Quarta-feira, 8 de Julho de 2009

Despedida

Foto minha


Ameaçadoras as nuvens cobrem o meu horizonte de luz

E os meus olhos deixaram de ser de mar.

 

Passo pela multidão fechando o meu rosto aos olhares

que me tentam decifrar o pensamento e o sentir.

 

Interpreto os silêncios e as ausências de uma forma crua e dolorosa.

A verdade está para além das palavras que se dizem por dizer.

A verdade não se esconde por mil máscaras que se usem.

 

A verdade é que estou só!

Estou só no meio de uma tempestada repentina e duradoira.

E não sabia...

 

Hoje, escrever a dor é difícil. Tal como foi, outrora, escrever a alegria.

 

O meu grito é interior. A minha escrita também.

 

----

 

Obrigada a todos

 

tags: ,

escrevinhado por MT-Teresa às 22:39
link do post | comentar | favorito
partilhar
33 comentários:
De Anónimo a 21 de Dezembro de 2010 às 18:17

Percebi que a "Poesia" da Teresa não voltará ao "Vivências"!
Foi com essa triste certeza que lhe escrevi o poema que lhe dedico, com votos de BOM NATAL e FELIZ ANO NOVO.

UM beijo e até... sempre!

BOAS FESTAS.




Seara de saudade









Sim… aqui no meu chão, terra fecunda,
As saudades semeadas já dão corte!
As espigas que trago cheias à sorte
São palavras, que a ceifa me aprofunda.

Ondula ao vento, a seara da lonjura,
Prodígio de silêncios procurados;
Na memória dos rostos (des)lembrados,
Cujo fruto, maldiz tanta brandura.

Não vem a termo, o chão que em mim produz
A seara, que por esta raridade,
Desabrolha a semente em tal saudade.

Não tem lindas, o chão que me seduz,
Nem limites, a força do querer
Neste amanhar de terra que é meu ser.





2010.12.21
Vasconcelos


De MT-Teresa a 22 de Dezembro de 2010 às 20:14
Vasconcelos

Aprendi a não dizer "Nunca", por isso , se a minha "poesia" não voltará mais aqui no Vivências, não lhe sei dizer. Sei que a ausência já vai longa mas, confesso, tenho saudades "desta seara". Sua, minha e de tantos outros que aqui me fizeram companhia.

Gostaria que não cortasse este "fio", ténue, certamente, mas ainda assim importante para mim. Considere este meu pedido, como um presente de Natal.

Nesta época, triste para mim só consigo dizer-lhe isto:

Ondula ao vento o sonho
Que se esvai, com amargura
As palavras que retenho
E não desvendo
São sóis antigos, deuses adormecidos
Dores que já não espelho

Neste frio Inverno, faltam olhos
Que me afaguem com ternura
Faltam-me risos maternos...!


Desejo-lhe também um BOM Natal e as maiores felicidades. Obrigada pelo poema, nostálgico, mas que eu não aceito como despedida.

Um beijo


De artesaoocioso a 6 de Julho de 2011 às 23:52
Todos temos dores, sofremos.
[Error: Irreparable invalid markup ('<br [...] <a>') in entry. Owner must fix manually. Raw contents below.]

Todos temos dores, sofremos. <BR class=incorrect name="incorrect" <a>àos</A> 75 anos sei o que isso é e se posso dizer alguma coisa é simplesmente que não desista. <BR>Tem muitos amigos que admiram a sua escrita e precisam de sim. <BR>Não desista! <BR>Cumprimentos


De MT-Teresa a 13 de Julho de 2011 às 18:41
João

Desistir nunca! Apenas deixei de escrever, mas ainda aqui estou a responder a quem ainda se lembra deste espaço.

Obrigada pelas suas palavras e felicidades nos ses activos 75 anos.

Abraço


De artesaoocioso a 13 de Julho de 2011 às 21:11
As nuvens passam, as amaçadores também.
Desejo que os seus problemas se resolvam e que volte a escrever logo que possa... e que seja brevemente.
Um abraço


comentar

Bem Vindos



" As ondas quebravam uma a uma. Eu estava só com a areia e com a espuma. Do mar que cantava só para mim

Sophia de Mello Breyner



Esta sou eu

segue-me

. 51 seguidores




Created by Crazyprofile.com


myspace layouts, myspace codes, glitter graphics



RESPEITE OS DIREITOS DE AUTOR

Page copy protected against web site content infringement by Copyscape





Click for Lisbon, Portugal Forecast

Vivências Recentes

Despedida

Se eu pudesse...Mãe!

Maio

Dia Mundial da Dança

A Realização de um sonho

Os Livros e o 25 de Abril

Dia da Terra

Ilusão

Inevitável

Meu Filho

A Eterna Juventude

Flores rubras em Abril

Flores de Páscoa

Deixa-me Voar ...

De novo as flores

Mãe

As Fadas

Poesia Eterna

Primavera

Quanto, quanto me queres?

Sem Título

Ilustração de um dia

Pequenas coisas

Diz-me espelho meu...

O Amor

Os chapéus de chuva de Cl...

Saber viver

Nenúfares

A minha Mãe

Feliz Ano Novo

É Um Sol de Inverno

O Natal e a Caixinha de M...

Ó Poesia sonhei que fosse...

E por vezes ...

Lisboa: Janela aberta par...

Tempos difíceis

Vinicius

Coisas Simples

Vegetal e Só

Amália Eterna

Vivências Passadas

Julho 2009

Maio 2009

Abril 2009

Março 2009

Fevereiro 2009

Janeiro 2009

Dezembro 2008

Novembro 2008

Outubro 2008

Setembro 2008

Agosto 2008

Julho 2008

Junho 2008

Maio 2008

Abril 2008

Março 2008

Fevereiro 2008

Janeiro 2008

Dezembro 2007

Novembro 2007

Outubro 2007

Setembro 2007

Agosto 2007

Julho 2007

Junho 2007

Maio 2007

Abril 2007

Março 2007

Fevereiro 2007

Janeiro 2007

Dezembro 2006

Novembro 2006

Outubro 2006

Setembro 2006

CURRENT MOON

Julho 2009

Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab

1
2
3
4

5
6
7
8
9
10
11

12
13
14
15
16
17
18

19
20
21
22
23
24
25

26
27
28
29
30
31


online
Web Pages referring to this page
Link to this page and get a link back!

Quem visito e me visita


Created by Crazyprofile.com

mais comentados

33 comentários
27 comentários
24 comentários
23 comentários
22 comentários
21 comentários
21 comentários
19 comentários
18 comentários
18 comentários
17 comentários
17 comentários
17 comentários

últ. comentários

Eu quase choro com esse texto, é muito emocional. ...
http://relatodeumaborto.webnode.com/ Minha Histori...
Oi GENTE MEU NOME E ROSE TENHO 13 EU SO...
Chocante
oi meu nome é joice e eu to grávida ...
eu sou totalmente contra o aborto... eu tenho 15 a...
Acho o seguinte: todos cometemos erros! Com certez...
tb naum axo certo o aborto...matarem seu proprio f...
Isso e uma falta de ética. Pq... Q na hr q ...
Olá, Tenho 18 anos , minha namorada é mais nova do...
As nuvens passam, as amaçadores também. Desejo que...
JoãoDesistir nunca! Apenas deixei de escrever, mas...
Todos temos dores, sofremos. [Error: Irreparable i...
Aborto uma das piores coisas da vida,um ser apagan...
ESte blog é muito simpatico, Gostei,Miguel

tags

25 de abril(5)

abril(9)

adeus(9)

alegria(5)

amigos(30)

amizade(14)

amor(137)

aniversário(9)

ano novo(3)

arte(7)

ausência(17)

azuis(9)

beleza(7)

blog(41)

blogue(5)

café(3)

casa das flores(3)

cecilia meireles(6)

cinema(4)

cinza(3)

citação(29)

coisas simples(4)

consciência(3)

cores(3)

dança(16)

david mourão ferreira(7)

descoberta(3)

desejos(7)

desencontro(4)

dia do livro(3)

dor(4)

encontro(4)

enganos(5)

escolhas(4)

escrita(3)

espectaculo(3)

eu(12)

eugénio de andrade(5)

fado(4)

férias(5)

fernando pessoa(3)

filho(15)

fim(4)

florbela espanca(5)

flores(17)

fotografia(13)

fotos(11)

fotos minhas(4)

ilusão(3)

inquietação(3)

joaquim sustelo(4)

josé l. santos(3)

lágrimas(3)

liberdade(13)

lisboa(10)

livros(8)

lua(6)

luz(4)

mãe(7)

manhãs(4)

mar(19)

margarida(4)

maria teresa horta(4)

máscaras(5)

memória(18)

miguel torga(7)

morte(6)

mulher(9)

música(19)

natal(8)

noite(19)

olhos(4)

pai(4)

paixão(16)

páscoa(4)

paz(9)

pintura(13)

poema(117)

poemas de amor(8)

poesia(85)

portugal(5)

primavera(6)

rugby(6)

saudade(24)

silêncio(15)

sol(5)

solidão(19)

sonho(9)

sonhos(4)

sophia m breyner(18)

tango(5)

tempo(14)

trabalho(5)

triste(4)

tristeza(15)

tu(4)

veneza(4)

vida(225)

video(17)

zeca afonso(4)

todas as tags

Pesquisa

 

Favoritos

Vivências

1º Aniversário

As nossas almas

Encontro Mágico

Estrela do Mar II

A Carícia do Sol

Parabéns Filho

A Teia

Dia do Livro

O Crepúsculo

subscrever feeds