Domingo, 5 de Agosto de 2007

Eu

 

Foto de Yuri Bonder

 

.

 

Só me conhece quem olhou fundo nos meus olhos

.

tags: , , ,

escrevinhado por MT-Teresa às 20:58
link do post | comentar | favorito
partilhar
12 comentários:
De Gaivota a 5 de Agosto de 2007 às 21:38
Amiga, eu que te conheço há muitos anos (e nem digo quantos ....!) Sei que quando se olha no fundo teus olhos, se vê a tua "alma". Mas, é preciso de facto "olhar-te" para te "ler"
Todos que te lêem, e julgam por si só, conhecer-te, não sabem como estão enganados ......
Um beijo de grande carinho e aquele abraço fraterno.
Gaivota


De Gaivota a 5 de Agosto de 2007 às 21:55
"onde escrevi :"Se vê a tua alma" deve ler-se : "Se lê a tua alma".....
Peço desculpa pelo lapso.
Gaivota(um pouco desatenta....confesso)


De MT-Teresa a 5 de Agosto de 2007 às 22:22
Olhar e ver é o segredo para se conhecer.

Sempre me fez muita confusão, as pessoas que falam connosco sem nos olhar ou com um olhar fugidio.

Mas...também já conheci outros ( poucos felizmente) que mesmo a olhar nos nossos olhos, mentem e enganam..mas tenho um lema " a verdade vence sempre"

Obrigada pela tua amizade...sempre!!!

Beijinho



De Visitante a 5 de Agosto de 2007 às 22:59
Hmmm...

Acho que vou precisar de um martelo pneumático para escavar esses olhos azuis e ver o fundo deles...



hehehehe

Beijinho
Visitante


De MT-Teresa a 6 de Agosto de 2007 às 18:58
Não precisas!

Eles são muito "transparentes" vê-se o fundo, mesmo olhando à superfície...basta estares atento e saberes "ler".



De Augusto P.Gil a 6 de Agosto de 2007 às 10:46
Eu...Uhm.....Olhos azuis.....Uhm...Pois........Bem olha lá não queres ir de férias outra vez?????
Já sentia a tua fala...dos teus escritos é claro! Mas assim não.......Olha que vou chamar a minha amiga e depois é que são elas...Gritos estridentes, vidros partidos eu sei lá...!
Bem mudando de assunto. Não te quero ver assim...Para poeta triste...Já basta aquele que se solta da minha caneta.
Amiga, vai até à janela
e olha em redor,
sente o vento , que se faz sentir
pois sou eu,
que te levo palavras mil
que te vão fazer sorrir...
Desculpa a brincadeira.
Um Bj
Gil


De MT-Teresa a 6 de Agosto de 2007 às 19:09
Não me importava nada de ir de férias de novo mas já percebi que fosses tu a mandar, tinha carta branca...rsss

Podes chamar a tua (nossa) amiga para partir os vidros todos que eu deixo Partir coisas de vez em quando faz bem...é como gritar ao mar ( que eu prefiro)

A tristeza também faz bem...lava-nos a alma e preparanos paraoutras alegrias e além disso já te esqueceste que a minha pena é essencialmente "blue"???

Nos intervalos...mudo o tom...mas só mesmo nos intervalos...rsss

Fico à espera dessas palavras "mil" que me vão fazer sorrir...



De MT-Teresa a 6 de Agosto de 2007 às 19:10
Ai..os erros ( teclado enganador...rss)


De ComSensualidade a 6 de Agosto de 2007 às 13:30
Bom regresso e sem sombras nos olhos.....(refiro-me ao post do meu espaço....naturalmente)
Que as tuas férias tenham sido boas.Posso afirmar-te sem sombra de dúvida que as minhas foram "excelentes"
Agora é de novo caminhar em força para mais um ano que se avizinha trabalhoso.
ComSensualidade


De MT-Teresa a 6 de Agosto de 2007 às 19:11
Olá ComSensualidade

Só agora me apercebi que tinhas voltado de férias.

Mais logo...vou ler o teu post das "sombras" fiquei curiosa.

Obrigada pelo comentário e volta sempre, mas Ousadamente..rsss


De vicallacer a 6 de Agosto de 2007 às 18:21
Aqui fica o meu contributo, para a melhoria da sua disposição, esperando que se não importe e que goste, deste pequenino escrito, pensado apenas para ter graça, objectivo que desta vez, espero, possa alcançar:

"As costas de outro mar!"


“As costas… de outro mar!”




Vejo nas tuas costas
Espraiar-se o mar… o mar…o mar…
E do seu sal,
Branco grosso e puro,
Ressaltam residuais
Como pérolas,
As gotas do teu prazer infernal…

Oh! Mar…Oh mar inspirado
Exuberante e… salgado…

Mar bronzeado!
O matiz dos teus sargaços
Lembram-me
O cheiro dos teus louros cabelos
Eróticas cordas
Com que te amarras
A essa marinhagem do sul…
Onde já translúcidos
E atrás dessas costas de recorte artístico
Me aguardam
Esses teus olhos infinitos…

de cor azul!

Nas tuas costas,
Vejo apenas o mar…
O mar…e teu rosto de água,
A marear!


07.08.06
jls-Vitor





De MT-Teresa a 6 de Agosto de 2007 às 19:16
Obrigada pelo poema, bem conseguido a partir da magnífica foto que descobri nas minhas deambulações pela web.

Numa coisa tem absoluta razão, o meu rosto é mesmo d'água...deixa passar tudo.. o que eu quero e o que às vezes tb gostaria que se não visse!

Mas...fazer o quê?

"fiz-me" assim!!!


comentar


Esta sou eu

segue-me

. 51 seguidores

Vivências Recentes

Despedida

Se eu pudesse...Mãe!

Maio

Dia Mundial da Dança

A Realização de um sonho

Os Livros e o 25 de Abril

Dia da Terra

Ilusão

Inevitável

Meu Filho

A Eterna Juventude

Flores rubras em Abril

Flores de Páscoa

Deixa-me Voar ...

De novo as flores

Mãe

As Fadas

Poesia Eterna

Primavera

Quanto, quanto me queres?

Sem Título

Ilustração de um dia

Pequenas coisas

Diz-me espelho meu...

O Amor

Os chapéus de chuva de Cl...

Saber viver

Nenúfares

A minha Mãe

Feliz Ano Novo

É Um Sol de Inverno

O Natal e a Caixinha de M...

Ó Poesia sonhei que fosse...

E por vezes ...

Lisboa: Janela aberta par...

Tempos difíceis

Vinicius

Coisas Simples

Vegetal e Só

Amália Eterna

Vivências Passadas

Julho 2009

Maio 2009

Abril 2009

Março 2009

Fevereiro 2009

Janeiro 2009

Dezembro 2008

Novembro 2008

Outubro 2008

Setembro 2008

Agosto 2008

Julho 2008

Junho 2008

Maio 2008

Abril 2008

Março 2008

Fevereiro 2008

Janeiro 2008

Dezembro 2007

Novembro 2007

Outubro 2007

Setembro 2007

Agosto 2007

Julho 2007

Junho 2007

Maio 2007

Abril 2007

Março 2007

Fevereiro 2007

Janeiro 2007

Dezembro 2006

Novembro 2006

Outubro 2006

Setembro 2006

Julho 2009

Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab

1
2
3
4

5
6
7
8
9
10
11

12
13
14
15
16
17
18

19
20
21
22
23
24
25

26
27
28
29
30
31


Quem visito e me visita

mais comentados

33 comentários
27 comentários
24 comentários
23 comentários
22 comentários
21 comentários
21 comentários
19 comentários
18 comentários
18 comentários
17 comentários
17 comentários
17 comentários

últ. comentários

Eu quase choro com esse texto, é muito emocional. ...
http://relatodeumaborto.webnode.com/ Minha Histori...
Oi GENTE MEU NOME E ROSE TENHO 13 EU SO...
Chocante
oi meu nome é joice e eu to grávida ...
eu sou totalmente contra o aborto... eu tenho 15 a...
Acho o seguinte: todos cometemos erros! Com certez...
tb naum axo certo o aborto...matarem seu proprio f...
Isso e uma falta de ética. Pq... Q na hr q ...
Olá, Tenho 18 anos , minha namorada é mais nova do...
As nuvens passam, as amaçadores também. Desejo que...
JoãoDesistir nunca! Apenas deixei de escrever, mas...
Todos temos dores, sofremos. [Error: Irreparable i...
Aborto uma das piores coisas da vida,um ser apagan...
ESte blog é muito simpatico, Gostei,Miguel

tags

25 de abril(5)

abril(9)

adeus(9)

alegria(5)

amigos(30)

amizade(14)

amor(137)

aniversário(9)

ano novo(3)

arte(7)

ausência(17)

azuis(9)

beleza(7)

blog(41)

blogue(5)

café(3)

casa das flores(3)

cecilia meireles(6)

cinema(4)

cinza(3)

citação(29)

coisas simples(4)

consciência(3)

cores(3)

dança(16)

david mourão ferreira(7)

descoberta(3)

desejos(7)

desencontro(4)

dia do livro(3)

dor(4)

encontro(4)

enganos(5)

escolhas(4)

escrita(3)

espectaculo(3)

eu(12)

eugénio de andrade(5)

fado(4)

férias(5)

fernando pessoa(3)

filho(15)

fim(4)

florbela espanca(5)

flores(17)

fotografia(13)

fotos(11)

fotos minhas(4)

ilusão(3)

inquietação(3)

joaquim sustelo(4)

josé l. santos(3)

lágrimas(3)

liberdade(13)

lisboa(10)

livros(8)

lua(6)

luz(4)

mãe(7)

manhãs(4)

mar(19)

margarida(4)

maria teresa horta(4)

máscaras(5)

memória(18)

miguel torga(7)

morte(6)

mulher(9)

música(19)

natal(8)

noite(19)

olhos(4)

pai(4)

paixão(16)

páscoa(4)

paz(9)

pintura(13)

poema(117)

poemas de amor(8)

poesia(85)

portugal(5)

primavera(6)

rugby(6)

saudade(24)

silêncio(15)

sol(5)

solidão(19)

sonho(9)

sonhos(4)

sophia m breyner(18)

tango(5)

tempo(14)

trabalho(5)

triste(4)

tristeza(15)

tu(4)

veneza(4)

vida(225)

video(17)

zeca afonso(4)

todas as tags

Pesquisa

 

Favoritos

Vivências

1º Aniversário

As nossas almas

Encontro Mágico

Estrela do Mar II

A Carícia do Sol

Parabéns Filho

A Teia

Dia do Livro

O Crepúsculo

subscrever feeds