiro 2009

Janeiro 2009

Dezembro 2008

Novembro 2008

Outubro 2008

Setembro 2008

Agosto 2008

Julho 2008

Junho 2008

Maio 2008

Abril 2008

Março 2008

Fevereiro 2008

Janeiro 2008

Dezembro 2007

Novembro 2007

Outubro 2007

Setembro 2007

Agosto 2007

Julho 2007

Junho 2007

Maio 2007

Abril 2007

Março 2007

Fevereiro 2007

Janeiro 2007

Dezembro 2006

Novembro 2006

Outubro 2006

Setembro 2006

Julho 2009

Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab

1
2
3
4

5
6
7
8
9
10
11

12
13
14
15
16
17
18

19
20
21
22
23
24
25

26
27
28
29
30
31


Quem visito e me visita


Created by Crazyprofile.com

mais comentados

33 comentários
27 comentários
24 comentários
23 comentários
22 comentários
21 comentários
21 comentários
19 comentários
18 comentários
18 comentários
17 comentários
17 comentários
17 comentários

últ. comentários

Eu quase choro com esse texto, é muito emocional. ...
http://relatodeumaborto.webnode.com/ Minha Histori...
Oi GENTE MEU NOME E ROSE TENHO 13 EU SO...
Chocante
oi meu nome é joice e eu to grávida ...
eu sou totalmente contra o aborto... eu tenho 15 a...
Acho o seguinte: todos cometemos erros! Com certez...
tb naum axo certo o aborto...matarem seu proprio f...
Isso e uma falta de ética. Pq... Q na hr q ...
Olá, Tenho 18 anos , minha namorada é mais nova do...
As nuvens passam, as amaçadores também. Desejo que...
JoãoDesistir nunca! Apenas deixei de escrever, mas...
Todos temos dores, sofremos. [Error: Irreparable i...
Aborto uma das piores coisas da vida,um ser apagan...
ESte blog é muito simpatico, Gostei,Miguel

tags

25 de abril(5)

abril(9)

adeus(9)

alegria(5)

amigos(30)

amizade(14)

amor(137)

aniversário(9)

ano novo(3)

arte(7)

ausência(17)

azuis(9)

beleza(7)

blog(41)

blogue(5)

café(3)

casa das flores(3)

cecilia meireles(6)

cinema(4)

cinza(3)

citação(29)

coisas simples(4)

consciência(3)

cores(3)

dança(16)

david mourão ferreira(7)

descoberta(3)

desejos(7)

desencontro(4)

dia do livro(3)

dor(4)

encontro(4)

enganos(5)

escolhas(4)

escrita(3)

espectaculo(3)

eu(12)

eugénio de andrade(5)

fado(4)

férias(5)

fernando pessoa(3)

filho(15)

fim(4)

florbela espanca(5)

flores(17)

fotografia(13)

fotos(11)

fotos minhas(4)

ilusão(3)

inquietação(3)

joaquim sustelo(4)

josé l. santos(3)

lágrimas(3)

liberdade(13)

lisboa(10)

livros(8)

lua(6)

luz(4)

mãe(7)

manhãs(4)

mar(19)

margarida(4)

maria teresa horta(4)

máscaras(5)

memória(18)

miguel torga(7)

morte(6)

mulher(9)

música(19)

natal(8)

noite(19)

olhos(4)

pai(4)

paixão(16)

páscoa(4)

paz(9)

pintura(13)

poema(117)

poemas de amor(8)

poesia(85)

portugal(5)

primavera(6)

rugby(6)

saudade(24)

silêncio(15)

sol(5)

solidão(19)

sonho(9)

sonhos(4)

sophia m breyner(18)

tango(5)

tempo(14)

trabalho(5)

triste(4)

tristeza(15)

tu(4)

veneza(4)

vida(225)

video(17)

zeca afonso(4)

todas as tags

Pesquisa

 

Favoritos

Vivências

1º Aniversário

As nossas almas

Encontro Mágico

Estrela do Mar II

A Carícia do Sol

Parabéns Filho

A Teia

Dia do Livro

O Crepúsculo

subscrever feeds