Terça-feira, 29 de Abril de 2008

Ainda a Dança...! Das Flores!

 

 
Fotos de MTeresaVivências

 

 
Por

           Vezes

                      A vida

 É bela

 
 

neste momento estou: de bem com a vida

escrevinhado por MT-Teresa às 22:08
link do post | comentar | ver comentários (9) | favorito
partilhar

Dia Mundial da Dança

 

 
" O espírito da dança não tem cor, forma ou tamanho, mas envolve o poder de unir, e também a força e a beleza que se encontra em nós. Cada alma que dança, jovem, velha ou de uma pessoa incapacitada, cria e transforma ideias em movimentos artísticos que podem mudar as nossas vidas " 

 

Gladys Faith Agulhas,  bailarina e coreógrafa sul-africana.

 

.....

 
Dança

 

Para quem danço?
Nem eu sei....
 
 
Danço com as palavras, com as mãos, com os olhos
Danço sózinha no meio das gentes
Danço nua,  vestida de azul, ou de negro e até de vermelho já me cobri.
Danço a  rir e a chorar
Danço a sonhar
Até quando amo, eu danço.
 
 
Vivi sempre a dançar, mesmo parada no meu canto
Dançarei sempre , mesmo que a música se cale
Ensaiei passos diferentes para acordes vários
Em alguns, tropecei, até caí
Mas sempre a dançar, nunca desisti
E retomava os passos novos que aprendi
Porque a dança é vida e quando eu parar
É porque morri!
 
Se é para ti que eu danço?
Danço para mim!
Mas esta noite, sim, a minha dança foi para ti!

 

 MT-Teresa (Nov2006)

  




neste momento estou: a dançar
ao som de: Astor Piazzola

escrevinhado por MT-Teresa às 07:52
link do post | comentar | ver comentários (14) | favorito
partilhar
Segunda-feira, 28 de Abril de 2008

Zeca no Coliseu de Lisboa

 
(desligar a música de fundo para ouvir o Zeca)

 
 

ao som de: A morte saíu à rua - Zeca Afonso

escrevinhado por MT-Teresa às 20:47
link do post | comentar | ver comentários (2) | favorito
partilhar

As cores da Primavera

 

Foto de MTeresaVivências

 
 

Guardei as cores da Primavera

Dentro do peito.

Para vos oferecer neste dia

em que o Inverno

de novo se anuncia

 


escrevinhado por MT-Teresa às 07:28
link do post | comentar | ver comentários (10) | favorito
partilhar
Sexta-feira, 25 de Abril de 2008

O Longínquo Abril

 

Abril cada vez mais longe...

 

...........

 

" Há sempre alguém que resiste.  Há sempre alguém que diz não "

 

 

ABRIL SEMPRE!

 
 

 







neste momento estou: de cravo na mão
ao som de: Trova do vento que passa - Adriano Correia de Oliveira

escrevinhado por MT-Teresa às 00:03
link do post | comentar | ver comentários (10) | favorito
partilhar
Quarta-feira, 23 de Abril de 2008

Fiz-me livro nas tuas mãos

 

Óleo de Antonio Peticov

 

 

Esta noite desfolhei-me nas tuas mãos
E fiz-me livro. Poema. Paixão.
 
Não me queiras toda...
Ainda não!
 
 
Deixa-me uma página
Apenas uma. Branca.
Desse livro inacabado
[ Que sou eu ]
P'ra te dar em segredo
Os meus beijos
Num soneto apaixonado.
 
 
Ah...! Meu amor!
O livro que escrevo a teu lado
Tem folhas de filigrana
A rendilhar-me o corpo.
 
 
São imaginários os versos que te faço
E rubros!
Como o ardor
Que leio nos teus lábios.
 
Não me queiras toda...
Ainda não!
Vem desfolhar-te tu.
Inteiro. Nas minhas mãos.
 
 
 
 

 
neste momento estou: bem

escrevinhado por MT-Teresa às 22:14
link do post | comentar | ver comentários (4) | favorito
partilhar
Terça-feira, 22 de Abril de 2008

Dia da Terra

 

 

Esta imagem dispensa palavras.

 

 


escrevinhado por MT-Teresa às 16:30
link do post | comentar | ver comentários (2) | favorito
partilhar

Memórias de Abril 1

 
A Memória, de Magritte

 

Cantaremos o desencontro:

O limiar e o linear perdidos

 

Cantaremos o desencontro:

A vida errada num país errado

Novos ratos mostram a avidez antiga

 

Sophia de Mello Breyner, "Poema", in O Nome das Coisas

 
 

neste momento estou: bem

escrevinhado por MT-Teresa às 16:17
link do post | comentar | favorito
partilhar
Segunda-feira, 21 de Abril de 2008

Sombra

 

Sombra ( Fado Nocturno)

 

Se a noite escura demora
Cativa dentro do meu peito
pressinto quando me deito
a voz de alguém, que hoje não vem
e mora em mim a toda hora

Falando grave e escondido
Por entre as coisas reais
suspende a força da vida
e não é ninguém, ah e não é ninguém
somente sombra e nada mais

Porém a voz que se ouvia
morre com a noite no cais
e o sol agora me alumia

 

(Letra de Rui Machado, Música de António Chainho, Voz de Teresa Salgueiro)

....

 
 

Aqui também se ouve fado!...

Aqui se recordam amigos, mesmo que sejam sombras fugidias...

 

Boa noite

 








neste momento estou: saudosa
ao som de: Sombra( Fado Nocturno) - Teresa Salgueiro

escrevinhado por MT-Teresa às 23:27
link do post | comentar | ver comentários (5) | favorito
partilhar
Sexta-feira, 18 de Abril de 2008

Coisas que me encantam

 
(desligar a música de fundo para ouvir)

 

........................

 

Sou uma mulher que gosta de coisas simples.

[ como já escrevi tantas vezes ]

Encantei-me a ver e a ouvir. 

 

....  os olhares e os sorrisos dissimulados.

 
Arte!... 

 

 

neste momento estou: bem

escrevinhado por MT-Teresa às 22:40
link do post | comentar | ver comentários (8) | favorito
partilhar
Quinta-feira, 17 de Abril de 2008

O Tempo que passa

 

"The Book of Ages" de Mike Warrol

 
 

Escrevo-te a oiro no livro do tempo onde registo a vida.  

Sou porque tu és.

Este amor, meu filho, não se escreve.

 
Parabéns.


 

 

 

  

neste momento estou: feliz pelo meu filho

escrevinhado por MT-Teresa às 07:25
link do post | comentar | ver comentários (12) | favorito
partilhar
Sábado, 12 de Abril de 2008

Interrogação

 

© Foto de MTeresaVivências

 
 
 

A solidão surge em qualquer lugar.

  
 
[ e eu pergunto... porquê? ]

 

 


escrevinhado por MT-Teresa às 22:12
link do post | comentar | ver comentários (13) | favorito
partilhar
Quinta-feira, 10 de Abril de 2008

Este Abril

 

 

Não sei que sombras me escureceram os olhos
nesta Primavera de Esperanças desmoronadas
Não sei se o sol se vestiu de lua nova
E o dia se escondeu entre cometas e nebulosas
Se as gotas de orvalho que me afagam o rosto
São lágrimas de estrelas a cair sobre mim
Se o rio que me corre nas veias
galgou as margens do meu corpo
deixando-me exangue
 
 
Não sei se o cantar das aves
se calou na Noite Profunda
Se os passos que pressinto
são de caçadores furtivos
a espreitar a morte
Se as flores silvestres de Abril
são Cravos acorrentados dentro de jarras
a desfolhar-se lentamente
em nome da Liberdade
 
Não sei se as Alvoradas ainda são Vermelhas
como as rosas que plantaram nos meus lábios
e se os Sonhos ainda são reféns da minha Utopia
quando vagueio por entre as brumas do passado
 
 
Não sei o que me fez, de repente,
não saber mais nada.
 
Talvez um interminável Inverno, no mês dos Cravos.
 
 

escrevinhado por MT-Teresa às 21:53
link do post | comentar | ver comentários (4) | favorito
partilhar
Quinta-feira, 3 de Abril de 2008

O Eco

Óleo de Mike Worral  " The Imminent desires"
 
 
Só se ouve o eco das palavras
Que deixei de inventar
Lá longe
 Sobre as ondas do mar
 
Interrogo os peixes, as algas, os pássaros
Como se escreve o verbo amar?
 
Trazem-me as letras trocadas
Os pontos dispersos
E os nós desfeitos
Em luar
 
E eu, meu amor?
Eu...
Enfeitada de flores
Persisto em sonhar
 
 

escrevinhado por MT-Teresa às 20:35
link do post | comentar | ver comentários (7) | favorito
partilhar

De um lado cantava o sol

 

Óleo de Mina Anguelova

 

De um lado cantava o sol,
do outro, suspirava a lua.
No meio, brilhava a tua
face de ouro, girassol!
 

Ó montanha da saudade
a que por acaso vim:
outrora, foste um jardim,
e és, agora, eternidade!
De longe, recordo a cor
da grande manhã perdida.
Morrem nos mares da vida
todos os rios do amor?
 

Ai! celebro-te em meu peito,
em meu coração de sal,
Ó flor sobrenatural,
grande girassol perfeito!
 

Acabou-se-me o jardim!
Só me resta, do passado,
este relógio dourado
que ainda esperava por mim . . .

 
Cecília Meireles

 

neste momento estou: primaveril

escrevinhado por MT-Teresa às 08:06
link do post | comentar | ver comentários (2) | favorito
partilhar

Bem Vindos



" As ondas quebravam uma a uma. Eu estava só com a areia e com a espuma. Do mar que cantava só para mim

Sophia de Mello Breyner



Esta sou eu

segue-me

. 51 seguidores

Vivências Recentes

Despedida

Se eu pudesse...Mãe!

Maio

Dia Mundial da Dança

A Realização de um sonho

Os Livros e o 25 de Abril

Dia da Terra

Ilusão

Inevitável

Meu Filho

A Eterna Juventude

Flores rubras em Abril

Flores de Páscoa

Deixa-me Voar ...

De novo as flores

Mãe

As Fadas

Poesia Eterna

Primavera

Quanto, quanto me queres?

Sem Título

Ilustração de um dia

Pequenas coisas

Diz-me espelho meu...

O Amor

Os chapéus de chuva de Cl...

Saber viver

Nenúfares

A minha Mãe

Feliz Ano Novo

É Um Sol de Inverno

O Natal e a Caixinha de M...

Ó Poesia sonhei que fosse...

E por vezes ...

Lisboa: Janela aberta par...

Tempos difíceis

Vinicius

Coisas Simples

Vegetal e Só

Amália Eterna

Vivências Passadas

Julho 2009

Maio 2009

Abril 2009

Março 2009

Fevereiro 2009

Janeiro 2009

Dezembro 2008

Novembro 2008

Outubro 2008

Setembro 2008

Agosto 2008

Julho 2008

Junho 2008

Maio 2008

Abril 2008

Março 2008

Fevereiro 2008

Janeiro 2008

Dezembro 2007

Novembro 2007

Outubro 2007

Setembro 2007

Agosto 2007

Julho 2007

Junho 2007

Maio 2007

Abril 2007

Março 2007

Fevereiro 2007

Janeiro 2007

Dezembro 2006

Novembro 2006

Outubro 2006

Setembro 2006

Julho 2009

Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab

1
2
3
4

5
6
7
8
9
10
11

12
13
14
15
16
17
18

19
20
21
22
23
24
25

26
27
28
29
30
31


Quem visito e me visita


Created by Crazyprofile.com

mais comentados

33 comentários
27 comentários
24 comentários
23 comentários
22 comentários
21 comentários
21 comentários
19 comentários
18 comentários
18 comentários
17 comentários
17 comentários
17 comentários

últ. comentários

Eu quase choro com esse texto, é muito emocional. ...
http://relatodeumaborto.webnode.com/ Minha Histori...
Oi GENTE MEU NOME E ROSE TENHO 13 EU SO...
Chocante
oi meu nome é joice e eu to grávida ...
eu sou totalmente contra o aborto... eu tenho 15 a...
Acho o seguinte: todos cometemos erros! Com certez...
tb naum axo certo o aborto...matarem seu proprio f...
Isso e uma falta de ética. Pq... Q na hr q ...
Olá, Tenho 18 anos , minha namorada é mais nova do...
As nuvens passam, as amaçadores também. Desejo que...
JoãoDesistir nunca! Apenas deixei de escrever, mas...
Todos temos dores, sofremos. [Error: Irreparable i...
Aborto uma das piores coisas da vida,um ser apagan...
ESte blog é muito simpatico, Gostei,Miguel

tags

25 de abril(5)

abril(9)

adeus(9)

alegria(5)

amigos(30)

amizade(14)

amor(137)

aniversário(9)

ano novo(3)

arte(7)

ausência(17)

azuis(9)

beleza(7)

blog(41)

blogue(5)

café(3)

casa das flores(3)

cecilia meireles(6)

cinema(4)

cinza(3)

citação(29)

coisas simples(4)

consciência(3)

cores(3)

dança(16)

david mourão ferreira(7)

descoberta(3)

desejos(7)

desencontro(4)

dia do livro(3)

dor(4)

encontro(4)

enganos(5)

escolhas(4)

escrita(3)

espectaculo(3)

eu(12)

eugénio de andrade(5)

fado(4)

férias(5)

fernando pessoa(3)

filho(15)

fim(4)

florbela espanca(5)

flores(17)

fotografia(13)

fotos(11)

fotos minhas(4)

ilusão(3)

inquietação(3)

joaquim sustelo(4)

josé l. santos(3)

lágrimas(3)

liberdade(13)

lisboa(10)

livros(8)

lua(6)

luz(4)

mãe(7)

manhãs(4)

mar(19)

margarida(4)

maria teresa horta(4)

máscaras(5)

memória(18)

miguel torga(7)

morte(6)

mulher(9)

música(19)

natal(8)

noite(19)

olhos(4)

pai(4)

paixão(16)

páscoa(4)

paz(9)

pintura(13)

poema(117)

poemas de amor(8)

poesia(85)

portugal(5)

primavera(6)

rugby(6)

saudade(24)

silêncio(15)

sol(5)

solidão(19)

sonho(9)

sonhos(4)

sophia m breyner(18)

tango(5)

tempo(14)

trabalho(5)

triste(4)

tristeza(15)

tu(4)

veneza(4)

vida(225)

video(17)

zeca afonso(4)

todas as tags

Pesquisa

 

Favoritos

Vivências

1º Aniversário

As nossas almas

Encontro Mágico

Estrela do Mar II

A Carícia do Sol

Parabéns Filho

A Teia

Dia do Livro

O Crepúsculo

subscrever feeds