Sexta-feira, 29 de Junho de 2007

Cavalo Marinho

 

Óleo de Isabel Nadal

.

Pressinto
uma leve brisa
nos meus cabelos de ouro
vagas ondulantes
de maresia
caindo como cascatas
sobre o meu rosto de linho
 
Com um gesto
descoso
tiras de veludo
azul e fino
presas por fios rendilhados
à minha pele de suspiros 
e liberto-me
serenamente
das marcas do passado
 
 Envergo então
apaixonada
as flores que me deste
e com elas
meu amor
perfumo o meu rosto
as mãos
e pinto-te
na minha tela-vida
cavalo marinho
a navegar o meu mar
.
Teresa (MT)
(20/06/07)
.
neste momento estou: de bem com a vida
tags: , , , ,

escrevinhado por MT-Teresa às 20:05
link do post | comentar | ver comentários (7) | favorito
partilhar

Meme

.
" Nenhum de nós sabe o que existe e o que não existe. Vivemos de palavras. Vamos até à cova com palavras. Submetem-nos, subjugam-nos. Pesam toneladas, têm a espessura de montanhas. São as palavras que nos contêm, são as palavras que nos conduzem. Mas há momentos em que cada um redobra de proporções, há momentos em que a vida se me afigura iluminada por outra claridade. Há momentos em que cada um grita: - Eu não vivi! eu não vivi! eu não vivi! - Há momentos em que deparamos com outra figura maior, que nos mete medo. A vida é só isto? "
.

Raul Brandão, in "Húmus"

.....

 
.
Meme , é um termo registado em 1976 por Richard Dawkins no seu livro controverso “O Gene Egoísta”. Constitui para a memória, a sua unidade mínima e equivale ao gene na genética. É uma unidade de informação que se multiplica de cérebro em cérebro, ou entre locais onde a informação o é armazenada e que pode propagar-se como um “vírus”. Os memes podem ser ideias ou partes de ideias , línguas, sons, desenhos, capacidades, valores estéticos e morais, ou qualquer outra coisa que possa ser aprendida facilmente e transmitida enquanto unidade autónoma . Ou seja, é uma ideia que rapidamente é propagada pela Web , usualmente por meio de "blogs. "
.
O desafio foi-me lançado pela Espanto e pelo Felino, e confesso que gostei, por via disso, vou passá-lo a 5 blogues que por sua vez, poderão desafiar (ou não) outros 5. .
.
Augusto Gil
Carmemzita
Do Pipo Ó Copo
Mar Interior
Vicallacer
.
. Obrigada amigos Espanto e Felino
.
.

escrevinhado por MT-Teresa às 19:12
link do post | comentar | ver comentários (2) | favorito
partilhar
Quarta-feira, 27 de Junho de 2007

O Destino

  Pintura de Paula Rego

 .

Nas minhas mãos

existem raros odores

sulcos multicolores

gotas d'água

fugidias

linhas cortadas

cruzadas

a que chamam destino

.

Destemida

dou a cara ao desconhecido

e nunca me esquivo

mas

ainda me espanto

com as teias

artimanhas

máscaras e trejeitos

que me lançam no caminho

aqueles que me seguem

e se convencem

.

que me sabem

que me prendem

que me calam

.

Lutadora

sei os pontos, as virgulas

os parágrafos

e as reticências

desta "estória"

que sou eu

.

porque

.

só eu 

detenho a chave

e a senha certa

e troco as voltas

quando é preciso

desfazer equívocos

e bato a porta

quando tudo se esgota

e grito

não vale a pena

.

Teresa (MT) - 24/06/07

.

neste momento estou: destemida

escrevinhado por MT-Teresa às 23:32
link do post | comentar | ver comentários (18) | favorito
partilhar
Segunda-feira, 25 de Junho de 2007

Louvado seja o Génio da Noite

 Óleo de Nela Vicente

.

Lenta declina a luz e a noite vai
Entrando azul no tardo entardecer.
Vaga e intérmina uma folha cai;
Subtil suspira um deus nesse descer.

De uma névoa lilás a lua sai
E quebra-se no mar sem se mover.
Sons e cores, vibrações, tudo se esvai
Num lânguido desejo de morrer.
Castidade da noite absoluta,
Num galho imaterial um silfo escuta
O segredo das flores que estão sonhando.
Êxtase. A eternidade passa perto.
Gotejam astros. O mundo está deserto.
Só eu existo, fantástica....esperando....

.

Natália Correia

.


escrevinhado por MT-Teresa às 22:04
link do post | comentar | ver comentários (10) | favorito
partilhar
Sábado, 23 de Junho de 2007

O Amor e as Flores

 Óleo de Nela Vicente

.

.

" Después de todo te amaré

  Como si fuera siempre antes "

.

Pablo Neruba

.

Reguem as flores para que não murchem, sequem ou morram!

(Tal como o amor quando é deixado sem cuidados)

.

.

neste momento estou: E isso interessa?
ao som de: Sting - Until

escrevinhado por MT-Teresa às 10:44
link do post | comentar | ver comentários (11) | favorito
partilhar
Sexta-feira, 22 de Junho de 2007

Quando me dás os teus versos

  Óleo de Nela Vicente

 .

Quando me dás
os teus versos
invade-me a urgência
do teu toque
e a sede dos teus beijos

Quando uma brisa
me afaga o rosto
lembro-me das carícias
que me guiam
pelos vales
virgens dos sentidos

Quando a luz do luar
me banha

na minha nudez
sonho com o teu corpo
a misturar-se no meu
como uma hera
divina

a entrelaçar os astros

Quando as ondas do mar
me fustigam

alterosas
refugio-me na memória
do teu sorriso aberto
como se fosse
uma âncora
para me salvar

E quando...
sinto a solidão
invadir o espaço
branco

da tua ausência
fico muda e parada
e apenas escrevo
e decoro
os versos gastos
repetidos

como se fossem
cantos perdidos
mascarados de esperança

.

Teresa (MT)

.

.


escrevinhado por MT-Teresa às 22:44
link do post | comentar | ver comentários (6) | favorito
partilhar

O meu blog fala de amor?

.

O meu amigo Visitante acha que sim!

Obrigada pela nomeação.

.

Desta vez  e cumprindo as regras, vou passar o testemunho a 10 amigos que eu considero que falam de amor, se bem que o Amor não tem regras.

.

 

A outra face da vida (do Rui)

Augusto Gil

CarmemZita

Clareando (da Gaivota)

Doce Quimera

Felino

Isa Nunes

Ousadias...ComSensualidade

Sonhos Margens e Horizontes (do Pedro)

Vicallacer (do Vitor)

.

 

(os Links estão todos na barra lateral)

.

Aproveito e deixo-vos o meu café

 que esta manhã

 já cheira a Verão e tem a cor do Amor! 

 

.

 

BOM DIA

.


escrevinhado por MT-Teresa às 06:50
link do post | comentar | ver comentários (10) | favorito
partilhar
Quinta-feira, 21 de Junho de 2007

Pedir a quem?

 Óleo de Nela Vicente

.

Devia ser proibido que a tristeza se instalasse quando o amor nos sorri.
Pedir a quem?
À Lua...ou aos astros que nos espreitam?
.
Talvez aos deuses que nos fazem dançar e cair ao sabor da sua música.
.
.
neste momento estou: no meio
ao som de: Sting - Until

escrevinhado por MT-Teresa às 22:07
link do post | comentar | ver comentários (7) | favorito
partilhar

As Palavras

 Óleo de Isabel Nadal

.

Aquilo que escrevo

ao correr da pena

não é pensado

ou até forjado

mas é sentido

e dito

com a minha voz

que grita

ou silencia

as palavras soltas

na minha boca

.

Em azul, rosa ou cinza

faço versos de papel

em teias de mares

de mel

que emergem

dos meus sonhos

.

Podem

baralhar as formas

trocar os verbos

jogar com eles

dar-lhes a volta

emendar os pontos

.

mas

.

só eu sei

as letras

e o significado

deste meu fado

que canta em mim

.

Teresa (MT) - 21/06/07

.


escrevinhado por MT-Teresa às 15:32
link do post | comentar | ver comentários (6) | favorito
partilhar
Quarta-feira, 20 de Junho de 2007

Com a chegada do Estio

 Óleo de Nela Vicente
.
Desta Primavera esplendorosa
onde a chuva
fez brotar sementes
de oiro
no jardim mágico
do nosso encontro
nada mais resta
que o azul do teu olhar
e o amor que me deixaste
provar
da tua alma
peregrina
 
Chegam os estios de mansinho
tímidos
como os passos
que demos
no romper da nossa aurora
a desbravar caminhos
 
Abraço o tempo
que adivinho
de ardente
torpor
e grito ao mar
meu elemento
que o amor
tomou conta do meu peito
.
Teresa (MT) - 20/06/07
.
neste momento estou: à espera do calor
ao som de: Maria Bethania - No seu corpo

escrevinhado por MT-Teresa às 19:56
link do post | comentar | ver comentários (9) | favorito
partilhar
Terça-feira, 19 de Junho de 2007

Rosas

 Foto de MT

 

.

Visto-me de azul todos os dias.

O sorriso é azul-celeste

O olhar é azul-mar

.

 

Até as ruelas que cruzo

E as pedras da calçada

Roubam as flores do céu

Quando ficam azuladas

.

De rosas me vesti hoje

Para emoldurar  o encanto

Dos sonhos com que me deito

.

Pintei de rosa os azuis

De que são feitos os prantos!

 

.

 

neste momento estou: rosada
tags: , , ,

escrevinhado por MT-Teresa às 20:13
link do post | comentar | ver comentários (15) | favorito
partilhar
Domingo, 17 de Junho de 2007

Para desfazer os cinzentos

 Pintura de Isabel Nadal

 

A todos os meus amigos

 

Soltem as amarras, abram as grades da vida e tenham esperança no amanhã.

 

.

neste momento estou: a olhar o futuro

escrevinhado por MT-Teresa às 21:42
link do post | comentar | ver comentários (24) | favorito
partilhar

De repente a tristeza

 

"Pássaro Azul " de Isabel Nadal

.

À tardinha
desceu sobre o meu rosto
a melancolia...
 
à mesma hora
onde outrora
me perdi
no calor
dos teus braços
 
Os meus olhos desaparecem
e do azul pouco resta
a não ser um traço
oblíquo
gasto
 
Sobre o meu corpo
começam a florir
as sementes de solidão
que o acaso depositou
nos meus gestos
confiantes
 
O meu rosto
transfigurado
branco
procura as mãos
que lhe secaram o pranto
e as rosas
com que acariciaste
os seus vincos
 
Debato-me
grito
e
rejeito!
.
Esta tristeza que me espreita
dos abismos
.
Teresa E
.

.

 

neste momento estou:
ao som de: Madredeus

escrevinhado por MT-Teresa às 08:58
link do post | comentar | ver comentários (12) | favorito
partilhar
Sexta-feira, 15 de Junho de 2007

Não sei...

 Pintura de Balthus

"Therese"

.

.

Não sei de que cor se veste a tristeza
quando vem da ausência.
Também conheço mal a cor do amor
quando revestido de permanência.
-
A cor da paixão, rubra e efémera,
(quando me cega)
 fica logo desfeita
sem coloração.
.
 
Do mar que entra nos meus olhos
conheço-lhe o som e a espuma branca
e a cor azul
 de que sou feita
.
 
De ti...
Conheço-te a cor
de trás para a frente
como se conhece o fumo
a esbater-se  no tempo
.
 
Porque de ti
apenas sei que és vida
fuga-agitada
alma desencontrada
nas esquinas perdidas
de uma só estrada
.
Teresa E.
.
.
neste momento estou: mais ou menos

escrevinhado por MT-Teresa às 13:44
link do post | comentar | ver comentários (17) | favorito
partilhar
Quinta-feira, 14 de Junho de 2007

O Espelho

 Pintura de Balthus

.

A conduta é um espelho

no qual cada um mostra a sua própria imagem

. 

(Goethe)


escrevinhado por MT-Teresa às 18:17
link do post | comentar | ver comentários (6) | favorito
partilhar
Quarta-feira, 13 de Junho de 2007

O Cupido

 .

 

Tal como os deuses que dançam à nossa volta e nos atrapalham as voltas, provocadores, O Cupido lança as suas teias, envolvendo-nos em jogos de sedução e amor.

 

Normalmente é bem sucedido!

 

A minha amiga/irmã Gaivota, ela própria uma provocadora, o meu amigo Visitante ( dos 7 instrumentos) e o recente e amigo (virtual) Felino, entenderam atribuir-me o selo do "Cupido Fonte de Amor", nem eu sei bem porquê.

 

Talvez achem que o Cupido anda a fazer travessuras, por aqui.

 

Obrigada pela "seta" com que me distinguiram e como (não) mandam as regras vou distribuir o Cupido por todos os que me visitam e são apaixonados pela vida e que na sua vivência distribuem amor pelos outros.

.

 

Sejam felizes e não desperdicem  "as setas do Cupido"

 

neste momento estou: atingida por uma seta...rss

escrevinhado por MT-Teresa às 22:23
link do post | comentar | ver comentários (2) | favorito
partilhar
Terça-feira, 12 de Junho de 2007

Desafio de Stº António

 

.

 

Na noite de Sto. António
Vou para a rua dançar
Não me apareça o demónio
Na fogueira que eu saltar
 
Estou aqui ao desafio
Para quem quiser brincar
Tenho este espaço vazio
Venham todos versejar
.
Querem deixar aqui um "cheirinho" a festas populares?
.
.
neste momento estou: a cheirar a Lisboa
ao som de: Carlos Ramos - Fado de Lisboa

escrevinhado por MT-Teresa às 07:10
link do post | comentar | ver comentários (15) | favorito
partilhar
Segunda-feira, 11 de Junho de 2007

Já Cheira

 

. 

Quando abri a janela, o vento bateu-me no rosto e um cheiro intenso a manjerico entrou sem cerimónia na minha casa.

.

Sem saber como, senti os passos traquinos da infância que me veio visitar e com ela as memórias das noites de calor de Junho, das fogueiras, dos risos e brincadeiras, do "tostãozinho" para o Sto. António, dos arraiais, das marchas populares a descer a Avenida, e da festa de uma Lisboa atrevida e engalanada.

 

.

 

O meu café hoje tem cheiro a manjerico.

.

Bom dia!

.

neste momento estou: saudosa

escrevinhado por MT-Teresa às 07:09
link do post | comentar | ver comentários (2) | favorito
partilhar
Domingo, 10 de Junho de 2007

Portugal

 Foto: MT

.

"Apesar dos Pesares"

.. Sou Portuguesa.

E gosto!

.

neste momento estou: vestida de vermelho e verde
tags: ,

escrevinhado por MT-Teresa às 18:38
link do post | comentar | ver comentários (8) | favorito
partilhar

Camões

 

Óleo de Marcos Milewski

 

.

 

Quem diz que Amor é falso ou enganoso

Quem diz que Amor é falso ou enganoso,
Ligeiro, ingrato, vão desconhecido,
Sem falta lhe terá bem merecido
Que lhe seja cruel ou rigoroso.

Amor é brando, é doce, e é piedoso.
Quem o contrário diz não seja crido;
Seja por cego e apaixonado tido,
E aos homens, e inda aos Deuses, odioso.

Se males faz Amor em mim se vêem;
Em mim mostrando todo o seu rigor,
Ao mundo quis mostrar quanto podia.

Mas todas suas iras são de Amor;
Todos os seus males são um bem,
Que eu por todo outro bem não trocaria.



                   ...

Se me vem tanta glória só de olhar-te

Se me vem tanta glória só de olhar-te,
É pena desigual deixar de ver-te;
Se presumo com obras merecer-te,
Grão paga de um engano é desejar-te.

Se aspiro por quem és a celebrar-te,
Sei certo por quem sou que hei-de ofender-te;
Se mal me quero a mim por bem querer-te,
Que prémio querer posso mais que amar-te?

Porque um tão raro amor não me socorre?
Ó humano tesouro! Ó doce glória!
Ditoso quem à morte por ti corre!

Sempre escrita estarás nesta memória;
E esta alma viverá, pois por ti morre,
Porque ao fim da batalha é a vitória.

                          Luís de Camões
.


neste momento estou: Bem

escrevinhado por MT-Teresa às 11:12
link do post | comentar | ver comentários (2) | favorito
partilhar
Sábado, 9 de Junho de 2007

A Raridade

   Pintura de Balthus

.

 

Há pessoas que têm uma estrela na testa, mas são raras.

Aquelas pessoas que a gente sente que o nosso corpo vai para elas, sem dar conta...

As palavras são desnecessárias.

.

Freud dizia que a maneira mais profunda de fazer amor era só com os olhos

.

António Lobo Antunes ( Revista Espiral do Tempo - Verão 2006)

.

...

Eu sei do que ele fala....

.

Sei da estrela...

Sei dos olhos...

Sei dos silêncios!

.

Mais alguém sabe?

.

neste momento estou: com uma estrela
ao som de: Fascinação - Elis Regina

escrevinhado por MT-Teresa às 11:58
link do post | comentar | ver comentários (4) | favorito
partilhar
Quinta-feira, 7 de Junho de 2007

Procuro-te

000b9xwe Foto de J.G.

 

.

Perco-me nos labirintos que os
teus sinais deixam em mim!
.
Procuro-te
na espuma
branca das ondas
nas conchas
que guardam a tua boca
nas rochas
pelo teu mar
esculpidas
.
e na areia
em que o meu corpo
se transforma
longe de ti
.
.
ao som de: Try to remember
tags: , ,

escrevinhado por MT-Teresa às 19:34
link do post | comentar | ver comentários (8) | favorito
partilhar
Quarta-feira, 6 de Junho de 2007

Tenta Lembrar-te...

 Desenho de Alfred Gockel

.

Eu esperava na penumbra de uma sala vazia onde os teus risos me chegavam como fios de água fresca a brotar das nascentes da tua boca.
.
Imaginava-me a  serpentear à tua volta, vestida de véus brancos a cobrir a  minha nudez, deixando que a música me guiasse os passos que aprendi no teu corpo.
.
O sal que descobriste em mim, e com que moldaste as minhas formas, transformava-me em estátua branca a derreter-se lentamente no calor dos teus olhos de rio.
.
...
 
Tenta lembrar-te, meu amor, das noites cálidas de Maio onde nos perdemos infinitamente um no outro e não resistas ao chamamento das aves nocturnas que cantam para nós.
 
.
Tenta...para que possa continuar à tua espera, coberta de véus brancos!
.
.
neste momento estou: a lembrar-me
ao som de: Try to remember ( The Brothers Four)
tags: , ,

escrevinhado por MT-Teresa às 23:30
link do post | comentar | ver comentários (4) | favorito
partilhar
Segunda-feira, 4 de Junho de 2007

O Meu Azul no Teu Azul

 Pintura de Nela Vicente

 

.

No meu olhar

existe um azul

acinzentado

que junto ao mar

se pinta

de azul-esverdeado

 

mas...quando te olho

o meu azul 

ganha mais cor

como a lua cheia

quando se debruça

à janela

e a luz do sol a beija

 

e quando fico

parada

no azul do teu abraço...

sou tela branca

musa inspiradora

dos versos

que me fazes

 

Vem!

Pinta-me a alma,

as mãos, o peito

e leva-me contigo

num voo azulado

.

Teresa E

.

neste momento estou: azulada
tags: , ,

escrevinhado por MT-Teresa às 07:15
link do post | comentar | ver comentários (10) | favorito
partilhar
Sábado, 2 de Junho de 2007

Pontos de Partida

  Foto: MT

.

Às vezes , sou como um tronco rugoso e seco

Ou como a lua nova que ninguém vê. 

Outras, sou como as flores espreitando o sol

.

Hoje...sou como a concha,  deixada na areia, esperando o mar!

.

  Foto:MT

.

" Nós, para os outros, apenas criamos pontos de partida "

Simone de Beauvoir

.

Bom fim de semana

.

neste momento estou: a olhar em frente
tags:

escrevinhado por MT-Teresa às 07:58
link do post | comentar | ver comentários (8) | favorito
partilhar
Sexta-feira, 1 de Junho de 2007

Tristeza

.

 

Se eu fosse dona do livro da minha vida, hoje escolheria a pena de uma ave rara, cor da aurora, para escrever Alegria.
 
Como não sou, fica registada a Tristeza.
 
Faz 27 anos que te foste embora Pai. Fazes-me falta todos os dias.
 
Logo hoje...que me sinto infinitamente só, precisava de uma luz, de um sorriso ou até de um abraço para que soubesses que apesar de tudo eu estaria um pouco feliz, como tu gostavas que eu estivesse.
.
neste momento estou:
tags: ,

escrevinhado por MT-Teresa às 21:54
link do post | comentar | ver comentários (7) | favorito
partilhar

Bem Vindos



" As ondas quebravam uma a uma. Eu estava só com a areia e com a espuma. Do mar que cantava só para mim

Sophia de Mello Breyner



Esta sou eu

segue-me

. 51 seguidores




Created by Crazyprofile.com


myspace layouts, myspace codes, glitter graphics



RESPEITE OS DIREITOS DE AUTOR

Page copy protected against web site content infringement by Copyscape





Click for Lisbon, Portugal Forecast

Vivências Recentes

Despedida

Se eu pudesse...Mãe!

Maio

Dia Mundial da Dança

A Realização de um sonho

Os Livros e o 25 de Abril

Dia da Terra

Ilusão

Inevitável

Meu Filho

A Eterna Juventude

Flores rubras em Abril

Flores de Páscoa

Deixa-me Voar ...

De novo as flores

Mãe

As Fadas

Poesia Eterna

Primavera

Quanto, quanto me queres?

Sem Título

Ilustração de um dia

Pequenas coisas

Diz-me espelho meu...

O Amor

Os chapéus de chuva de Cl...

Saber viver

Nenúfares

A minha Mãe

Feliz Ano Novo

É Um Sol de Inverno

O Natal e a Caixinha de M...

Ó Poesia sonhei que fosse...

E por vezes ...

Lisboa: Janela aberta par...

Tempos difíceis

Vinicius

Coisas Simples

Vegetal e Só

Amália Eterna

Vivências Passadas

Julho 2009

Maio 2009

Abril 2009

Março 2009

Fevereiro 2009

Janeiro 2009

Dezembro 2008

Novembro 2008

Outubro 2008

Setembro 2008

Agosto 2008

Julho 2008

Junho 2008

Maio 2008

Abril 2008

Março 2008

Fevereiro 2008

Janeiro 2008

Dezembro 2007

Novembro 2007

Outubro 2007

Setembro 2007

Agosto 2007

Julho 2007

Junho 2007

Maio 2007

Abril 2007

Março 2007

Fevereiro 2007

Janeiro 2007

Dezembro 2006

Novembro 2006

Outubro 2006

Setembro 2006

CURRENT MOON

Julho 2009

Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab

1
2
3
4

5
6
7
8
9
10
11

12
13
14
15
16
17
18

19
20
21
22
23
24
25

26
27
28
29
30
31


online
Web Pages referring to this page
Link to this page and get a link back!

Quem visito e me visita


Created by Crazyprofile.com

mais comentados

33 comentários
27 comentários
24 comentários
23 comentários
22 comentários
21 comentários
21 comentários
19 comentários
18 comentários
18 comentários
17 comentários
17 comentários
17 comentários

últ. comentários

Eu quase choro com esse texto, é muito emocional. ...
http://relatodeumaborto.webnode.com/ Minha Histori...
Oi GENTE MEU NOME E ROSE TENHO 13 EU SO...
Chocante
oi meu nome é joice e eu to grávida ...
eu sou totalmente contra o aborto... eu tenho 15 a...
Acho o seguinte: todos cometemos erros! Com certez...
tb naum axo certo o aborto...matarem seu proprio f...
Isso e uma falta de ética. Pq... Q na hr q ...
Olá, Tenho 18 anos , minha namorada é mais nova do...
As nuvens passam, as amaçadores também. Desejo que...
JoãoDesistir nunca! Apenas deixei de escrever, mas...
Todos temos dores, sofremos. [Error: Irreparable i...
Aborto uma das piores coisas da vida,um ser apagan...
ESte blog é muito simpatico, Gostei,Miguel

tags

25 de abril(5)

abril(9)

adeus(9)

alegria(5)

amigos(30)

amizade(14)

amor(137)

aniversário(9)

ano novo(3)

arte(7)

ausência(17)

azuis(9)

beleza(7)

blog(41)

blogue(5)

café(3)

casa das flores(3)

cecilia meireles(6)

cinema(4)

cinza(3)

citação(29)

coisas simples(4)

consciência(3)

cores(3)

dança(16)

david mourão ferreira(7)

descoberta(3)

desejos(7)

desencontro(4)

dia do livro(3)

dor(4)

encontro(4)

enganos(5)

escolhas(4)

escrita(3)

espectaculo(3)

eu(12)

eugénio de andrade(5)

fado(4)

férias(5)

fernando pessoa(3)

filho(15)

fim(4)

florbela espanca(5)

flores(17)

fotografia(13)

fotos(11)

fotos minhas(4)

ilusão(3)

inquietação(3)

joaquim sustelo(4)

josé l. santos(3)

lágrimas(3)

liberdade(13)

lisboa(10)

livros(8)

lua(6)

luz(4)

mãe(7)

manhãs(4)

mar(19)

margarida(4)

maria teresa horta(4)

máscaras(5)

memória(18)

miguel torga(7)

morte(6)

mulher(9)

música(19)

natal(8)

noite(19)

olhos(4)

pai(4)

paixão(16)

páscoa(4)

paz(9)

pintura(13)

poema(117)

poemas de amor(8)

poesia(85)

portugal(5)

primavera(6)

rugby(6)

saudade(24)

silêncio(15)

sol(5)

solidão(19)

sonho(9)

sonhos(4)

sophia m breyner(18)

tango(5)

tempo(14)

trabalho(5)

triste(4)

tristeza(15)

tu(4)

veneza(4)

vida(225)

video(17)

zeca afonso(4)

todas as tags

Pesquisa

 

Favoritos

Vivências

1º Aniversário

As nossas almas

Encontro Mágico

Estrela do Mar II

A Carícia do Sol

Parabéns Filho

A Teia

Dia do Livro

O Crepúsculo

subscrever feeds