Quarta-feira, 25 de Abril de 2007

25 de Abril

.

Que não se apague a "Alvorada que eu esperava"

.

.

Que não se esqueçam os Homens

.

.

    

   

 

.

                                                                                

.

Agradeço a todos os que por aqui foram deixando o seu cravo

.

BOM 25 de ABRIL

 

.

neste momento estou: rubra e verde
ao som de: Zeca Afonso

escrevinhado por MT-Teresa às 07:51
link do post | comentar | favorito
partilhar
10 comentários:
De Gaivota a 25 de Abril de 2007 às 09:54
Bom dia!
Deixei o comentário anterior no sítio errado....
Era aqui e não no post do grito e da utopia....
Beijinho.
Clara


De Visitante a 25 de Abril de 2007 às 12:35


Loira....






De MT-Teresa a 26 de Abril de 2007 às 07:21
Gaivota

Tens que voar mais alto...
(sabes do que falo)

Obrigada por teres juntado o teu cravo ao meu (desde sempre)


De Visitante a 25 de Abril de 2007 às 12:45
A ALVORADA está bem acesa, felizmente...

Os HOMENS fizeram as sua obra.

Aquele, especialmente por ter feito o que fez e, após ter cumprido o seu dever, regressado discretamente ao seu posto sem quaisquer outros encómios, o que o tornou GRANDE.

Homenageio assim Salgueiro Maia.


Beijinho
Visitante


De MT-Teresa a 26 de Abril de 2007 às 07:23
Visitante

O teu cravo é mais recente, mas é da mesma "família"

Bj
Um bom dia para ti


De JPatricio a 25 de Abril de 2007 às 18:38
" Que não se esqueçam os homens"...

"Homenagem a Zeca Afonso"

Li, hoje, o texto que escreveu, no dia 23 de Fevereiro deste ano.

"Zeca...sempre":

Comoveu-me o eco que o referido texto , acordou naquela pequena multidão...

Obrigado



De MT-Teresa a 26 de Abril de 2007 às 07:26
Obrigada mais uma vez João Patricio, por teres escolhido um escrito meu.

O meu agradecimento é duplo, por ter sido no dia que foi e sobre o Homem que foi o Zeca, mais um que não pode ser esquecido



De Anónimo a 25 de Abril de 2007 às 18:56
Não posso deixar de assinalar aqui, neste seu sítio e no 25 de Abril, o destaque que a "Teresa" merece!

A voz sempre útil, pronta e desassombrada sobre as coisas o mundo e a vida, a vontade o amor e a sensibilidade... o ser e o estar... o eterno verbo "DAR", a verdade e a força, com a elegância e o bom gosto, do bom senso e da conveniência desinteressada, sem rosto mas com a força da razão e o equilíbrio da bom nome e da educação...!

Teresa, mais do que disponibilizar o seu espaço, para me dar voz e rosto e trazer os meus versos à luz do dia, agradeço a sua capacidade de dar e de ser...!

Obrigado Teresa, pelo coração e coragem que evidencia na defesa das suas convicções. Obrigado pelo talento e frontalidade da palavra!
Obrigado Teresa, pelo exemplo de tolerância e de discreto respeito pela diferença e pelas minorias. Obrigado pelo pudor do silêncio respeitoso!
Obrigado Teresa por nos ensinar a amar e respeitar a palavra, acima dos nossos sentimentos. Obrigado por me ter decorado o nome e a vontade... como se de facto o merecesse mais do que a Senhora...
Obrigado por ter eliminado a frustração e inutilidade, do vocabulário dos meus dias, monótonos e incongruentes.
Obrigado Teresa, por tudo, mas acima ainda de tudo, pelo que para mim representa, o símbolo que evidencia e a honra e orgulho que me transmite.
Teresa:
Ter-me destacado no seu sítio, é qualquer coisa que eu próprio, não sei bem definir, tal a importância que tem para mim. Contudo, penso que, publicitando aquele meu poema, em nada favoreceu o empenho que tem dedicado ás diárias questões de opinião, que motivam os seus temas e opiniões.
Apenas quis homenagear a imagem da Teresa, através do Poema (utopia de um povo inocente).
Agradecido pela atitude, espero que lhe fique de exemplo, o inêxito da intenção...
Teresa:
Obrigado por existir e me dar o privilégio de consigo me relacionar!
Bem haja... por tudo

Beijo

25 de ABRIL, sempre...

sombra


De MT-Teresa a 26 de Abril de 2007 às 07:38
A si...meu amigo Sombra

Não tenho palavras ( até fico constrangida) para lhe dizer o quanto me tocou o que escreveu.

Talvez entenda o meu (quase) silêncio, hoje!

O silêncio muitas vezes é a única forma de comunicação...e aqui neste meu "canto" não cabem
os gritos estridentes que solto de vez em quando.

O meu "canto" não tem paredes, nem portas, nem janelas, nem sequer tem senhas para se entrar nele...foi a minha escolha.

Logo..entenderá que há livros, ou páginas que se devem ler no recanto mais íntimo da biblioteca

Obrigada




De jchacim a 28 de Abril de 2007 às 00:45
Olá !!! Nunca é tarde em desejar um Bom 25 de Abril... 25 de Abril sempre!!!!
[Error: Irreparable invalid markup ('<br [...] <a>') in entry. Owner must fix manually. Raw contents below.]

Olá !!! Nunca é tarde em desejar um Bom 25 de Abril... 25 de Abril sempre!!!! <BR><BR class=incorrect name="incorrect" <a>Tambem</A> tenho um blog com o mesmo nome: Vivências , Aqui vai o endereço : http :/ jchacim.blogspot.com <BR><BR class=incorrect name="incorrect" <a>Parabens</A> pela pagina, simples e pedagógica ... <BR>um bem haja


comentar

Bem Vindos



" As ondas quebravam uma a uma. Eu estava só com a areia e com a espuma. Do mar que cantava só para mim

Sophia de Mello Breyner



Esta sou eu

segue-me

. 51 seguidores




Created by Crazyprofile.com


myspace layouts, myspace codes, glitter graphics



RESPEITE OS DIREITOS DE AUTOR

Page copy protected against web site content infringement by Copyscape





Click for Lisbon, Portugal Forecast

Vivências Recentes

Despedida

Se eu pudesse...Mãe!

Maio

Dia Mundial da Dança

A Realização de um sonho

Os Livros e o 25 de Abril

Dia da Terra

Ilusão

Inevitável

Meu Filho

A Eterna Juventude

Flores rubras em Abril

Flores de Páscoa

Deixa-me Voar ...

De novo as flores

Mãe

As Fadas

Poesia Eterna

Primavera

Quanto, quanto me queres?

Sem Título

Ilustração de um dia

Pequenas coisas

Diz-me espelho meu...

O Amor

Os chapéus de chuva de Cl...

Saber viver

Nenúfares

A minha Mãe

Feliz Ano Novo

É Um Sol de Inverno

O Natal e a Caixinha de M...

Ó Poesia sonhei que fosse...

E por vezes ...

Lisboa: Janela aberta par...

Tempos difíceis

Vinicius

Coisas Simples

Vegetal e Só

Amália Eterna

Vivências Passadas

Julho 2009

Maio 2009

Abril 2009

Março 2009

Fevereiro 2009

Janeiro 2009

Dezembro 2008

Novembro 2008

Outubro 2008

Setembro 2008

Agosto 2008

Julho 2008

Junho 2008

Maio 2008

Abril 2008

Março 2008

Fevereiro 2008

Janeiro 2008

Dezembro 2007

Novembro 2007

Outubro 2007

Setembro 2007

Agosto 2007

Julho 2007

Junho 2007

Maio 2007

Abril 2007

Março 2007

Fevereiro 2007

Janeiro 2007

Dezembro 2006

Novembro 2006

Outubro 2006

Setembro 2006

CURRENT MOON

Julho 2009

Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab

1
2
3
4

5
6
7
8
9
10
11

12
13
14
15
16
17
18

19
20
21
22
23
24
25

26
27
28
29
30
31


online
Web Pages referring to this page
Link to this page and get a link back!

Quem visito e me visita


Created by Crazyprofile.com

mais comentados

33 comentários
27 comentários
24 comentários
23 comentários
22 comentários
21 comentários
21 comentários
19 comentários
18 comentários
18 comentários
17 comentários
17 comentários
17 comentários

últ. comentários

Eu quase choro com esse texto, é muito emocional. ...
http://relatodeumaborto.webnode.com/ Minha Histori...
Oi GENTE MEU NOME E ROSE TENHO 13 EU SO...
Chocante
oi meu nome é joice e eu to grávida ...
eu sou totalmente contra o aborto... eu tenho 15 a...
Acho o seguinte: todos cometemos erros! Com certez...
tb naum axo certo o aborto...matarem seu proprio f...
Isso e uma falta de ética. Pq... Q na hr q ...
Olá, Tenho 18 anos , minha namorada é mais nova do...
As nuvens passam, as amaçadores também. Desejo que...
JoãoDesistir nunca! Apenas deixei de escrever, mas...
Todos temos dores, sofremos. [Error: Irreparable i...
Aborto uma das piores coisas da vida,um ser apagan...
ESte blog é muito simpatico, Gostei,Miguel

tags

25 de abril(5)

abril(9)

adeus(9)

alegria(5)

amigos(30)

amizade(14)

amor(137)

aniversário(9)

ano novo(3)

arte(7)

ausência(17)

azuis(9)

beleza(7)

blog(41)

blogue(5)

café(3)

casa das flores(3)

cecilia meireles(6)

cinema(4)

cinza(3)

citação(29)

coisas simples(4)

consciência(3)

cores(3)

dança(16)

david mourão ferreira(7)

descoberta(3)

desejos(7)

desencontro(4)

dia do livro(3)

dor(4)

encontro(4)

enganos(5)

escolhas(4)

escrita(3)

espectaculo(3)

eu(12)

eugénio de andrade(5)

fado(4)

férias(5)

fernando pessoa(3)

filho(15)

fim(4)

florbela espanca(5)

flores(17)

fotografia(13)

fotos(11)

fotos minhas(4)

ilusão(3)

inquietação(3)

joaquim sustelo(4)

josé l. santos(3)

lágrimas(3)

liberdade(13)

lisboa(10)

livros(8)

lua(6)

luz(4)

mãe(7)

manhãs(4)

mar(19)

margarida(4)

maria teresa horta(4)

máscaras(5)

memória(18)

miguel torga(7)

morte(6)

mulher(9)

música(19)

natal(8)

noite(19)

olhos(4)

pai(4)

paixão(16)

páscoa(4)

paz(9)

pintura(13)

poema(117)

poemas de amor(8)

poesia(85)

portugal(5)

primavera(6)

rugby(6)

saudade(24)

silêncio(15)

sol(5)

solidão(19)

sonho(9)

sonhos(4)

sophia m breyner(18)

tango(5)

tempo(14)

trabalho(5)

triste(4)

tristeza(15)

tu(4)

veneza(4)

vida(225)

video(17)

zeca afonso(4)

todas as tags

Pesquisa

 

Favoritos

Vivências

1º Aniversário

As nossas almas

Encontro Mágico

Estrela do Mar II

A Carícia do Sol

Parabéns Filho

A Teia

Dia do Livro

O Crepúsculo

subscrever feeds