Domingo, 3 de Fevereiro de 2008

O Carnaval da Vida

 

E em tempo de máscaras e de rostos encobertos e dissimulados,

 saltam da multidão anónima faces amigas e encorajadoras

 e mãos suaves que apertam as nossas solidariamente.

As palavras e os gestos que nos chegam são de uma generosidade extrema.

Estranhamente, a ausência faz a sua entrada triunfante

 no corpo de mascarados que o não deveriam ser.

No baile de máscaras que é a vida

 chega o momento da verdade.

 E de repente temos a visão nítida do que nos rodeia.

E do que realmente tem valor.

 

Neste tempo de máscaras permitidas,

o teu rosto, descoberto e luminoso,

rompe a ardilosa neblina que me mantinha cativa.

 Apesar da chuva e do tempo cinzento,

o que eu vislumbro

é um sol radioso e flores silvestres a nasceram nos caminhos.

 

 

neste momento estou: confortada apesar de tudo

escrevinhado por MT-Teresa às 22:11
link do post | comentar | favorito
| | partilhar
9 comentários:
De Ventania a 4 de Fevereiro de 2008 às 06:24
Lindo!
Ainda bem que no meio da mascarada há sempre alguem que em tempo mais difícil se prontifica a dar a mão, isso significa que por mais negra que se encontre a situação... há sempre esperança.
Beijinho
Ventania


De lord_of_darkness a 4 de Fevereiro de 2008 às 11:34
Qualquer tipo de comentário se torna supérfluo perante este belo poema.

Parabens.

Lord Darkness


De Margarida a 5 de Fevereiro de 2008 às 21:08
Estamos aqui, ambas sem máscaras de mãos dadas.
beijo


De artesaoocioso a 5 de Fevereiro de 2008 às 23:23
Boa noite

Não sei se alguma vez usei mascara.
[Error: Irreparable invalid markup ('<br [...] <a>') in entry. Owner must fix manually. Raw contents below.]

Boa noite <BR><BR>Não sei se alguma vez usei mascara. <BR class=incorrect name="incorrect" <a>Talvês</A> alguns pense que uso: a culpa deve ser minha. <BR>Sei que no Carnaval não uso. <BR>Cumprimentos


De Visitante a 6 de Fevereiro de 2008 às 09:18
De rosto descoberto
(A careca também...
Mas isso é indiferente...)
Olhando-te de perto
Para que me vejas bem
E de frente
Te digo de peito aberto
"Amiga, aqui me tens também
Sempre presente"

Beijinho à minha Alf...azema (e, mais uma vez, Musa Inspiradora) Linda

Visitante


De Lupussignatus a 7 de Fevereiro de 2008 às 18:18
Claro. Fresco. Transparente.

Inala-se de um trago!

Retenho:


"(...) Neste tempo de máscaras permitidas,

o teu rosto, descoberto e luminoso,

rompe a ardilosa neblina que me mantinha cativa. (...)"


De MT-Teresa a 17 de Fevereiro de 2008 às 21:13
Visito o seu "A arquitectura das palavras" sempre que posso. Infelizmente não consigo deixar comentário, uma vez que não tenho conta do Googe, no entanto quero deixar aqui, públicamente, o meu apreço pelo que escreve, fotografa, e divulga.

Poesia e Fotografia, são um par perfeito!

Obrigada pelas suas visitas e comentários.

Um abraço


De rui caetano a 8 de Fevereiro de 2008 às 09:51
A vida tem muitas máscaras, e nós temos de escolher a nossa e correr por esse mundo fora.


De Demether a 26 de Fevereiro de 2008 às 00:51
Belo... tanto a desesperança quanto a esperança.
Que bom que achastes um caminho, um porto seguro... ainda procuro o meu...

Meus parabéns.


comentar

Bem Vindos



" As ondas quebravam uma a uma. Eu estava só com a areia e com a espuma. Do mar que cantava só para mim

Sophia de Mello Breyner



Esta sou eu

segue-me

. 51 seguidores




Created by Crazyprofile.com


myspace layouts, myspace codes, glitter graphics



RESPEITE OS DIREITOS DE AUTOR

Page copy protected against web site content infringement by Copyscape





Click for Lisbon, Portugal Forecast

Vivências Recentes

Despedida

Se eu pudesse...Mãe!

Maio

Dia Mundial da Dança

A Realização de um sonho

Os Livros e o 25 de Abril

Dia da Terra

Ilusão

Inevitável

Meu Filho

A Eterna Juventude

Flores rubras em Abril

Flores de Páscoa

Deixa-me Voar ...

De novo as flores

Mãe

As Fadas

Poesia Eterna

Primavera

Quanto, quanto me queres?

Sem Título

Ilustração de um dia

Pequenas coisas

Diz-me espelho meu...

O Amor

Os chapéus de chuva de Cl...

Saber viver

Nenúfares

A minha Mãe

Feliz Ano Novo

É Um Sol de Inverno

O Natal e a Caixinha de M...

Ó Poesia sonhei que fosse...

E por vezes ...

Lisboa: Janela aberta par...

Tempos difíceis

Vinicius

Coisas Simples

Vegetal e Só

Amália Eterna

Vivências Passadas

Julho 2009

Maio 2009

Abril 2009

Março 2009

Fevereiro 2009

Janeiro 2009

Dezembro 2008

Novembro 2008

Outubro 2008

Setembro 2008

Agosto 2008

Julho 2008

Junho 2008

Maio 2008

Abril 2008

Março 2008

Fevereiro 2008

Janeiro 2008

Dezembro 2007

Novembro 2007

Outubro 2007

Setembro 2007

Agosto 2007

Julho 2007

Junho 2007

Maio 2007

Abril 2007

Março 2007

Fevereiro 2007

Janeiro 2007

Dezembro 2006

Novembro 2006

Outubro 2006

Setembro 2006

CURRENT MOON

Julho 2009

Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab

1
2
3
4

5
6
7
8
9
10
11

12
13
14
15
16
17
18

19
20
21
22
23
24
25

26
27
28
29
30
31


online
Web Pages referring to this page
Link to this page and get a link back!

Quem visito e me visita


Created by Crazyprofile.com

mais comentados

33 comentários
27 comentários
24 comentários
23 comentários
22 comentários
21 comentários
21 comentários
19 comentários
18 comentários
18 comentários
17 comentários
17 comentários
17 comentários

últ. comentários

Eu quase choro com esse texto, é muito emocional. ...
http://relatodeumaborto.webnode.com/ Minha Histori...
Oi GENTE MEU NOME E ROSE TENHO 13 EU SO...
Chocante
oi meu nome é joice e eu to grávida ...
eu sou totalmente contra o aborto... eu tenho 15 a...
Acho o seguinte: todos cometemos erros! Com certez...
tb naum axo certo o aborto...matarem seu proprio f...
Isso e uma falta de ética. Pq... Q na hr q ...
Olá, Tenho 18 anos , minha namorada é mais nova do...
As nuvens passam, as amaçadores também. Desejo que...
JoãoDesistir nunca! Apenas deixei de escrever, mas...
Todos temos dores, sofremos. [Error: Irreparable i...
Aborto uma das piores coisas da vida,um ser apagan...
ESte blog é muito simpatico, Gostei,Miguel

tags

25 de abril(5)

abril(9)

adeus(9)

alegria(5)

amigos(30)

amizade(14)

amor(137)

aniversário(9)

ano novo(3)

arte(7)

ausência(17)

azuis(9)

beleza(7)

blog(41)

blogue(5)

café(3)

casa das flores(3)

cecilia meireles(6)

cinema(4)

cinza(3)

citação(29)

coisas simples(4)

consciência(3)

cores(3)

dança(16)

david mourão ferreira(7)

descoberta(3)

desejos(7)

desencontro(4)

dia do livro(3)

dor(4)

encontro(4)

enganos(5)

escolhas(4)

escrita(3)

espectaculo(3)

eu(12)

eugénio de andrade(5)

fado(4)

férias(5)

fernando pessoa(3)

filho(15)

fim(4)

florbela espanca(5)

flores(17)

fotografia(13)

fotos(11)

fotos minhas(4)

ilusão(3)

inquietação(3)

joaquim sustelo(4)

josé l. santos(3)

lágrimas(3)

liberdade(13)

lisboa(10)

livros(8)

lua(6)

luz(4)

mãe(7)

manhãs(4)

mar(19)

margarida(4)

maria teresa horta(4)

máscaras(5)

memória(18)

miguel torga(7)

morte(6)

mulher(9)

música(19)

natal(8)

noite(19)

olhos(4)

pai(4)

paixão(16)

páscoa(4)

paz(9)

pintura(13)

poema(117)

poemas de amor(8)

poesia(85)

portugal(5)

primavera(6)

rugby(6)

saudade(24)

silêncio(15)

sol(5)

solidão(19)

sonho(9)

sonhos(4)

sophia m breyner(18)

tango(5)

tempo(14)

trabalho(5)

triste(4)

tristeza(15)

tu(4)

veneza(4)

vida(225)

video(17)

zeca afonso(4)

todas as tags

Pesquisa

 

Favoritos

Vivências

1º Aniversário

As nossas almas

Encontro Mágico

Estrela do Mar II

A Carícia do Sol

Parabéns Filho

A Teia

Dia do Livro

O Crepúsculo

subscrever feeds