Sábado, 14 de Outubro de 2006

Esta Noite Dancei... de Joaquim Sustelo

Quando as palavras que se escrevem  dão o mote à inspiração de outros, a solidão que por vezes nos acompanha nesse acto ( que na maioria das vezes é solitário e silencioso) é rasgada com sorrisos que nos dão força , como este que o meu grande amigo e Poeta Joaquim Sustelo me ofereceu " dançando" comigo. Obrigada por me fazeres companhia.

   

ESTA NOITE DANCEI SÓ PARA TI
 
 
De túnicas de cambraia azul
Eu me vesti,
Salpicadas de desejos
E de beijos
Cor de carmim.

E assim,
Esta noite dancei só para ti

Nunca sabes quando eu chego...
Previamente não to digo.
Não te afirmo nem o nego
E aquela vez, tão bonita,
Da minha última visita
Pensas sempre que foi a derradeira.

Mas gosto desta maneira
De deixar-te em incerteza...

Este suplício da espera
Que sei que te desespera
Não tendo de mim sinais...
Que ao mesmo tempo te atiça
Pra saberes... e te enfeitiça
Sempre mais, cada vez mais.

Mas quando para ti danço
O toque não é permitido;
Ficas na frente sentado
Naquela mesma poltrona
Onde passas muitas horas
Dos dias onde demoras
A dirigir-me a coragem.

A dançar se me abandona
Na minha dança selvagem
O meu corpo à tua frente
E vês-me dançar... Somente!

Já dancei com todas as cores:
De preto, um tango atrevido!
Já valsei de branco e rosa...
 
E de azul vestida agora
Eu era a tua Isadora
Causando-te aquelas dores
Que sei que a tua alma sente
Por me veres provocando
Dançando, rodopiando
Aumentando esses calores
À tua frente...

Em certas noites
Abro a porta mansamente
E nem sequer por mim dás...
Entro silenciosamente
E é o meu perfume que faz
A denúncia da chegada.

Quero que me acoites
Nos teus braços...

E esses laços
De amor, que a vida nunca desfez,
Sejam sempre uma alvorada
Para nós,
Como se ouvíssemos
Cada um, do outro, a voz
Pela primeira vez...

Nosso caso de amor
Ele é sublime, etéreo,
Mas onde nada se sabe,
Tudo, tudo, é um mistério...

Também há noites em que me contas
A tua vida passada;
As tuas histórias, algumas até tontas...

E eu fico sentada
No chão
Apoiada com a cabeça no teu colo
A ouvir-te com emoção.

Assim me enrolo
A ti, escutando essa cadência
Que me acalma
Porque conforta tanto a minha alma!

Meu coração-viajante
Segreda-me a cada instante
Desejos de permanência
Que a alma nunca escutou.

Ah, se ficasse contigo
Teria como castigo
O deixar de ser quem sou!...

As nossas noites são a nossa vida
Onde passamos horas de harmonia
Um tempo que contudo é de fugida...
Ao chegar a manhã, cessa a magia.

Sei que ao partir
Te deixo em desespero
Sem saberes se hei-de ressurgir...
Mas é assim que eu quero!

Apenas sabes pelo que escrevi
Que é à noite
Que eu danço só para ti.
 

Joaquim Sustelo
 
(totalmente adaptado-  com muitos  versos iguais às suas frases - do magnífico texto da minha amiga Mar Teresa)

escrevinhado por MT-Teresa às 10:51
link do post | favorito
partilhar
Comentar:

CorretorEmoji

Se preenchido, o e-mail é usado apenas para notificação de respostas.

Este blog optou por gravar os IPs de quem comenta os seus posts.


Bem Vindos



" As ondas quebravam uma a uma. Eu estava só com a areia e com a espuma. Do mar que cantava só para mim

Sophia de Mello Breyner



Esta sou eu

segue-me

. 51 seguidores

Vivências Recentes

Despedida

Se eu pudesse...Mãe!

Maio

Dia Mundial da Dança

A Realização de um sonho

Os Livros e o 25 de Abril

Dia da Terra

Ilusão

Inevitável

Meu Filho

A Eterna Juventude

Flores rubras em Abril

Flores de Páscoa

Deixa-me Voar ...

De novo as flores

Mãe

As Fadas

Poesia Eterna

Primavera

Quanto, quanto me queres?

Sem Título

Ilustração de um dia

Pequenas coisas

Diz-me espelho meu...

O Amor

Os chapéus de chuva de Cl...

Saber viver

Nenúfares

A minha Mãe

Feliz Ano Novo

É Um Sol de Inverno

O Natal e a Caixinha de M...

Ó Poesia sonhei que fosse...

E por vezes ...

Lisboa: Janela aberta par...

Tempos difíceis

Vinicius

Coisas Simples

Vegetal e Só

Amália Eterna

Vivências Passadas

Julho 2009

Maio 2009

Abril 2009

Março 2009

Fevereiro 2009

Janeiro 2009

Dezembro 2008

Novembro 2008

Outubro 2008

Setembro 2008

Agosto 2008

Julho 2008

Junho 2008

Maio 2008

Abril 2008

Março 2008

Fevereiro 2008

Janeiro 2008

Dezembro 2007

Novembro 2007

Outubro 2007

Setembro 2007

Agosto 2007

Julho 2007

Junho 2007

Maio 2007

Abril 2007

Março 2007

Fevereiro 2007

Janeiro 2007

Dezembro 2006

Novembro 2006

Outubro 2006

Setembro 2006

Julho 2009

Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab

1
2
3
4

5
6
7
8
9
10
11

12
13
14
15
16
17
18

19
20
21
22
23
24
25

26
27
28
29
30
31


Quem visito e me visita


Created by Crazyprofile.com

mais comentados

33 comentários
27 comentários
24 comentários
23 comentários
22 comentários
21 comentários
21 comentários
19 comentários
18 comentários
18 comentários
17 comentários
17 comentários
17 comentários

últ. comentários

Eu quase choro com esse texto, é muito emocional. ...
http://relatodeumaborto.webnode.com/ Minha Histori...
Oi GENTE MEU NOME E ROSE TENHO 13 EU SO...
Chocante
oi meu nome é joice e eu to grávida ...
eu sou totalmente contra o aborto... eu tenho 15 a...
Acho o seguinte: todos cometemos erros! Com certez...
tb naum axo certo o aborto...matarem seu proprio f...
Isso e uma falta de ética. Pq... Q na hr q ...
Olá, Tenho 18 anos , minha namorada é mais nova do...
As nuvens passam, as amaçadores também. Desejo que...
JoãoDesistir nunca! Apenas deixei de escrever, mas...
Todos temos dores, sofremos. [Error: Irreparable i...
Aborto uma das piores coisas da vida,um ser apagan...
ESte blog é muito simpatico, Gostei,Miguel

tags

25 de abril(5)

abril(9)

adeus(9)

alegria(5)

amigos(30)

amizade(14)

amor(137)

aniversário(9)

ano novo(3)

arte(7)

ausência(17)

azuis(9)

beleza(7)

blog(41)

blogue(5)

café(3)

casa das flores(3)

cecilia meireles(6)

cinema(4)

cinza(3)

citação(29)

coisas simples(4)

consciência(3)

cores(3)

dança(16)

david mourão ferreira(7)

descoberta(3)

desejos(7)

desencontro(4)

dia do livro(3)

dor(4)

encontro(4)

enganos(5)

escolhas(4)

escrita(3)

espectaculo(3)

eu(12)

eugénio de andrade(5)

fado(4)

férias(5)

fernando pessoa(3)

filho(15)

fim(4)

florbela espanca(5)

flores(17)

fotografia(13)

fotos(11)

fotos minhas(4)

ilusão(3)

inquietação(3)

joaquim sustelo(4)

josé l. santos(3)

lágrimas(3)

liberdade(13)

lisboa(10)

livros(8)

lua(6)

luz(4)

mãe(7)

manhãs(4)

mar(19)

margarida(4)

maria teresa horta(4)

máscaras(5)

memória(18)

miguel torga(7)

morte(6)

mulher(9)

música(19)

natal(8)

noite(19)

olhos(4)

pai(4)

paixão(16)

páscoa(4)

paz(9)

pintura(13)

poema(117)

poemas de amor(8)

poesia(85)

portugal(5)

primavera(6)

rugby(6)

saudade(24)

silêncio(15)

sol(5)

solidão(19)

sonho(9)

sonhos(4)

sophia m breyner(18)

tango(5)

tempo(14)

trabalho(5)

triste(4)

tristeza(15)

tu(4)

veneza(4)

vida(225)

video(17)

zeca afonso(4)

todas as tags

Pesquisa

 

Favoritos

Vivências

1º Aniversário

As nossas almas

Encontro Mágico

Estrela do Mar II

A Carícia do Sol

Parabéns Filho

A Teia

Dia do Livro

O Crepúsculo

subscrever feeds