Sábado, 29 de Março de 2008

Primavera tardia

 

Óleo de Salvador Dali

 

Acordo com os sonhos a pesar-me na memória.
Não abro os olhos.
Não quero ver a cor do silêncio que inundou o quarto.
Não ouço os pássaros, como em manhãs de outras Primaveras,
E as flores que tenho presas na alma, ainda não abriram.
Adormecidas, nos sonhos que persisto em sonhar.
 
Talvez vá mergulhar-me no mar, e lave a solidão
Desta manhã que me humedeceu o olhar.
Talvez as flores se alegrem com a brisa da tarde,
E as árvores me ofereçam folhas de amor.
 
Talvez...
Sinta os teus passos a percorrer o jardim,
E em cada pétala caída pressinta o teu corpo
A desfazer-se em saudade.
 
 
[  A solidão já não devia surpreender-me ]
 

escrevinhado por MT-Teresa às 09:18
link do post | comentar | ver comentários (9) | favorito
partilhar
Quarta-feira, 26 de Março de 2008

Quando a noite se abate sobre nós

 
" Quando a noite chega o maravilhoso não escurece "

 

Gonçalo M. Tavares

 
....

 

Rasgam-me a pele, as pedras pontiagudas da indiferença dos homens.

 
Equilibro-me nos escassos sorrisos que ainda restam nos corredores lisos da compreensão mas os meus olhos perplexos voltam a encarar os rostos da ambição desmedida e da traição que sem pudor dispensaram as máscaras onde se esconderam temporariamente.

 

Luto desesperadamente para vislumbrar os horizontes tranquilos que me permitem seguir em frente.

 

Quero acreditar que sim...!
Que não me afundo no lodo que me rodeia.
 

Que o maravilhoso não escurece quando a noite se abate sobre nós.

 

 

 

 

 

 

neste momento estou: desanimada

escrevinhado por MT-Teresa às 23:14
link do post | comentar | ver comentários (4) | favorito
partilhar
Terça-feira, 25 de Março de 2008

Resistir

 

Monge Tibetano

 

 

Quem se torna senhor de uma cidade habituada a viver em liberdade e não a destrói, espere para ser destruído por ela.

 

Maquiavel, in "O Príncipe" 

 
 

 


escrevinhado por MT-Teresa às 07:58
link do post | comentar | ver comentários (1) | favorito
partilhar
Sábado, 22 de Março de 2008

A Páscoa e a Arte

Pieta, Escultura de Michelangelo (1475-1564)

 

Pieta, Pintura de William Blake, 1795

 

Pieta, Pintura de Bellini (1430-1516)

 

Pieta, Pintura de Paula Rego, 2002

Pieta, Pintura de El Greco (1541-1614)

  

Pieta, Escultura em bronze de Françoise Naudet, 1928

Pieta, Pintura de Rubens, 1612

 
...............

 
 

Desejo a todos uma Boa Páscoa!

 

 

 

 


escrevinhado por MT-Teresa às 22:07
link do post | comentar | ver comentários (7) | favorito
partilhar
Sexta-feira, 21 de Março de 2008

Escrever Poesia

 
 

Quando a poesia se desprende do meu corpo

Palavras desconhecidas saltam-me dos lábios

E o meu pensamento voa, de mãos dadas

Com pássaros fantasiados de poetas.

 

Sinto, então...

Nascer do meu peito de lua,

Asas translúcidas que me guiam 

No caminho tortuoso da imaginação.

 

Visto-me de flores para chamar a primavera.

Danço descalça por entre as nuvens de algodão que se espreguiçam ao sol.

 

Por fim...escrevo versos às estrelas

[que me acariciam ao cair da noite]

E poetas imortais sussurram-me poemas de amor.

 

Lisboa, 21 de Março, Dia Mundial da Poesia 

 

neste momento estou: bem

escrevinhado por MT-Teresa às 19:01
link do post | comentar | ver comentários (4) | favorito
partilhar
Quinta-feira, 20 de Março de 2008

"E Deus criou a mulher"

 

 
"Deus não podia estar em todo o lado e por isso criou as mães"

  
R. Kipling

 

 

neste momento estou: com força

escrevinhado por MT-Teresa às 07:21
link do post | comentar | ver comentários (3) | favorito
partilhar
Quarta-feira, 19 de Março de 2008

Pai

 

Pai, hoje a chuva invade todos os caminhos.
Os céus, carregados de água, concedem-nos as lágrimas 
para aliviar a dor da ausência e da saudade.
 
...
 
Vejo-me na casa onde habitámos. E a tua ternura permanece
intacta, a acariciar a minha infância.
Os teus passos ouvem-se, ainda, no corredor da memória.
E, nas paredes brancas, descubro o teu rosto bondoso
a transbordar de amor por mim.
...
 
 
Pai, hoje não quero que me olhes.
Hoje, preciso que olhes por ele, o teu neto.
 
neste momento estou: novamente de coração apertado

escrevinhado por MT-Teresa às 09:12
link do post | comentar | ver comentários (2) | favorito
partilhar
Sábado, 15 de Março de 2008

A Casa das Flores e o Piruças

 

O Piruças, cão da vizinhança, envenenado há cerca de 2 semanas

(foto de MTeresaVivências)

 

.....

 

 

É uma casinha simples, numa aldeia simples, de pessoas simples. Os vizinhos afáveis e prestáveis já não olham com desconfiança as gentes da cidade que procuram a paz e o silêncio nas suas pequenas estadias de fim de semana. Já se habituaram ao rebuliço a entrar-hes pela "porta adentro" a quebrar a rotina dos dias sempre iguais e, até gostam porque "dá vida" ao sítio, dizem eles.

 

Tem um pequeno átrio, onde o sol nos consola e aquece. Um pequeno terreno transformado em jardim onde tudo esquecemos quando enterramos as mãos na terra. 

 

Aquela casa tem alegria, amizade, brincadeiras e visitas-surpresa dos amigos que por vezes se lembram de passar por lá. Os filhos, às vezes, também aparecem, mas esses só quando há churrasco, porque aquilo é uma "pasmaceira", como diz a minha mãe, que gosta mais da cidade que do campo.

 

Também tem mar, com ondas alterosas que se ouvem ao longe, em dias de Inverno. 

 

É um refúgio que partilho com a minha amiga Clara (Margarida). Hoje fomos lá, ao fim de quase um mês de ausência. O jardim está cheio de "hortaliça", como chamamos às ervas daninhas e aos trevos que têm crescido em completa liberdade.

 

- Vamos ter que as arrancar, diz a Clara com ar pesaroso.

- Lá teremos que fazer um churrasco para aliciar o pessoal, digo eu, rindo.

 

Há apenas uma coisa que nos espanta no meio de tanto sossego e cordialidade:

- Naquela aldeia costumam envenenar os cães que andam à solta, mesmo que tenham dono. 

 

Hoje soubemos de mais um caso. E ficámos chocadas.

 

Foi a vez do Piruças que eu fotografei algumas vezes e que estava sempre junto à entrada da nossa casa e grande companheiro de brincadeiras do Jack, o cão da Clara.

 

Este post foi escrito a pensar nele e também na crueldade das pessoas, que por vezes se esconde em sorrisos afáveis.

 

Vamos sentir falta do seu olhar meigo.

 

neste momento estou: revoltada

escrevinhado por MT-Teresa às 23:39
link do post | comentar | ver comentários (3) | favorito
partilhar
Sexta-feira, 14 de Março de 2008

Pela manhã

Foto de MTeresavivências

 
 
Pela manhã, os meus sonhos atravessam a fronteira da realidade e levam-me aos jardins floridos da imaginação...

 

[ o meu rosto...então, ganha luminosidade e pássaros exóticos nascem-me dos olhos ]

 

 

ao som de: Summertime

escrevinhado por MT-Teresa às 07:20
link do post | comentar | ver comentários (10) | favorito
partilhar
Segunda-feira, 10 de Março de 2008

Os segredos das Acácias

Foto de MTeresavivências
(Acácias em flor, Estrada de Marvão, Alto Alentejo)
 
 
Conheci o teu medo, nas curvas fechadas dos prantos.
Ternamente, descobri no teu rosto radioso, sombras 
e espectros vindos do nada. Recolhi os orvalhos dos teus olhos
E mostrei-te o esplendor das Acácias.
Imponentes, a desafiar os homens! E os deuses!
 
Silenciosas...cúmplices, cobriam-nos de flores
Trazidas pelo vento...
 
Olhámos as grinaldas amarelas
Como se fossem estrelas
A depositar beijos no firmamento.
 
E a tua alma, então, amaciou-se.
E ressurgiu resplandecente,
Cheia dos segredos de amor, que elas te revelavam.
Depois...cegou-nos a luz, 
Enquanto um fogo intenso nos incendiava os sentidos, dormentes.
 
 
neste momento estou: bem

escrevinhado por MT-Teresa às 19:36
link do post | comentar | ver comentários (8) | favorito
partilhar
Sábado, 8 de Março de 2008

A Mulher ( 8 de Março 2008)

 

Nascimento, de Paula Rego

  
... São altas essas roseiras de mulheres,

inclinadas como sinos, como violinos, dentro do som.

 
...

 

Há cidades cor de pérola onde as mulheres

existem velozmente. Onde

às vezes param, e são morosas

por dentro.

 
...

 

Há lugares de um esplendor virgem,

com mulheres puras cujas mãos

estremecem. Mulheres que imaginam

num supremo silêncio.

 

... Há mulheres que colocam cidades doces

e formidáveis no espaço, dentro

de ténues pérolas.

Que racham a luz de alto a baixo

e criam uma insondável ilusão...

 

Herberto Helder, " Lugar " (excertos)

 
 

( por falta de tempo e inspiração, deixo palavras de outros, para assinalar o Dia Internacional da Mulher )

 

Dedicado a todas as mulheres que passam por aqui.

E aos homens que reconhecem o direito de termos  "voz activa", não só hoje, mas todos os dias.

 
 

 

neste momento estou: mulher inteira

escrevinhado por MT-Teresa às 00:01
link do post | comentar | ver comentários (6) | favorito
partilhar
Segunda-feira, 3 de Março de 2008

Entardecer

Foto de MTeresaVivências

 

Entardeceu um sol estupefacto
por entre o casario alinhado
no horizonte dos meus olhos.
 
Surpreendem-me os teus risos,
claros, e a ternura dos teus beijos
desperta-me do sono, profundo,
permanente...que me agitava os dias.
 
Na vila dos teus encantos
existe o mar, a salpicar-te os desejos.
 
Recosto-me nas ondas dos teus braços
e deixo-me levar, de mansinho, nos barcos
cheios de flores, que lanças no meu caminho.
 
 
neste momento estou: em paz

escrevinhado por MT-Teresa às 08:35
link do post | comentar | ver comentários (4) | favorito
partilhar

Bem Vindos



" As ondas quebravam uma a uma. Eu estava só com a areia e com a espuma. Do mar que cantava só para mim

Sophia de Mello Breyner



Esta sou eu

segue-me

. 51 seguidores




Created by Crazyprofile.com


myspace layouts, myspace codes, glitter graphics



RESPEITE OS DIREITOS DE AUTOR

Page copy protected against web site content infringement by Copyscape





Click for Lisbon, Portugal Forecast

Vivências Recentes

Despedida

Se eu pudesse...Mãe!

Maio

Dia Mundial da Dança

A Realização de um sonho

Os Livros e o 25 de Abril

Dia da Terra

Ilusão

Inevitável

Meu Filho

A Eterna Juventude

Flores rubras em Abril

Flores de Páscoa

Deixa-me Voar ...

De novo as flores

Mãe

As Fadas

Poesia Eterna

Primavera

Quanto, quanto me queres?

Sem Título

Ilustração de um dia

Pequenas coisas

Diz-me espelho meu...

O Amor

Os chapéus de chuva de Cl...

Saber viver

Nenúfares

A minha Mãe

Feliz Ano Novo

É Um Sol de Inverno

O Natal e a Caixinha de M...

Ó Poesia sonhei que fosse...

E por vezes ...

Lisboa: Janela aberta par...

Tempos difíceis

Vinicius

Coisas Simples

Vegetal e Só

Amália Eterna

Vivências Passadas

Julho 2009

Maio 2009

Abril 2009

Março 2009

Fevereiro 2009

Janeiro 2009

Dezembro 2008

Novembro 2008

Outubro 2008

Setembro 2008

Agosto 2008

Julho 2008

Junho 2008

Maio 2008

Abril 2008

Março 2008

Fevereiro 2008

Janeiro 2008

Dezembro 2007

Novembro 2007

Outubro 2007

Setembro 2007

Agosto 2007

Julho 2007

Junho 2007

Maio 2007

Abril 2007

Março 2007

Fevereiro 2007

Janeiro 2007

Dezembro 2006

Novembro 2006

Outubro 2006

Setembro 2006

CURRENT MOON

Julho 2009

Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab

1
2
3
4

5
6
7
8
9
10
11

12
13
14
15
16
17
18

19
20
21
22
23
24
25

26
27
28
29
30
31


online
Web Pages referring to this page
Link to this page and get a link back!

Quem visito e me visita


Created by Crazyprofile.com

mais comentados

33 comentários
27 comentários
24 comentários
23 comentários
22 comentários
21 comentários
21 comentários
19 comentários
18 comentários
18 comentários
17 comentários
17 comentários
17 comentários

últ. comentários

Eu quase choro com esse texto, é muito emocional. ...
http://relatodeumaborto.webnode.com/ Minha Histori...
Oi GENTE MEU NOME E ROSE TENHO 13 EU SO...
Chocante
oi meu nome é joice e eu to grávida ...
eu sou totalmente contra o aborto... eu tenho 15 a...
Acho o seguinte: todos cometemos erros! Com certez...
tb naum axo certo o aborto...matarem seu proprio f...
Isso e uma falta de ética. Pq... Q na hr q ...
Olá, Tenho 18 anos , minha namorada é mais nova do...
As nuvens passam, as amaçadores também. Desejo que...
JoãoDesistir nunca! Apenas deixei de escrever, mas...
Todos temos dores, sofremos. [Error: Irreparable i...
Aborto uma das piores coisas da vida,um ser apagan...
ESte blog é muito simpatico, Gostei,Miguel

tags

25 de abril(5)

abril(9)

adeus(9)

alegria(5)

amigos(30)

amizade(14)

amor(137)

aniversário(9)

ano novo(3)

arte(7)

ausência(17)

azuis(9)

beleza(7)

blog(41)

blogue(5)

café(3)

casa das flores(3)

cecilia meireles(6)

cinema(4)

cinza(3)

citação(29)

coisas simples(4)

consciência(3)

cores(3)

dança(16)

david mourão ferreira(7)

descoberta(3)

desejos(7)

desencontro(4)

dia do livro(3)

dor(4)

encontro(4)

enganos(5)

escolhas(4)

escrita(3)

espectaculo(3)

eu(12)

eugénio de andrade(5)

fado(4)

férias(5)

fernando pessoa(3)

filho(15)

fim(4)

florbela espanca(5)

flores(17)

fotografia(13)

fotos(11)

fotos minhas(4)

ilusão(3)

inquietação(3)

joaquim sustelo(4)

josé l. santos(3)

lágrimas(3)

liberdade(13)

lisboa(10)

livros(8)

lua(6)

luz(4)

mãe(7)

manhãs(4)

mar(19)

margarida(4)

maria teresa horta(4)

máscaras(5)

memória(18)

miguel torga(7)

morte(6)

mulher(9)

música(19)

natal(8)

noite(19)

olhos(4)

pai(4)

paixão(16)

páscoa(4)

paz(9)

pintura(13)

poema(117)

poemas de amor(8)

poesia(85)

portugal(5)

primavera(6)

rugby(6)

saudade(24)

silêncio(15)

sol(5)

solidão(19)

sonho(9)

sonhos(4)

sophia m breyner(18)

tango(5)

tempo(14)

trabalho(5)

triste(4)

tristeza(15)

tu(4)

veneza(4)

vida(225)

video(17)

zeca afonso(4)

todas as tags

Pesquisa

 

Favoritos

Vivências

1º Aniversário

As nossas almas

Encontro Mágico

Estrela do Mar II

A Carícia do Sol

Parabéns Filho

A Teia

Dia do Livro

O Crepúsculo

subscrever feeds