Segunda-feira, 17 de Setembro de 2007

No meu rosto...os sinais da Liberdade!

 Óleo de R.Magritte

.

Deixei de saber ler
as linhas do teu rosto
difuso agora pelo tempo
que já não tenho
tempo que esgotei
porque as tardes
que esperei
se esfumaram na memória
do que fomos


E o vento quando sopra
deixou de se parecer
com o som da tua voz

que vou esquecendo...


tal como o aroma

das flores

que espalhaste no meu corpo

e já não sinto...

.

corpo

agora perfumado

por outros cheiros

de rosmaninho

e com  sabor a sal

de outros mares

.

Por mim
deixei cair as folhas brancas
dos teus versos rubros
na serenidade das coisas

mortas
e esquecidas
onde jazem as lágrimas

azuis 
que  já sequei
e o amor

que abandonei

.
Nas alvoradas

já despontam outras claridades!

.
Outras neblinas me cobrem 
de novo a face

onde se podem perceber
claramente

os sinais da liberdade

.

neste momento estou: bem

escrevinhado por MT-Teresa às 19:19
link do post | comentar | favorito
partilhar
9 comentários:
De Margarida a 17 de Setembro de 2007 às 20:34
Ainda bem, que na tua escrita se descortinam já, esses sinais de liberdade.
Obrigada


De MT-Teresa a 17 de Setembro de 2007 às 21:20
Bem "revinda" Gaivota-Margarida!

O teu novo "jardim" está a ficar expectacular e estás cheia de ispiração amiga.

Bos escritas, bns ventos, melhores sentires...!

Dorme bem amiga



De Visitante a 17 de Setembro de 2007 às 22:45
Hmmmm...

Estás a regressar à grande forma.

Assim já gosto mais...

Beijinho
Visitante


De a 18 de Setembro de 2007 às 06:54
Bom dia Teresa

pois é, cá estou na minha visita matinal ao teu cantinho que bem podia ser o "Paraiso da Poesia" .... e é bom começar o dia lendo que ...Nas alvoradas , já despontam outras claridades!.... , estás em forma, Parabéns!
Tem um bom dia
bjo



De MT-Teresa a 21 de Setembro de 2007 às 19:30
O que nos vale são as alvoradas...que despontam sempre enquanto existir vida.

Mesmo que às vezes sejam..cinzentas.

Bj

Cá te espero para o nosso café...mas como já avisei a linda Feiticeira, tenho a máquina meio avariada...rsss


De FELINO a 18 de Setembro de 2007 às 06:56
Finalmente um dos blogs que me enchem a alma está a retomar a sua sabedoria. Gosto de ver que te encontras-te.
Beijinhos


De MT-Teresa a 21 de Setembro de 2007 às 19:31
Sou uma felizarda, Felino, acabo sempre por me encontrar, contra todos os "vaticínios"



De teresworld a 19 de Setembro de 2007 às 23:34
Gostei muito destes "sinais da liberdade"...

Parece-me que a pouco e pouco desprendes-te

Um beijo

Teres


De MT-Teresa a 21 de Setembro de 2007 às 19:36
Olá Teres

Obrigada por teres gostado.

As coisas más ou menos boas, acabam sempre por nos abandonar quando assim se decide dentro de nós.

Estou habituada às "tréguas"...e ao fim delas
O segredo?

-Nunca desistir...e acreditar sempre...mas sempre,no lado bom que existe em tudo e em todos.

Ah! E ser fiel à VERDADE!

Beijinho e obrigada pelo comentário



comentar


Esta sou eu

segue-me

. 51 seguidores

Vivências Recentes

Despedida

Se eu pudesse...Mãe!

Maio

Dia Mundial da Dança

A Realização de um sonho

Os Livros e o 25 de Abril

Dia da Terra

Ilusão

Inevitável

Meu Filho

A Eterna Juventude

Flores rubras em Abril

Flores de Páscoa

Deixa-me Voar ...

De novo as flores

Mãe

As Fadas

Poesia Eterna

Primavera

Quanto, quanto me queres?

Sem Título

Ilustração de um dia

Pequenas coisas

Diz-me espelho meu...

O Amor

Os chapéus de chuva de Cl...

Saber viver

Nenúfares

A minha Mãe

Feliz Ano Novo

É Um Sol de Inverno

O Natal e a Caixinha de M...

Ó Poesia sonhei que fosse...

E por vezes ...

Lisboa: Janela aberta par...

Tempos difíceis

Vinicius

Coisas Simples

Vegetal e Só

Amália Eterna

Vivências Passadas

Julho 2009

Maio 2009

Abril 2009

Março 2009

Fevereiro 2009

Janeiro 2009

Dezembro 2008

Novembro 2008

Outubro 2008

Setembro 2008

Agosto 2008

Julho 2008

Junho 2008

Maio 2008

Abril 2008

Março 2008

Fevereiro 2008

Janeiro 2008

Dezembro 2007

Novembro 2007

Outubro 2007

Setembro 2007

Agosto 2007

Julho 2007

Junho 2007

Maio 2007

Abril 2007

Março 2007

Fevereiro 2007

Janeiro 2007

Dezembro 2006

Novembro 2006

Outubro 2006

Setembro 2006

Julho 2009

Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab

1
2
3
4

5
6
7
8
9
10
11

12
13
14
15
16
17
18

19
20
21
22
23
24
25

26
27
28
29
30
31


Quem visito e me visita

mais comentados

33 comentários
27 comentários
24 comentários
23 comentários
22 comentários
21 comentários
21 comentários
19 comentários
18 comentários
18 comentários
17 comentários
17 comentários
17 comentários

últ. comentários

Eu quase choro com esse texto, é muito emocional. ...
http://relatodeumaborto.webnode.com/ Minha Histori...
Oi GENTE MEU NOME E ROSE TENHO 13 EU SO...
Chocante
oi meu nome é joice e eu to grávida ...
eu sou totalmente contra o aborto... eu tenho 15 a...
Acho o seguinte: todos cometemos erros! Com certez...
tb naum axo certo o aborto...matarem seu proprio f...
Isso e uma falta de ética. Pq... Q na hr q ...
Olá, Tenho 18 anos , minha namorada é mais nova do...
As nuvens passam, as amaçadores também. Desejo que...
JoãoDesistir nunca! Apenas deixei de escrever, mas...
Todos temos dores, sofremos. [Error: Irreparable i...
Aborto uma das piores coisas da vida,um ser apagan...
ESte blog é muito simpatico, Gostei,Miguel

tags

25 de abril(5)

abril(9)

adeus(9)

alegria(5)

amigos(30)

amizade(14)

amor(137)

aniversário(9)

ano novo(3)

arte(7)

ausência(17)

azuis(9)

beleza(7)

blog(41)

blogue(5)

café(3)

casa das flores(3)

cecilia meireles(6)

cinema(4)

cinza(3)

citação(29)

coisas simples(4)

consciência(3)

cores(3)

dança(16)

david mourão ferreira(7)

descoberta(3)

desejos(7)

desencontro(4)

dia do livro(3)

dor(4)

encontro(4)

enganos(5)

escolhas(4)

escrita(3)

espectaculo(3)

eu(12)

eugénio de andrade(5)

fado(4)

férias(5)

fernando pessoa(3)

filho(15)

fim(4)

florbela espanca(5)

flores(17)

fotografia(13)

fotos(11)

fotos minhas(4)

ilusão(3)

inquietação(3)

joaquim sustelo(4)

josé l. santos(3)

lágrimas(3)

liberdade(13)

lisboa(10)

livros(8)

lua(6)

luz(4)

mãe(7)

manhãs(4)

mar(19)

margarida(4)

maria teresa horta(4)

máscaras(5)

memória(18)

miguel torga(7)

morte(6)

mulher(9)

música(19)

natal(8)

noite(19)

olhos(4)

pai(4)

paixão(16)

páscoa(4)

paz(9)

pintura(13)

poema(117)

poemas de amor(8)

poesia(85)

portugal(5)

primavera(6)

rugby(6)

saudade(24)

silêncio(15)

sol(5)

solidão(19)

sonho(9)

sonhos(4)

sophia m breyner(18)

tango(5)

tempo(14)

trabalho(5)

triste(4)

tristeza(15)

tu(4)

veneza(4)

vida(225)

video(17)

zeca afonso(4)

todas as tags

Pesquisa

 

Favoritos

Vivências

1º Aniversário

As nossas almas

Encontro Mágico

Estrela do Mar II

A Carícia do Sol

Parabéns Filho

A Teia

Dia do Livro

O Crepúsculo

subscrever feeds