Sexta-feira, 30 de Março de 2007

Uma Pessoa Especial

 

.

Conheci-a quando tinha 17 anos e dessa época as lembranças são muito vagas.

.

Fez parte da minha vida durante muitos anos. Não era do meu sangue, mas o meu filho tem o sangue dela e também "herdou" muito do que ela tinha de bom.

Foi sempre uma mulher de força, pequenina na estatura, grande no amor que às mãos largas dava a todos. Foi um exemplo para quem a conheceu e amou. Era uma pessoa "aglutinadora", ou seja, tudo girava à sua volta, serenamente, todos nos "encontrávamos" quando estavamos com ela, na sua pequena casa, onde por milagre sempre cabia mais um que chegasse sem avisar.

Tinha sempre um sorriso, raramente se queixava, até quando estava doente. Era detentora de um espirito de sacrificio, como eu nunca vi em mais ninguém. Os outros estavam sempre em 1ª lugar.

Quando partiu, deixou um grande vazio, nunca preenchido até hoje. A sua força aglutinadora desapareceu lentamente. Os que ficaram não conseguiram ocupar o lugar que ela tão bem desempenhou.

.

Ajudou-me muito, a mim e ao meu filho, em horas dificeis.

Não era do meu sangue mas era a avó do meu filho.

.

Chamava-se Nazaré e se fosse viva, estariamos hoje a celebrar o seu aniversário, apesar dos divórcios e 2ºs casamentos que ocorreram na familia.

.

Tenho saudades dela.

.

(associando-me neste dia triste a um dos seus filhos que também escreve por aqui e no seu Agregando. Envio-lhe o meu abraço fraterno)

.

 

neste momento estou: com recordações

escrevinhado por MT-Teresa às 07:41
link do post | comentar | favorito
partilhar
7 comentários:
De Visitante a 30 de Março de 2007 às 09:52
É curioso como pessoas que não têm o nosso sangue se tornam parte integrante de nós, enquanto entes vivos, pensantes e afectivos.

Beijinho
Visitante



De MT-Teresa a 30 de Março de 2007 às 18:34
Meu amigo Visitante

Criei muitos laços "fora do meu sangue"

Não procuro explicação para isso, porque para mim o mais importante é SENTIR

Obrigada por te associares

Bj
Teresa


De Anónimo a 30 de Março de 2007 às 17:06

A isto... chama-se "Elevação"

Ás cunhadas e bem assim a toda a "Exmª Família":


" ...B R A V O..."



sombra


De MT-Teresa a 30 de Março de 2007 às 18:47
Amigo Sombra

A maioria das pessoas não entende que depois dos divórcios se possam manter os laços

Felizmente na minha familia isso não aconteceu e quando isso se verifica são sempre os filhos que sofrem.

Os quatro netos desta grande MULHER, onde o meu filho se inclui, são jovens responsáveis e felizes e com a sua vida práticamente estabelecida.

Continuamos todos a ser uma FAMILIA

Mas...hoje quero deixar-me de tristezas, porque a minha mãe faz anos amanhã e apesar da dor e das recordações é para ela agora que os meus pensamentos vão, porque ela felizmente ainda está VIVA

Agradeço-lhe muito as suas "palavras"


Bj
Teresa


De Gaivota a 30 de Março de 2007 às 19:54


Teresa
Que bom teres feito esta crónica em homenagem a essa pequena Grande MULHER
que foi "nossa sogra"
Eu convivi muito com ela entre os 16 e os 21.Era uma pessoa fantástica, para quem havia sempre uma palavra de carinho e compreensão, e sempre mais uma batata para pôr na sopa, para alguem almoçar ou jantar.
Foi para mim, por diversas vezes , mais do que uma mãe, pois com ela eu falava de coisas que jamais falei com a minha mãe.
Era a mãe do meu namorado, mais tarde foi minha sogra, e avó dos meus dois filhos.
Sei que se ela fosse viva, eu estaria certamente a comemorar os anos dela, dessa mulher fantástica, que conseguia reunir à sua volta toda a Familia.
Sabes?.... muitas noites é com ela que sonho,e nesses sonhos ela tem sempre uma palavra de carinho e consolo para mim.
Eu sei sempre quando vem algo menos bom , no caminho da minha vida.E quando rezo...é a ela que eu dirijo as minhas preces,no sentido de iluminar o caminho dos filhos e dos netos.
Muitas vezes a minha filha diz:"Eu sei que a avó.está a velar por mim",ou então:A Avó não vai deixar que isso aconteça"
O Vazio que ela deixou aquando da sua partida,jamais pode ser ocupado por mais ninguem, pois Nazaré,só houve uma nas nossas vidas!!!!!!!!!
É com emoção que escrevo estas palavras alusivas ao seu aniversário.
Beijos
Clara




De Gaivota a 30 de Março de 2007 às 19:55

Que bom teres feito esta crónica em homenagem a essa pequena Grande MULHER
que foi "nossa sogra"
Eu convivi muito com ela entre os 16 e os 21.Era uma pessoa fantástica, para quem havia sempre uma palavra de carinho e compreensão, e sempre mais uma batata para pôr na sopa, para alguem almoçar ou jantar.
Foi para mim, por diversas vezes , mais do que uma mãe, pois com ela eu falava de coisas que jamais falei com a minha mãe.
Era a mãe do meu namorado, mais tarde foi minha sogra, e avó dos meus dois filhos.
Sei que se ela fosse viva, eu estaria certamente a comemorar os anos dela, dessa mulher fantástica, que conseguia reunir à sua volta toda a Familia.
Sabes?.... muitas noites é com ela que sonho,e nesses sonhos ela tem sempre uma palavra de carinho e consolo para mim.
Eu sei sempre quando vem algo menos bom , no caminho da minha vida.E quando rezo...é a ela que eu dirijo as minhas preces,no sentido de iluminar o caminho dos filhos e dos netos.
Muitas vezes a minha filha diz:"Eu sei que a avó.está a velar por mim",ou então:A Avó não vai deixar que isso aconteça"
O Vazio que ela deixou aquando da sua partida,jamais pode ser ocupado por mais ninguem, pois Nazaré,só houve uma nas nossas vidas!!!!!!!!!
É com emoção que escrevo estas palavras alusivas ao seu aniversário.
Beijos
Clara




De agregando a 30 de Março de 2007 às 23:13
Cunhadinha e Amiga.
Bem hajas pela tua escrita.
1 beijo.


comentar


Esta sou eu

segue-me

. 51 seguidores

Vivências Recentes

Despedida

Se eu pudesse...Mãe!

Maio

Dia Mundial da Dança

A Realização de um sonho

Os Livros e o 25 de Abril

Dia da Terra

Ilusão

Inevitável

Meu Filho

A Eterna Juventude

Flores rubras em Abril

Flores de Páscoa

Deixa-me Voar ...

De novo as flores

Mãe

As Fadas

Poesia Eterna

Primavera

Quanto, quanto me queres?

Sem Título

Ilustração de um dia

Pequenas coisas

Diz-me espelho meu...

O Amor

Os chapéus de chuva de Cl...

Saber viver

Nenúfares

A minha Mãe

Feliz Ano Novo

É Um Sol de Inverno

O Natal e a Caixinha de M...

Ó Poesia sonhei que fosse...

E por vezes ...

Lisboa: Janela aberta par...

Tempos difíceis

Vinicius

Coisas Simples

Vegetal e Só

Amália Eterna

Vivências Passadas

Julho 2009

Maio 2009

Abril 2009

Março 2009

Fevereiro 2009

Janeiro 2009

Dezembro 2008

Novembro 2008

Outubro 2008

Setembro 2008

Agosto 2008

Julho 2008

Junho 2008

Maio 2008

Abril 2008

Março 2008

Fevereiro 2008

Janeiro 2008

Dezembro 2007

Novembro 2007

Outubro 2007

Setembro 2007

Agosto 2007

Julho 2007

Junho 2007

Maio 2007

Abril 2007

Março 2007

Fevereiro 2007

Janeiro 2007

Dezembro 2006

Novembro 2006

Outubro 2006

Setembro 2006

Julho 2009

Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab

1
2
3
4

5
6
7
8
9
10
11

12
13
14
15
16
17
18

19
20
21
22
23
24
25

26
27
28
29
30
31


Quem visito e me visita

mais comentados

33 comentários
27 comentários
24 comentários
23 comentários
22 comentários
21 comentários
21 comentários
19 comentários
18 comentários
18 comentários
17 comentários
17 comentários
17 comentários

últ. comentários

Eu quase choro com esse texto, é muito emocional. ...
http://relatodeumaborto.webnode.com/ Minha Histori...
Oi GENTE MEU NOME E ROSE TENHO 13 EU SO...
Chocante
oi meu nome é joice e eu to grávida ...
eu sou totalmente contra o aborto... eu tenho 15 a...
Acho o seguinte: todos cometemos erros! Com certez...
tb naum axo certo o aborto...matarem seu proprio f...
Isso e uma falta de ética. Pq... Q na hr q ...
Olá, Tenho 18 anos , minha namorada é mais nova do...
As nuvens passam, as amaçadores também. Desejo que...
JoãoDesistir nunca! Apenas deixei de escrever, mas...
Todos temos dores, sofremos. [Error: Irreparable i...
Aborto uma das piores coisas da vida,um ser apagan...
ESte blog é muito simpatico, Gostei,Miguel

tags

25 de abril(5)

abril(9)

adeus(9)

alegria(5)

amigos(30)

amizade(14)

amor(137)

aniversário(9)

ano novo(3)

arte(7)

ausência(17)

azuis(9)

beleza(7)

blog(41)

blogue(5)

café(3)

casa das flores(3)

cecilia meireles(6)

cinema(4)

cinza(3)

citação(29)

coisas simples(4)

consciência(3)

cores(3)

dança(16)

david mourão ferreira(7)

descoberta(3)

desejos(7)

desencontro(4)

dia do livro(3)

dor(4)

encontro(4)

enganos(5)

escolhas(4)

escrita(3)

espectaculo(3)

eu(12)

eugénio de andrade(5)

fado(4)

férias(5)

fernando pessoa(3)

filho(15)

fim(4)

florbela espanca(5)

flores(17)

fotografia(13)

fotos(11)

fotos minhas(4)

ilusão(3)

inquietação(3)

joaquim sustelo(4)

josé l. santos(3)

lágrimas(3)

liberdade(13)

lisboa(10)

livros(8)

lua(6)

luz(4)

mãe(7)

manhãs(4)

mar(19)

margarida(4)

maria teresa horta(4)

máscaras(5)

memória(18)

miguel torga(7)

morte(6)

mulher(9)

música(19)

natal(8)

noite(19)

olhos(4)

pai(4)

paixão(16)

páscoa(4)

paz(9)

pintura(13)

poema(117)

poemas de amor(8)

poesia(85)

portugal(5)

primavera(6)

rugby(6)

saudade(24)

silêncio(15)

sol(5)

solidão(19)

sonho(9)

sonhos(4)

sophia m breyner(18)

tango(5)

tempo(14)

trabalho(5)

triste(4)

tristeza(15)

tu(4)

veneza(4)

vida(225)

video(17)

zeca afonso(4)

todas as tags

Pesquisa

 

Favoritos

Vivências

1º Aniversário

As nossas almas

Encontro Mágico

Estrela do Mar II

A Carícia do Sol

Parabéns Filho

A Teia

Dia do Livro

O Crepúsculo

subscrever feeds