Sábado, 31 de Maio de 2008

Eu ouso a paixão

 

Pintura de Tamara de Lempicka

 
      
Eu ouso a paixão
não a recuso

Escuto os sentidos sem o medo por perto
troco a ternura da rosa
ponho a onda no deserto

A tudo o que é impossível
abro e rasgo o coração
Debaixo coloco a mão
para colher o incerto

Desembuço o amor
no calor da emboscada
infrinjo regras e impeço

Troco o sonho dos deuses
por um pequeno nada

Desobedeço ao preceito
e desarrumo a paixão
Teço e bordo o meu avesso
e desacerto a razão 
 

Maria Teresa Horta

 
 


escrevinhado por MT-Teresa às 00:00
link do post | comentar | favorito
partilhar
Quinta-feira, 29 de Maio de 2008

Labirintos

 

Forever Lost , pintura de Mike Worrall

 
 
 

Fiz da minha dor versos sem sentido
que escrevi em tons de cinza
no azul da minha alma enamorada
e quem me olhou  reconheceu-me de jardins antigos
onde outrora me entregava.
 
 
Transformei o (des)amor em labirintos 
e fui encontrada, quase morta,
(des) encantada. 
 
Que faço, agora, da alegria que me rouba
as palavras que eu escrevia?
 
 
 

 

 


escrevinhado por MT-Teresa às 07:36
link do post | comentar | ver comentários (2) | favorito
partilhar
Quarta-feira, 28 de Maio de 2008

Até sempre Sidney (1/07/1934-26/05/2008)

 

 

"Out of Africa" 
 
Na noite em que vi  o filme, sonhei com África

 [ que nunca visitei ]

  
 
 

Obrigada Sidney Pollack 

 

 
 

 

 

ao som de: Banda Sonora de John Barry "Out of Africa"

escrevinhado por MT-Teresa às 19:45
link do post | comentar | ver comentários (1) | favorito
partilhar
Segunda-feira, 26 de Maio de 2008

Ilustração de mim...

 
 .... sonho ....
 

 

 
 

.... permaneço ....

 

 

.... enfrento medos ....
 

 
.... resisto ....

 

 
.... prendo-me ....

 

 
 
.... engano-me ....

 
 

 
 

 
 
 
.... acredito ....

 


 

  
.... brinco ....



  

.... esqueço ....

 
 
 

 
 

.... amo ....

 
 
 
 
 
Ilustrações de Nicoletta Ceccoli 
 
 
 


escrevinhado por MT-Teresa às 23:21
link do post | comentar | ver comentários (1) | favorito
partilhar
Sábado, 24 de Maio de 2008

Contam que as sombras

 
 
 
Contam que as sombras permanecem agora mais tempo sobre

as dunas e que a flor de laranjeira rebentou pelos caminhos,

encantando as viagens; que os morangos crescem, se os dedos

se aproximam, e que já se ouve, ao longe, um rumor de asas

contrário a qualquer vento. Falam de um perfume estranho

que paira pela cidade e das palavras soltas que os rapazes

andaram a escrever pelos muros em segredo. E eu não sei nada



disto que me contam, nem me aquece a luz quente que,

como dizem, afaga de manhã os ombros de quem passa e vai

a outro lugar sentir o mesmo lume. E eu também já não sinto



a primavera: os dedos doem-me nos livros, sento-me de noite

à janela. Olho a lua que já não posso ter. Escondo-me

dos gatos. Dispo-me e vou dormir lá fora com as aves.

 
       
 

Maria do Rosário Pedreira

 


escrevinhado por MT-Teresa às 00:01
link do post | comentar | ver comentários (1) | favorito
partilhar
Segunda-feira, 19 de Maio de 2008

Acordei-me

 

Casa dos Poetas, de Maggie Taylor

 

 
 

Acordei-me.
O meu sonho recorrente ergue-se nas asas de um desejo azul
Salpicos de céu e farrapos de luas descendentes adornam-me os cabelos louros
Os meus olhos que já são azuis, ficam mais azuis de tanto olhar o mar.
 
[ Perdi-me, eu sei. No tempo em que te amava. Em vão ]
 
Acordei-me.
A tua imagem perdeu-se. Os teus versos levou-os o vento.
As casas onde agora o meu sonho dorme são outras. Mais brancas e azuis. Como eu.
O rosto que me olha tem a transparência dos dias claros. Como a verdade.
Tem ainda a doçura dos frutos de época.
A suave fragrância das especiarias mais raras.
E a luz dourada do sol.
 
 
 
Encontrei-me quando te esqueci;
por isso,
ainda bem que te perdi.
 
 

escrevinhado por MT-Teresa às 23:43
link do post | comentar | ver comentários (4) | favorito
partilhar
Sexta-feira, 16 de Maio de 2008

Criatividade e Beleza

 

 

 
 

 

 

 

Fotografias "mágicas" de Alastair Magnaldo  [ Almagnus ]

 
........................
 
A criatividade do homem não tem limites, mesmo que se utilizem alguns truques, como é o caso.

 

Vale a pena "entrar" neste universo de fantasia criado pela imaginação e olhos de um fotógrafo.

 

Boa "viagem" e bom fim de semana.

 
 
 

 

 

neste momento estou: maravilhada
ao som de: Sergei Prokofiev - Romeo and Juliet

escrevinhado por MT-Teresa às 22:51
link do post | comentar | ver comentários (2) | favorito
partilhar

E porque hoje...

 
acordei com o Sol a entrar pelas janelas

deixo-vos esta flor e votos de um bom dia de Primavera

 

 

Foto MTeresaVivências

 
 


escrevinhado por MT-Teresa às 07:34
link do post | comentar | ver comentários (1) | favorito
partilhar
Terça-feira, 13 de Maio de 2008

Mar

Foto de MTeresaVivências

 
 
Debruço-me sobre o mar que me corre nas veias
e toda eu me incendeio...!

[ no sol que ( re) tenho no colo ] 

Sossego-me
no desassossego
das marés que me fustigam
o rosto
alvoraçado
ao contemplar a dança
do horizonte em chamas


Refresco-me
na areia
movediça do teu corpo
e essa água
que eu bebo de ti
tem o sal e o fogo
dos meus cansaços
perpétuos e entranhados


Assim me descobres
secretamente
e ao encontrares-me
não sei se me perdes
se me possuis
(e) terna amante
deste mar de sargaços
e desejos
onde me deito

 
Ah! Mar azul incendiado

tanto sonho submerso nos teus braços.

 
 
 

 
 

ao som de: Cesária Évora - Mar Azul

escrevinhado por MT-Teresa às 23:05
link do post | comentar | ver comentários (1) | favorito
partilhar
Domingo, 11 de Maio de 2008

O Engano da arte de fotografar

 
 
 

 

 

Porque que é que os planetas não caiem?

 

 

A Origem da neve

 
 

   
A Arte para além da moldura
 

 

 
 

  Podem ser vistas, entre muitas outras, aqui

 

.............................................

 

 

Quando me faltam "palavras" para escrever, vou à descoberta de outras coisas.

 

Apreciem e divirtam-se com algumas imagens de puro "non sense".

 
 

[ Agradeço ao João, deste blogue, a indicação do grupo Secret Garden, cujo tema  " Silence Speaks " já se ouve por aqui ]

 
 
 

 

neste momento estou: cansada do fds
ao som de: Silence Speaks - Secret Garden

escrevinhado por MT-Teresa às 21:40
link do post | comentar | ver comentários (2) | favorito
partilhar
Sexta-feira, 9 de Maio de 2008

O Canto dos Pássaros

 
 

Pela manhã

Adormecem luas no meu peito.

O meu corpo desperta no teu

e o sol que entra pela janela

inunda a casa, expulsando as sombras

persistentes da ausência

 

o canto dos pássaros

confunde-se com os passos

que já percorreram os quartos

e que ficaram gravados

na memória da casa

 

agora são os teus

que se ouvem, apenas os teus

e o cantar dos pássaros... 

 
  
 


 


 

neste momento estou: desperta
ao som de: Morning - Grieg

escrevinhado por MT-Teresa às 07:17
link do post | comentar | ver comentários (12) | favorito
partilhar
Terça-feira, 6 de Maio de 2008

As Rosas

 

Foto de MTeresaVivências

 
 
Há recordações que são como as rosas em botão.

Ficam mais belas quando  "abrem"

 


escrevinhado por MT-Teresa às 07:48
link do post | comentar | ver comentários (9) | favorito
partilhar
Domingo, 4 de Maio de 2008

Não envelheças, Mãe!

 
Mãe
Não quero ver a velhice a tomar conta
Dos teus gestos, da tua memória, dos teus passos.
 
 
Quando te olho
É o meu reflexo que vislumbro
No espelho do tempo 
De mão dada com a infância
Que já não tenho
 
Passou tão depresa, Mãe...!
O nosso tempo dos risos e das brincadeiras
De meninas.
 
Não sei porquê, Mãe, mas cego
Perante os sinais do tempo
Que te está a levar de mim
Aos poucos, de mansinho.
 
Não envelheças Mãe.
Não assim. Tão de repente.
 
 

neste momento estou: um pouco triste

escrevinhado por MT-Teresa às 21:38
link do post | comentar | ver comentários (6) | favorito
partilhar
Sábado, 3 de Maio de 2008

Adoro Lisboa e o Tejo

 

 

Fotos de MTeresaVivências, Lisboa e o Tejo vistos do Miradouro da Srª do Monte, à Graça

 
....

 
Digo:
"Lisboa"
Quando atravesso - vinda do sul - o rio
E a cidade a que chego abre-se como se do meu nome nascesse
Abre-se e ergue-se em sua extensão nocturna
Em seu longo luzir de azul e rio
Em seu corpo amontoado de colinas
 

( ... )

 

Sophia de Mello Breyner

 

 
 

neste momento estou: alfacinha de gema
ao som de: Madredeus - Adoro Lisboa

escrevinhado por MT-Teresa às 00:31
link do post | comentar | ver comentários (5) | favorito
partilhar
Quinta-feira, 1 de Maio de 2008

Maio, Maduro Maio

 
Maio maduro Maio
Quem te pintou
Quem te quebrou o encanto
Nunca te amou
Raiava o Sol já no Sul
E uma falua vinha
Lá de Istambul
Sempre depois da sesta
Chamando as flores
Era o dia da festa
Maio de amores
Era o dia de cantar
E uma falua andava
Ao longe a varar

Maio com meu amigo
Quem dera já
Sempre depois do trigo
Se cantará
Qu'importa a fúria do mar
Que a voz não te esmoreça
Vamos lutar
Numa rua comprida
El-rei pastor
Vende o soro da vida
Que mata a dor
Venham ver, Maio nasceu
Que a voz não te esmoreça
A turba rompeu 
 
Zeca Afonso

 

neste momento estou:
ao som de: Maio, Maduro Maio - Zeca Afonso

escrevinhado por MT-Teresa às 10:50
link do post | comentar | ver comentários (5) | favorito
partilhar

Bem Vindos



" As ondas quebravam uma a uma. Eu estava só com a areia e com a espuma. Do mar que cantava só para mim

Sophia de Mello Breyner



Esta sou eu

segue-me

. 51 seguidores




Created by Crazyprofile.com


myspace layouts, myspace codes, glitter graphics



RESPEITE OS DIREITOS DE AUTOR

Page copy protected against web site content infringement by Copyscape





Click for Lisbon, Portugal Forecast

Vivências Recentes

Despedida

Se eu pudesse...Mãe!

Maio

Dia Mundial da Dança

A Realização de um sonho

Os Livros e o 25 de Abril

Dia da Terra

Ilusão

Inevitável

Meu Filho

A Eterna Juventude

Flores rubras em Abril

Flores de Páscoa

Deixa-me Voar ...

De novo as flores

Mãe

As Fadas

Poesia Eterna

Primavera

Quanto, quanto me queres?

Sem Título

Ilustração de um dia

Pequenas coisas

Diz-me espelho meu...

O Amor

Os chapéus de chuva de Cl...

Saber viver

Nenúfares

A minha Mãe

Feliz Ano Novo

É Um Sol de Inverno

O Natal e a Caixinha de M...

Ó Poesia sonhei que fosse...

E por vezes ...

Lisboa: Janela aberta par...

Tempos difíceis

Vinicius

Coisas Simples

Vegetal e Só

Amália Eterna

Vivências Passadas

Julho 2009

Maio 2009

Abril 2009

Março 2009

Fevereiro 2009

Janeiro 2009

Dezembro 2008

Novembro 2008

Outubro 2008

Setembro 2008

Agosto 2008

Julho 2008

Junho 2008

Maio 2008

Abril 2008

Março 2008

Fevereiro 2008

Janeiro 2008

Dezembro 2007

Novembro 2007

Outubro 2007

Setembro 2007

Agosto 2007

Julho 2007

Junho 2007

Maio 2007

Abril 2007

Março 2007

Fevereiro 2007

Janeiro 2007

Dezembro 2006

Novembro 2006

Outubro 2006

Setembro 2006

CURRENT MOON

Julho 2009

Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab

1
2
3
4

5
6
7
8
9
10
11

12
13
14
15
16
17
18

19
20
21
22
23
24
25

26
27
28
29
30
31


online
Web Pages referring to this page
Link to this page and get a link back!

Quem visito e me visita


Created by Crazyprofile.com

mais comentados

33 comentários
27 comentários
24 comentários
23 comentários
22 comentários
21 comentários
21 comentários
19 comentários
18 comentários
18 comentários
17 comentários
17 comentários
17 comentários

últ. comentários

Eu quase choro com esse texto, é muito emocional. ...
http://relatodeumaborto.webnode.com/ Minha Histori...
Oi GENTE MEU NOME E ROSE TENHO 13 EU SO...
Chocante
oi meu nome é joice e eu to grávida ...
eu sou totalmente contra o aborto... eu tenho 15 a...
Acho o seguinte: todos cometemos erros! Com certez...
tb naum axo certo o aborto...matarem seu proprio f...
Isso e uma falta de ética. Pq... Q na hr q ...
Olá, Tenho 18 anos , minha namorada é mais nova do...
As nuvens passam, as amaçadores também. Desejo que...
JoãoDesistir nunca! Apenas deixei de escrever, mas...
Todos temos dores, sofremos. [Error: Irreparable i...
Aborto uma das piores coisas da vida,um ser apagan...
ESte blog é muito simpatico, Gostei,Miguel

tags

25 de abril(5)

abril(9)

adeus(9)

alegria(5)

amigos(30)

amizade(14)

amor(137)

aniversário(9)

ano novo(3)

arte(7)

ausência(17)

azuis(9)

beleza(7)

blog(41)

blogue(5)

café(3)

casa das flores(3)

cecilia meireles(6)

cinema(4)

cinza(3)

citação(29)

coisas simples(4)

consciência(3)

cores(3)

dança(16)

david mourão ferreira(7)

descoberta(3)

desejos(7)

desencontro(4)

dia do livro(3)

dor(4)

encontro(4)

enganos(5)

escolhas(4)

escrita(3)

espectaculo(3)

eu(12)

eugénio de andrade(5)

fado(4)

férias(5)

fernando pessoa(3)

filho(15)

fim(4)

florbela espanca(5)

flores(17)

fotografia(13)

fotos(11)

fotos minhas(4)

ilusão(3)

inquietação(3)

joaquim sustelo(4)

josé l. santos(3)

lágrimas(3)

liberdade(13)

lisboa(10)

livros(8)

lua(6)

luz(4)

mãe(7)

manhãs(4)

mar(19)

margarida(4)

maria teresa horta(4)

máscaras(5)

memória(18)

miguel torga(7)

morte(6)

mulher(9)

música(19)

natal(8)

noite(19)

olhos(4)

pai(4)

paixão(16)

páscoa(4)

paz(9)

pintura(13)

poema(117)

poemas de amor(8)

poesia(85)

portugal(5)

primavera(6)

rugby(6)

saudade(24)

silêncio(15)

sol(5)

solidão(19)

sonho(9)

sonhos(4)

sophia m breyner(18)

tango(5)

tempo(14)

trabalho(5)

triste(4)

tristeza(15)

tu(4)

veneza(4)

vida(225)

video(17)

zeca afonso(4)

todas as tags

Pesquisa

 

Favoritos

Vivências

1º Aniversário

As nossas almas

Encontro Mágico

Estrela do Mar II

A Carícia do Sol

Parabéns Filho

A Teia

Dia do Livro

O Crepúsculo

subscrever feeds