Quinta-feira, 25 de Janeiro de 2007

Mãos vazias

.

As minhas mãos
Estão vazias
Perdidas no espaço
Apenas a um passo
De te encontrar
Vagueiam cegas
Nas noites frias
Sentem a falta
Do teu amar
.
neste momento estou:

escrevinhado por MT-Teresa às 19:40
link do post | comentar | favorito
partilhar
9 comentários:
De Augusto P.Gil a 26 de Janeiro de 2007 às 00:10
Amiga, passei por aqui e encontrei musica muito agradável. Sentei-me um pouco, tomei um café e fumei um cigarro, ao som do Louis. Estive a ler o teu poema e senti alguma nostalgia misturada com a musica que pairava no ar, foi agradável...
Ouvir a Cesária em pequenas mornas de embalar, senti-me aconchegado interiormente...
Mas sabes, as tuas mãos nunca estão vazias, estão sempre cheias "de tudo e de nada", como no amor que espalhas, no papel onde escreves mágoas sem fim e que eu leio, agora, aqui ao ouvir Madredeus, numa "andorinha da Primavera". Mas sabes a noite apesar de ir já longa a Janis, espreita ao virar de mais uma musica, e vai cantar "Cry Baby", como deves calcular ela vai quebrar o encanto desta noite muito fria e vazia e de certeza fazer chorar mais gente ainda...E eu, como não devo chorar aqui, vou a correr para o meu canto...

Um Beijinho
Gil


De Gaivota a 26 de Janeiro de 2007 às 02:30
Amiga
A nostalgia sempre presente nos teus escritos....
Beijinho
Clara


De MT-Teresa a 29 de Janeiro de 2007 às 22:20
Clara
J]a sabes como eu sou....

mas isto passa...rsss

bjs


De Visitor® a 26 de Janeiro de 2007 às 11:26
Xiiiii...

Lá se vão os vidros da vizinhança... rss

Oh Gil, então isso são horas de pores a Janis a cantar a plenos pulmões, pá? ....

Um abração
Visitor


De MT-Teresa a 29 de Janeiro de 2007 às 22:15
Gil
Podes chorar aqui, ali, em qualquer lugar!

Do teu choro e nostalgia
Nasce...poesia!

e a Janis...espera sempre por ti..aqui e diz-te
"Cry Baby"

Obrigada por gostares dos meus simples escritos
Obrigada pelo que escreves aqui

Beijo
Teresa





De a 26 de Janeiro de 2007 às 07:06
Teresa

A nostalgia das palavras, não será "Mãos vazias", mas sim "Nãos cheias" de carinho , ternura e amaor para dar e receber! Muito lindo.
beijo



De MT-Teresa a 29 de Janeiro de 2007 às 22:19
Obrigada Ze, por teres gostado

Um beijinho tb para ti

Teresa

PS
andamos desencontrados nas madrugadas...rsss


De Henrique a 26 de Janeiro de 2007 às 11:31
Teresa, como me senti "provocado" por ti, aqui vai um "escrito rimado", também chamado


MÃOS VAZIAS

Não consigo deixar de pensar em ti
Não consigo esquecer o dia
Em que me afastaste de ti

Deixaste-me um sabor a vazio
A minha vida tornou-se de novo
Um vasto salão frio

Tento segurar algo de ti
Para prosseguir estas vias
De quotidiano sempre igual
Mas só sinto as minhas mãos vazias
E um silêncio sepulcral

Ataco o meu piano
Toco a nossa canção
Mas a minha voz falha
Embargada pela emoção

Ah como dói esta ausência
Como me magoa este frio
Nem a memória da tua presença
Consegue preencher o vazio

Debalde tento agarrar algo
Desta minha memória ensombrada
Mas só consigo ficar neste espaço
Com uma mão cheia de nada



Beijinho

Henrique


De MT-Teresa a 29 de Janeiro de 2007 às 22:16
Obrigada Henrique

Como escreveu o Gil...

...cheias de tudo e de nada



comentar


Esta sou eu

segue-me

. 51 seguidores

Vivências Recentes

Despedida

Se eu pudesse...Mãe!

Maio

Dia Mundial da Dança

A Realização de um sonho

Os Livros e o 25 de Abril

Dia da Terra

Ilusão

Inevitável

Meu Filho

A Eterna Juventude

Flores rubras em Abril

Flores de Páscoa

Deixa-me Voar ...

De novo as flores

Mãe

As Fadas

Poesia Eterna

Primavera

Quanto, quanto me queres?

Sem Título

Ilustração de um dia

Pequenas coisas

Diz-me espelho meu...

O Amor

Os chapéus de chuva de Cl...

Saber viver

Nenúfares

A minha Mãe

Feliz Ano Novo

É Um Sol de Inverno

O Natal e a Caixinha de M...

Ó Poesia sonhei que fosse...

E por vezes ...

Lisboa: Janela aberta par...

Tempos difíceis

Vinicius

Coisas Simples

Vegetal e Só

Amália Eterna

Vivências Passadas

Julho 2009

Maio 2009

Abril 2009

Março 2009

Fevereiro 2009

Janeiro 2009

Dezembro 2008

Novembro 2008

Outubro 2008

Setembro 2008

Agosto 2008

Julho 2008

Junho 2008

Maio 2008

Abril 2008

Março 2008

Fevereiro 2008

Janeiro 2008

Dezembro 2007

Novembro 2007

Outubro 2007

Setembro 2007

Agosto 2007

Julho 2007

Junho 2007

Maio 2007

Abril 2007

Março 2007

Fevereiro 2007

Janeiro 2007

Dezembro 2006

Novembro 2006

Outubro 2006

Setembro 2006

Julho 2009

Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab

1
2
3
4

5
6
7
8
9
10
11

12
13
14
15
16
17
18

19
20
21
22
23
24
25

26
27
28
29
30
31


Quem visito e me visita

mais comentados

33 comentários
27 comentários
24 comentários
23 comentários
22 comentários
21 comentários
21 comentários
19 comentários
18 comentários
18 comentários
17 comentários
17 comentários
17 comentários

últ. comentários

Eu quase choro com esse texto, é muito emocional. ...
http://relatodeumaborto.webnode.com/ Minha Histori...
Oi GENTE MEU NOME E ROSE TENHO 13 EU SO...
Chocante
oi meu nome é joice e eu to grávida ...
eu sou totalmente contra o aborto... eu tenho 15 a...
Acho o seguinte: todos cometemos erros! Com certez...
tb naum axo certo o aborto...matarem seu proprio f...
Isso e uma falta de ética. Pq... Q na hr q ...
Olá, Tenho 18 anos , minha namorada é mais nova do...
As nuvens passam, as amaçadores também. Desejo que...
JoãoDesistir nunca! Apenas deixei de escrever, mas...
Todos temos dores, sofremos. [Error: Irreparable i...
Aborto uma das piores coisas da vida,um ser apagan...
ESte blog é muito simpatico, Gostei,Miguel

tags

25 de abril(5)

abril(9)

adeus(9)

alegria(5)

amigos(30)

amizade(14)

amor(137)

aniversário(9)

ano novo(3)

arte(7)

ausência(17)

azuis(9)

beleza(7)

blog(41)

blogue(5)

café(3)

casa das flores(3)

cecilia meireles(6)

cinema(4)

cinza(3)

citação(29)

coisas simples(4)

consciência(3)

cores(3)

dança(16)

david mourão ferreira(7)

descoberta(3)

desejos(7)

desencontro(4)

dia do livro(3)

dor(4)

encontro(4)

enganos(5)

escolhas(4)

escrita(3)

espectaculo(3)

eu(12)

eugénio de andrade(5)

fado(4)

férias(5)

fernando pessoa(3)

filho(15)

fim(4)

florbela espanca(5)

flores(17)

fotografia(13)

fotos(11)

fotos minhas(4)

ilusão(3)

inquietação(3)

joaquim sustelo(4)

josé l. santos(3)

lágrimas(3)

liberdade(13)

lisboa(10)

livros(8)

lua(6)

luz(4)

mãe(7)

manhãs(4)

mar(19)

margarida(4)

maria teresa horta(4)

máscaras(5)

memória(18)

miguel torga(7)

morte(6)

mulher(9)

música(19)

natal(8)

noite(19)

olhos(4)

pai(4)

paixão(16)

páscoa(4)

paz(9)

pintura(13)

poema(117)

poemas de amor(8)

poesia(85)

portugal(5)

primavera(6)

rugby(6)

saudade(24)

silêncio(15)

sol(5)

solidão(19)

sonho(9)

sonhos(4)

sophia m breyner(18)

tango(5)

tempo(14)

trabalho(5)

triste(4)

tristeza(15)

tu(4)

veneza(4)

vida(225)

video(17)

zeca afonso(4)

todas as tags

Pesquisa

 

Favoritos

Vivências

1º Aniversário

As nossas almas

Encontro Mágico

Estrela do Mar II

A Carícia do Sol

Parabéns Filho

A Teia

Dia do Livro

O Crepúsculo

subscrever feeds